fbpx

Heathrow quer ser o aeroporto mais ‘instagramado’ de 2020

Aeroportos Notícias

Por Rafael Castro

Hoje em dia estamos todos conectados o tempo todo, e sabemos que o Instagram é uma das redes sociais mais importantes de todos os tempos. A gente que o diga, não é mesmo? Nós todos do PP estamos lá todos os dias postando nossas histórias e compartilhando as novidades dos mundos da aviação e das viagens. O Aeroporto de Heathrow está de olho nesse comportamento dos viajantes e quer se tornar o aeroporto mais ‘instagramado’ de 2020. Mas, como eles planejam realizar esse feito?

Art Heathrow

Imagem: Matt Alexander/PA Wire


Arte de Rua em Heathrow

A estratégia foi recriar 04 das obras de arte de rua mais instagramadas da atualidade para o aeroporto, proporcionando aos passageiros a situação perfeita para aquele post no Instagram ao iniciarem a sua jornada por Heathrow.

O objetivo é tornar Heathrow o aeroporto com o maior número de fotos compartilhadas no Instagram do mundo em 2020 e tem como pano de fundo uma pesquisa que revela que a “Instagramabilidade” dos lugares é agora uma das maiores motivações dos turistas na hora de decidir sobre as suas férias. Os dados mostraram que quase um terço (30%) dos turistas procuram destinos com lugares já “famosos” na rede social, com quase dois em cada três (60%) encontrando inspiração no próprio Instagram.

A campanha de arte de rua de Heathrow visa trazer o melhor da cultura britânica e internacional para o aeroporto, com recriações únicas de quatro obras de arte de todo o mundo, incluindo a icônica Wings” de Colette Miller, de Los Angeles, que foi fotografada, compartilhada e curtida centenas de milhões de vezes no Instagram, incluindo famosos como Halle Berry, Zach Braff e Gerard Butler.

Wings Heathrow

“Wings” de Colette Miller, no Terminal 3 de Heathrow. Imagem: Matt Alexander/PA Wire

De acordo com a artista, ela começou a pintar as “Wings” pelo mundo em 2012 para lembrar a humanidade de que somos todos anjos na Terra: “eles representam nosso anjo interior, e representam que, embora todos nós tenhamos vidas marcadas e, às vezes, possamos fazer a coisa errada, somos todos humanos e todos podemos realmente ser bons nesta terra. O Wings pode ser visto em seis continentes, mas é a primeira vez que os pintei em Londres, e é especial que eles estejam em Heathrow e que coloquem pessoas de todo o mundo em contato com eles em um só lugar.”.

Outras recriações incluem o icônico “Floating Taxi” de Rogue One, de Glasgow, “Above the Lines”, de Alice Pasquini, de Roma, e “Anamorphic Frog”, de Odeith, de Lisboa. Cada obra de arte de rua mede entre 3 e 5 metros e incentiva os fotógrafos  de smartphones a serem ‘parte da arte’, tendo em vista que algumas pesquisas revelaram que a maioria dos usuários pensa que se gera mais ‘curtidas’ ao estar ‘em’ uma imagem. Cada obra de arte foi colocada em terminais que há voos saindo para o local da arte de rua original, o que significa que os passageiros também poderão ver a obra original ao chegarem lá.

Floating Taxi Heathrow

“Floating Taxi” de Rogue One, no Terminal 5 de Heathrow. Imagem: Matt Alexander/PA Wire.

“A obra original de arte de rua mostrava um táxi flutuante sustentado por balões. O prédio em que pintei o mural em Glasgow era de propriedade de uma senhora cujo falecido marido era motorista de táxi, então eu queria que esse fosse o tema e, subconscientemente fui inspirado pelo filme UP”, diz Rogue One. “Parece apropriado ter sido capaz de recriá-la em Heathrow, e é uma honra tê-la lá para tantas pessoas verem e, esperançosamente, a apreciarem a cada dia”.

Above the Lines

“Above the Lines” de Alice Pasquini, no Terminal 2 de Heathrow. Imagem: Matt Alexander/PA Wire.

A arte de rua da italiana Alice Pasquini gira em torno de tópicos de feminilidade e mulheres independentes, e seus murais contam histórias de atos de bondade e amor. “Todo o meu trabalho fala sobre as pessoas e suas emoções”, diz Alice. “Sempre usei as paredes como uma tela para representar momentos íntimos no espaço público. Para Heathrow, eu queria representar uma jornada que fosse real e imaginária. A garota pula por um espaço colorido que convida os passageiros a fazer o mesmo e se juntarem à cena. Dessa forma, viajar é algo físico e fantástico.”.

Anamorphic Frog

“Anamorphic Frog” de Odeith, no Terminal 4 de Heathrow. Imagem: Matt Alexander/PA Wire.

O artista português Odeith é especializado em grafite anamórfico, no qual utiliza perspectiva e sombras para criar a sua própria assinatura. O seu “sapo anamórfico” é uma das obras de arte de Lisboa mais compartilhadas no Instagram. “Sempre fui fascinado por pinturas em 3D e, quando encontrei uma forma de juntar grafite e 3D, isso abriu a minha vida como artista”, comenta Odeith. “É uma honra recriar meu trabalho em Heathrow, e acho que é uma maneira incrível de mostrar o melhor da arte de rua para milhões de pessoas”.

As obras de arte estarão disponíveis nas salas de embarque dos Terminais 2, 3, 4 e 5 de Heathrow, após a segurança, até o próximo verão, no meio do ano.


Os aeroportos mais “instagramados” do mundo

Manter a aparência nas redes sociais se tornou um fator importante para os viajantes. Uma pesquisa apresentada por Heathrow revelou que um turista tira, em média, 25 selfies por dia durante as suas viagens. Os fotógrafos amadores de smartphones tiram, tambem em média, 463 fotos em cada viagem e passam 43 minutos por dia editando as suas melhores fotos. Incrivel, não é?

Atualmente, Heathrow é o segundo aeroporto com o maior número de fotos compartilhadas no Instagram no mundo. O objetivo é ultrapassar o Aeroporto de Incheon, em Seul, Coréia do Sul. Essa é a lista dos aeroportos mais “instagramados”, de acordo com os dados de Heathrow:

  1. Aeroporto Internacional de Incheon, Seul, Coréia do Sul.
  2. Aeroporto de Heathrow, Londres, Inglaterra.
  3. Aeroporto de Schiphol, Amsterdã, Holanda.
  4. Aeroporto Sheremetyevo, Moscou, Rússia.
  5. Aeroporto de Haneda, Tóquio, Japão.
  6. Aeroporto Internacional de Changi, Singapura.
  7. Aeroporto de Gatwick, Londres, Inglaterra.
  8. Aeroporto de Narita, Tóquio, Japão.
  9. Aeroporto Internacional de Chicago O’Hare, Chicago, EUA.
  10. Aeroporto Internacional de Dubai, Emirados Árabes Unidos.

Comentários

A ideia de Heathrow é genial, pois é uma forma quase gratuita de se gerar bastante conteúdo relacionado ao aeroporto em uma das principais redes sociais, o Instagram. Digo “quase”, pois não sei se os artistas cobraram alguma coisa para fazer essas recriações e para terem seus trabalhos expostos no aeroporto.

Puxando a coisa um pouco pro meu lado acadêmico, existe um antropológo francês chamado Marc Augé que, na década de 1990, criou o conceito de “não lugar” para se referir a lugares transitórios. De acordo com ele, um aeroporto seria um “não lugar”, de forma bem simplória, um espaço que não teria significado suficiente para que pudesse ser chamado de “lugar”. Hoje já há autores como o inglês Peter Adey que questionam veemente esse conceito, afinal de contas, onde já se viu um lugar cheio de obras de arte, de pessoas e vidas chegando e partindo, por exemplo, ser um lugar sem significado?

Enfim, torço para que um dia possamos ver um aeroporto brasileiro um dia nessa lista! Qual dos nossos aeroportos você acha que teria mais chance de entrar nesse Top 10? Espero as respostas de vocês nos comentários.


Por falar em Instagram, você já segue o PP e a nossa equipe por lá?

@passageirodeprimeira

@fabiovilela

@ale_zylberstajn

@derekarakaki

@lorenzotripo

@papodeaeroporto

@fernandafehring

@skywardsfreak

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.