fbpx

Israel passará a exigir quarentena de 14 dias para todos que desembarcarem no país

Notícias

Por Dérek Arakaki

O governo de Israel passará a exigir que os estrangeiros que desembarcarem no país, bem como os cidadãos que retornarem de viagens ao exterior, passem por um isolamento de 14 dias. O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse hoje (09) que a medida é uma forma de evitar a epidemia de novo coronavírus. Segundo a BBC, a medida tem efeito imediato para israelenses e entrará em vigor para estrangeiros em 72 horas e é válida, inicialmente, para as próximas duas semanas.

“Depois de um dia de discussões complexas, tomamos uma decisão: todo mundo que vier a Israel do exterior entrará no isolamento de 14 dias”, disse o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu em comunicado. “Esta é uma decisão difícil, mas é essencial manter a saúde pública – e a saúde pública precede tudo.”

Os viajantes terão que provar que possuem acomodações adequadas para serem colocadas em quarentena durante sua estadia no país.


Comentário

Se você tem viagens para Israel, lembrando que a LATAM opera voos diretos entre São Paulo e Tel Aviv, se planeje para ajustar seus planos em função da decisão.

Ainda não recebemos nenhum comunicado das companhias em relação a essa nova medida.

Alguém com viagens programadas para Israel vai ser afetado?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.