fbpx

Nova Classe Executiva “Dreams” no B737 MAX 9 da Copa Airlines – São Francisco para Cidade do Panamá

Avaliações Cias Aéreas

Por Fábio Vilela

Alô alô pessoal! Que tal começar o ano com um review inédito? Em meio as inúmeras avaliações que estou devendo pra vocês, está também a da nova business da Copa Airlines.

Como o B737 MAX foi liberado novamente para voar, achei propício compartilhar a minha experiência de voo nesta cabine com vocês. Para quem não sabe,  em 2018 logo após a Copa anunciar a chegada dos B737 MAX 9 com a nova classe executiva eu fiz um voo nesta aeronave mas ainda não havia postado.

Meu voo foi de São Francisco para a cidade do Panamá com duração aproximada de 7h30, ou seja, um tanto suficiente para poder avaliar o novo produto da cia panamenha.

Voo Copa Airlines CM209  – 03/12/2018
São Francisco (SFO) ✈ Cidade do Panamá (PTY)
Assento: 1E – Classe Executiva
Partida: 19:50 / Chegada: 06:11+1 / Duração: 7h21
Aeronave: B737 MAX 9

A Copa revolucionou sua cabine com a chegada dos B737 MAX 9. Além da cia introduzir assentos total flat-bed na executiva, eles instalaram uma nova classe chamada de Economy Extra, que conta com 24 assentos (infelizmente não deu tempo pra tirar fotos). Os passageiros voando na classe Economy Extra tem prioridade no embarque, além de assentos que contam com um monitor de 10 polegadas, entrada USB, descanso de cabeça em couro, além de duas tomadas em cada fileira de 3 assentos.

Vamos voltar ao ponto principal deste review que é a nova executiva chamada de “Dreams”:

O embarque aconteceu pontualmente e os comissários foram extremamente gentis e educados, me indicando o meu assento. Demorou um pouco até outros passageiros da business entrarem então eu consegui tirar umas fotos da cabine vazia.

O novo layout da executiva possui 4 fileiras na disposição 2-2 conforme vocês podem ver abaixo. Convenhamos que é um baita upgrade se comparado a executiva atual, não acham?

O avião estava “cheirando a novo” e os assentos estavam com aquele aspecto “zerado” de pouco usado – com gostinho de carro (avião) 0km que acabou de sair da concessionária.

Este modelo de assento é bem comum em classes executiva pelo mundo a fora. Você encontra o mesmo em algumas cias como United (nos aviões que não sofreram retrofit), Ethiopian, Aeroflot, Aeromexico (B787-8), etc.

Apesar de serem flatbed não há muita privacidade em relação ao passageiro ao lado. A única divisão é esta “meia-lua” em vidro.

Pelo fato do avião ser de corredor único, o passageiro que senta na janela vai ter sempre que pular o colega ao lado caso queira sair do seu lugar – o que é um ponto negativo.

O grande destaque desta nova poltrona é o fato dela virar cama, ou seja, flat-bed.

Para voos longos como este que teve a duração de quase 7h30 é ideal ter uma poltrona confortável para te proporcionar uma boa noite de sono.

Apesar da cadeira virar cama, tenho uma observação pra quem senta nas poltronas que dão acesso ao corredor: você fica com seu rosto bem exposto quando está deitado pois o casulo da poltrona não protege quase nada – então qualquer movimentação você acaba acordando.

Um outro detalhe muito importante: opte por sentar na fileira 1 pois nela o descanso dos pés é bem maior, mais largo e não afunila, veja a foto abaixo:

Já nas poltronas de 2 a 4, o footrest parece um funil, ou seja, ideal para quem tem o corpo em forma de cone de sorvete – tipo aquela galera que malha só membros superiores na academia sabe?

Fiz este registro para vocês terem uma idéia do espaço da minha cadeira até a TV – ou seja, bem satisfatório – por isto volto a frisar – escolham a poltrona 1.

Ainda em solo foi oferecido “drink” de boas vindas (suco ou água) – optei pelo suco de laranja – que veio em copo de plástico.

O amenity kit vinha com o básico em uma bolsinha de tecido – meias, tapa olho (almofadado), kit de higiene bucal e protetor labial.

O avião havia acabado de chegar do Panamá e ia fazer o sentido inverso. Confesso pra vocês que posso afirmar com 99,9% de certeza que os travesseiros não foram trocados em relação ao trajeto anterior pois estavam amassados e com a clara aparência de terem sido usados pelos passageiros anteriores – nada higiênico. Já a manta estava embalada.

O voo veio lotado e havia um passageiro ao meu lado. O controle da posição da poltrona fica no consolo que divide as duas poltronas. Ele possui 2 posições pré-estabelecidas além de comandos personalizáveis.

O fone de ouvido era noise-cancelling e super novo – inclusive já estava com o nome “Dreams” gravado. A qualidade do áudio era boa mas nada surpreendente. Foi oferecido também uma espécie de capa protetora para colocar nas almofadinhas.

Atrás do encosto da minha cabeça do lado direito estava a tomada universal, porta USB e uma saída de áudio. O avião não oferece wifi.

O joystick do entretenimento de bordo era touchscreen e funcionava também como tela, caso você quisesse assistir algo na palma da mão.

Falando no entretenimento de bordo ele é bem completo com uma variedade de filmes, músicas, jogos, livros, etc.

O cardápio do voo foi entregue ainda em solo e as opções vocês conferem a seguir.

O serviço demorou muito pra começar – quase 1h45 depois da decolagem. Foi oferecido mix de nuts e bebidas para começar – desta vez em copo de vidro.

Só havia um comissário servindo toda a classe executiva, o outro estava apenas na galley auxiliando.

Quando vieram servir o pão eu pedi mais 1 e pasmem, o comissário falou que era apenas uma unidade por passageiro. Nesta hora queria ter o dom bíblico da multiplicação, rs.

A salada de folhas veio com um molho tipo ceasar, já a salada Waldorf com uvas e frango estava ótima e bem servida.

Antes de trazerem o prato principal perguntei se poderia tirar a vasilha onde estava a salada de folhas. O comissário disse que não seria possível pois não tinha lugar para guardar e que a mesma deveria ser recolhida quando retirassem minha bandeja.

O prato principal veio com uma apresentação não muito apetitosa. Minha escolha foi macarrão com frango e parmesão mas tinha muita cebolinha/cheiro-verde e pimentão e eu não sou muito fã. Comi um pouco só para experimentar e estava ok de sabor.

De sobremesa optei pelo sundae que você mesmo escolhe os acompanhamentos como calda, castanhas, etc. Nota 10! Dispensei o prato de queijos e frios.

Depois do serviço eu literalmente capotei, estava muito cansado principalmente porque havia passado o dia todo no aeroporto vindo da China (outro review que estou devendo, rs).

Faltando 1h30 pro pouso começaram a servir o café da manhã, acordei com o barulho alto de pratos e talheres na galley que é super próxima do assento, mas decidi não comer pois não estava com muito apetite.

Apesar de alguns pontos negativos do atendimento, a experiência foi positiva – principalmente pela nova poltrona.


Comentário

Bom pessoal, tendo em vista o modelo atual de Business class da Copa, posso considerar que é um divisor de águas esta “nova”executiva flatbed chamada de “Dreams” no B737 MAX 9. Apesar da falta de privacidade para quem viaja sozinho eu considero um produto justo se levarmos em consideração que é um avião narrow-body (de um corredor apenas).

Vale lembrar que a Copa Airlines atende inúmeros destinos no Brasil e costuma ser extremamente generosa em liberar assentos com milhas para parceiros como TAP Miles&GO, TudoAzul e Smiles.

A empresa possui atualmente 8 unidades do B737 MAX 9, sendo que todos eles possuem a nova classe executiva pois já vieram de fábrica. Porém com a nova re-certificação destas aeronaves, as rotas fixas destes aviões ainda não foram definidas, portanto fica sendo sempre uma loteria, então o jeito é contar com a sorte.

Agora quero saber o que vocês acharam do novo produto pessoal. A Copa passa a ser uma opção de viagem para seus voos de classe executiva ? Pra mim, se eu tivesse certeza absoluta que pegaria o novo produto, compraria sem problemas.

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
  • Internet:
  • Pontualidade:
  • Limpeza:
Média
7.7

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.