fbpx

Malha aérea doméstica recua para 40% da oferta de voos pré-crise

Notícias

Por Equipe

Segundo dados apresentados pela ABEAR, as companhias aéreas nacionais registram nesse mês de abril uma média diária de 960 voos domésticos, o que representa um recuo de 40% da quantidade total de decolagens comparadas ao início de março de 2020, antes das medidas de isolamento social e de fechamento de fronteiras. O agravamento da pandemia do novo coronavírus levou o setor ao menor nível de operação em sete meses, desde setembro de 2020, quando as empresas operavam uma média de 864 decolagens por dia.

voos nacionais abril 40%

É a terceira queda mensal consecutiva desse indicador, após as empresas aéreas terem registrado, desde maio de 2020, uma retomada gradual da demanda por voos domésticos, alcançando o pico de 1.798 decolagens diárias em janeiro, ou 75% da oferta diária de partidas em relação ao início de março de 2020. O recrudescimento da pandemia já havia impactado a quantidade de voos em fevereiro, quando a média diária recuou para 1.469, o que equivale a 61,2% da malha aérea pré-crise. Em março, a oferta diária de voos domésticos teve novo recuo, com 1.177 decolagens, ou 49% da oferta regular de voos.

A pandemia do novo coronavírus teve forte impacto econômico para o transporte aéreo brasileiro. A contribuição do setor para o Produto Interno Bruto (PIB) recuou de 1,4%, em 2019, para 0,3% em 2020. A arrecadação de tributos, por sua vez, registrou queda de 70%, de R$ 32,6 bilhões para R$ 10 bilhões, no mesmo período. O total de salários pagos também teve retração no mesmo patamar, de R$ 42,9 bilhões para R$ 13,3 bilhões. Já os empregos gerados (entre diretos, indiretos e induzidos) considerando o transporte aéreo como base, foram reduzidos de 1,5 milhão para 401 mil. Na aviação comercial, porém, o nível de empregos diretos permaneceu estável, ao redor de 60 mil.


Impacto no turismo

Como o transporte aéreo é um dos principais catalisadores do turismo, houve também severo impacto para as atividades turísticas, na comparação de 2019 diante de 2020. A contribuição para o PIB recuou de 3,6% para 2,1% no período e o total de tributos registrou redução de 35,6%, de R$ 83,1 bilhões para R$ 53,5 bilhões. O total de salários pagos, por sua vez, teve retração de 36,2%, de R$ 114,6 bilhões para R$ 73,1 bilhões. A quantidade de empregos gerados recuou de 4 milhões para 2,4 milhões.

Para mais informações, acesse o site da ABEAR.

Hotéis
Hotéis
10% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Chip de Viagem
Chip de Viagem
20% de desconto na compra do chip de viagem!
Supermercado
Supermercado
35% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Seguro Viagem
Seguro Viagem
25% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Vote agora nos melhores do ano!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.