fbpx

Mastercard fará doação a afetados pela pandemia para cada pagamento por aproximação

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Mastercard anunciou novidades no movimento “Faça Parte: comece o que não tem preço”. A partir desse mês, para cada transação por aproximação realizada com cartões Mastercard no Brasil, a empresa doará 2 centavos para amparar os afetados pela pandemia da COVID-19. O valor arrecadado será direcionado para a campanha Natal Sem Fome, mobilização da ONG Ação da Cidadania, e para o Mães da Favela, projeto da CUFA, Central Única das Favelas.

Mastercard aproximação

A campanha desenvolvida pela WMcCann contará com plano de mídia digital, presença nas principais plataformas sociais, time de influenciadores e mídia offline, como DOOH, OOH e TV. Além disso, uma ação no aplicativo Waze estimula as pessoas que estiverem nos arredores dos pontos de vendas parceiros a pagarem por aproximação.

Segundo Sarah Buchwitz, VP de Marketing e Comunicação da Mastercard Brasil, o último relatório elaborado pela ONU informou que a pandemia da Covid-19 poderá levar mais de 130 milhões de pessoas no mundo a passarem fome crônica até o final de 2020. “Essa nova etapa do movimento da Mastercard permite que o consumidor faça parte ainda mais da nossa doação para amparar os afetados pela pandemia no Brasil”, explica Sarah.


Parceria com a ONG Ação da Cidadania

Em parceria com a ONG Ação da Cidadania, o equivalente a mais de 1,7 milhão de refeições foram doadas até o momento. Essas doações incluem o que foi arrecado em ações com parceiros e durante as três lives musicais patrocinadas e organizadas pela Mastercard. Na primeira delas, realizada em 20 de junho, a empresa promoveu um encontro entre os cantores Gilberto Gil e Iza. A segunda live, que foi ao ar em 31 de julho, uniu Milton Nascimento, Liniker e Xenia França. Por fim, a terceira live contou com Elza Soares, Seu Jorge e Agnes Nunes, e ocorreu no dia 12 de setembro.

“Parcerias como essa com a Mastercard, são fundamentais para a atuação da Ação da Cidadania. Nos últimos anos, o Brasil, infelizmente, se viu caminhando a passos largos de volta ao Mapa da Fome da Organização das Nações Unidas. Com a chegada da pandemia de Covid-19, nossa estimativa é de que ao menos metade da população brasileira entre em algum estado de insegurança alimentar em 2021, intensificando nossa luta de combate à fome no país”, declara Rodrigo “Kiko” Afonso, diretor executivo da Ação da Cidadania.


Parceria com a Central Única das Favelas (CUFA)

Para essa nova etapa de doações, a Mastercard incluiu como destinatária a Central Única das Favelas (CUFA). A CUFA é uma organização brasileira com mais de 20 anos de atuação social em territórios de favela e periferia, por meio de projetos culturais, artísticos, esportivos, educacionais e de responsabilidade social.

A instituição está presente em quase 5 mil favelas dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal e é premiada nacional e reconhecida internacionalmente por suas ações e projetos. Entre os prêmios, consta um concedido pela Organização das Nações Unidas (ONU).

A CUFA trabalha como vetor de promoção de integração e inclusão social, de potencialização das populações das favelas, bem como de sua integridade simbólica e física. Com ações chanceladas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e em parceria com instituições e organizações sociais, lidera campanhas de conscientização in loco, por meio da promoção de ações em todos os estados, juntamente com as redes de comunicação e cooperação entre as favelas.

“O nosso papel é sermos interlocutores com a gestão pública e a iniciativa privada para enfatizar que os territórios nos quais atuamos são potentes e merecem atenção”, completa Celso Athayde, fundador da CUFA.


Em junho deste ano, a Mastercard havia firmado o compromisso de doar o equivalente a 2 milhões de refeições para comunidades carentes ao longo de 2020, meta superada menos de dois meses após o lançamento do movimento, com mais de 3,5 milhões de refeições arrecadadas. Em agosto, a empresa ampliou a meta inicial e se propôs a doar 5 milhões de refeições via organizações não governamentais até o final do ano.

O que você achou da novidade da Mastercard?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.