fbpx

LATAM introduz preços dinâmicos na compra de bagagem despachada em voos internacionais

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A LATAM implementou uma nova política de cobrança de malas despachadas em seus voos internacionais. Valendo desde 9 de outubro e  aplicada sem aviso prévio, os preços passaram a ser dinâmicos, variando dependendo de fatores como antecedência, rota e data da viagem.


Preços Dinâmicos

Assim como no modelo de precificação das passagens aéreas, quanto maior a antecedência na compra de bagagem despachada, mais barata ela será. Da mesma forma, para compras realizadas faltando menos de 48 horas para o voo, os preços passam a ser mais caros.

Veja a informação que consta no site da LATAM:

Importante: O preço da bagagem dependerá da data do seu voo (temporada alta ou baixa), tarifa, antecedência da compra e/ou rota.”

Abaixo a tabela com os valores praticados. Repare que agora há mínimo e máximo estabelecidos, ou seja, não é possível saber o valor exato que você irá pagar. A companhia também não explica de forma clara qual a regra que será utilizada para definir o preço que será cobrado.


Voos de/para o Brasil

Listamos abaixo as mudanças nas rotas utilizadas pelos passageiros brasileiros para o despacho da 1ª peça:

Voos entre países da América do Sul:

  • 1ª peça até 48 horas antes do voo: USD 6 – USD 45
  • 1ª peça menos de 48 horas antes do voo: USD 28 – USD 70

Voos entre o resto da América do Sul (o que inclui o Brasil) e os Estados Unidos:

  • 1ª peça até 48 horas antes do voo: USD 45
  • 1ª peça menos de 48 horas antes do voo: USD 45 – USD 90

Voos entre América do Sul e Centro América:

  • 1ª peça até 48 horas antes do voo: USD 15 – USD 34
  • 1ª peça menos de 48 horas antes do voo: USD 28 – USD 60

Voos entre América do Sul e México:

  • 1ª peça até 48 horas antes do voo: USD 11 – USD 45
  • 1ª peça menos de 48 horas antes do voo: USD 28 – USD 80

Voos entre América do Sul e Europa:

  • 1ª peça até 48 horas antes do voo: USD 30 – USD 55
  • 1ª peça menos de 48 horas antes do voo: USD 53 – USD 75

Voos entre América do Sul e Tel Aviv:

  • 1ª peça até 48 horas antes do voo: USD 55
  • 1ª peça menos de 48 horas antes do voo: USD 55 – USD 75

Despacho de bagagem de mão em voos nacionais

Outra mudança foi na cobrança pelo despacho de bagagem de mão que estão fora do padrão de medidas (peso ou dimensão), que agora terá um valor fixo de R$140:


Comunicado LATAM

Confira abaixo o comunicado da LATAM sobre as mudanças:

“A LATAM Airlines Brasil informa que, desde outubro, passou a trabalhar com o sistema de precificação dinâmica para os valores cobrados pelo despacho de bagagem nos voos internacionais. A implementação deste tipo de precificação, já utilizada nos valores dos bilhetes aéreos, permitirá oferecer tarifas atrativas para o consumidor de acordo com a época do ano, o tempo de viagem, a data de partida e conexões.

Considerando estes fatores, o valor pago pelo despacho de bagagem para um voo entre os países da América do Sul pode custar a partir de US$ 6 (o correspondente a R$ 24,57 segundo o câmbio de 09/10/19), preço menor que os US$ 20 (o correspondente a R$ 81,80 segundo o câmbio de 09/10/19) pela regra antiga de precificação.

Vale ressaltar que o teto pago pelo cliente para despachar a bagagem no novo modelo não se alterou, ou seja, o passageiro vai pagar no máximo pelo valor cobrado no sistema antigo. As demais faixas de preços dinâmicos para o despacho da bagagem estão descritas aqui.

A LATAM segue recomendando ao cliente programar as suas viagens e adquirir as suas bagagens com antecedência para encontrar os preços mais atrativos. Nas viagens ao exterior, é possível encontrar as melhores tarifas com antecedência de, pelo menos, 35 dias.

A companhia também reforça que nada muda para os passageiros que já compraram os seus bilhetes nos perfis de tarifas que já contemplam o despacho de bagagem.”


Comentário

Com cada vez mais companhias retirando a bagagem despachada das suas tarifas mais baratas, o cálculo do custo para compra da mala passou a ser essencial na hora de analisar o preço de uma passagem e fazer todas as comparações necessárias.

O novo modelo implementado pela LATAM não é claro e dificulta a vida dos passageiros na hora de tomar uma decisão sobre a compra da passagem. Além disso, a mudança ocorre sem nenhum aviso prévio.

De modo geral, a compra da tarifa que já inclui a bagagem despachada te evitará a incerteza e possíveis flutuações de preço. Ainda assim, vale fazer a comparação considerando o pior cenário possível, ou seja, comprando a bagagem no preço mais alto que pode ser cobrado e analisar se vale a pena investir na tarifa mais barata para a passagem que você deseja.

Vale lembrar que a LATAM informou que não houve reajuste no teto pago pelo cliente em relação ao que era cobrado anteriormente, ou seja, foi incluída a possibilidade de pagar menos pelo despacho caso a compra seja feita com antecedência.  Por isso, a ausência de aviso prévio.

Vamos ver como isso vai funcionar de fato.

Alguém com voos com a companhia já identificou a mudança de preço em sua reserva?

Para mais informações sobre a nova política acesse o site da LATAM.

Dica do leitor Mauricio!

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.