fbpx

Emirates voltará com operações regulares para nove destinos internacionais a partir da semana que vem

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Emirates anunciou a volta de sua operação intercontinental. A partir do dia 21 de maio a companhia irá operar para nove destinos: Londres, Frankfurt, Paris, Milão, Madri, Chicago, Toronto, Sydney e Melbourne. Também a partir desta data, a empresa estará oferecendo conexões em Dubai para clientes que viajam entre o Reino Unido e Austrália.

“Temos o prazer de retomar os serviços para esses destinos, oferecendo mais opções para os clientes viajarem dos Emirados Árabes Unidos para essas cidades e também entre o Reino Unido e a Austrália. Estamos trabalhando em estreita colaboração com as autoridades para planejar a retomada das operações para destinos adicionais. Implementamos medidas adicionais no aeroporto em coordenação com as autoridades relevantes em relação ao distanciamento e saneamento social. A segurança e o bem-estar de nossos funcionários, clientes e comunidades continuam sendo nossa principal prioridade”, disse Adel Al Redha, diretor de operações da Emirates.

Os viajantes só serão aceitos nesses voos se cumprirem os requisitos de elegibilidade e critérios de entrada de seus países de destino. Isso inclui uma aprovação da Autoridade Federal de Identidade e Cidadania (ICA) para os residentes dos Emirados Árabes Unidos que desejam retornar ao país.


Voos de repatriação

Além dos serviços programados, a Emirates também continuará trabalhando em estreita colaboração com embaixadas e consulados para facilitar os voos de repatriação para visitantes e residentes que desejam voltar para casa. Esta semana, a companhia aérea planeja operar voos de Dubai para Tóquio Narita (15 de maio), Conakry (16 de maio) e Dakar (16 de maio).


Medidas de segurança a bordo e no aeroporto

A companhia ainda lembra da segurança e do cuidado com o passageiro durante o voo. No aeroporto de Dubai, clientes e funcionários terão suas temperaturas verificadas por meio de medidores térmicos. Além disso, barreiras de proteção foram instaladas nos balcões de check-in para fornecer segurança adicional durante a interação.

Luvas e máscaras são obrigatórias para todos os clientes e funcionários no aeroporto. A tripulação de cabine da Emirates, os agentes de embarque e a equipe de terra que interagem diretamente com os viajantes usarão equipamentos de proteção individual (EPI), incluindo uma bata descartável de proteção e viseira de segurança.

Por motivos de saúde e segurança e para minimizar a interação a bordo, a Emirates oferecerá um serviço de bordo modificado que se concentra na redução do risco de contato e infecção. Revistas e material de leitura impresso não estarão disponíveis durante esse período. A bagagem de cabine deve ser registrada e os clientes só podem levar itens essenciais, como laptop, bolsa, maleta ou itens de bebê a bordo.


Segundo a Emirates, todas as operações acima estão sujeitas a aprovação dos governos dos países.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.