fbpx

LATAM propõe redução de 50% nos salários de seus colaboradores

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

O coronavírus causou um golpe no setor de aviação e a LATAM foi uma das mais afetadas após a suspensão dos voos e o fechamento das fronteiras em diversos países que a companhia opera.

De fato, a operação internacional de todas as subsidiárias foram reduzidas, inclusive no Brasil em cerca de 90%, até o momento.

Diante desse cenário e sem a perspectiva de melhora, segundo site chileno Diário Financeiro, representantes da Latam se reuniram com líderes sindicais no Chile. No caso, pediram que os colaboradores aceitassem voluntariamente a redução temporária dos salários fixos em 50%. A medida seria efetiva para todos os trabalhadores do grupo no Chile e entraria em vigor a partir da remuneração de abril até junho de 2020.

No Brasil, a redução proposta também seria de 50% porém, com diminuição de 50% na caraga de trabalho mensal. Para os tripulantes, seria um pouco diferente; trabalhariam apenas 10 dias por mês e folgariam 20. O Sindicato Nacional dos Aeronautas já esteve reunido na tarde desta quarta-feira com a direção da Latam para discutir o cenário atual da aviação.

É de se imaginar que outras cias aéreas adotem medidas similares frente a crise que o setor enfrenta.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.