fbpx

Nova companhia aérea do fundador da Azul recebe o seu primeiro E-190

Notícias

Por Gabriel Marinho

David Neeleman está tirando mais uma companhia aérea do papel. O empresário fundador da Azul, JetBlue, WestJet, Morris e ex-sócio da TAP recebeu essa semana o primeiro Embraer E-190 da sua nova companhia que será lançada nos Estados Unidos, a Breeze Airways.

breeze airways


Breeze Airways

A Breeze Airways é uma companhia aérea low-cost que será lançada nos EUA. A previsão inicial era que os voos começassem ainda em 2020. Porém, com a pandemia, o site da empresa agora prevê o início das operações ainda em 2021.

A Breeze planeja oferecer voos point-to-point (ponto a ponto) em aeroportos secundários menores, evitando hubs para proporcionar tempos de viagem mais curtos.


Empresa de tecnologia

Neeleman gosta de referir à sua nova companhia como uma empresa de tecnologia, ao invés de uma companhia aérea comum. Em entrevista ao site Condé Nast ainda em 2018 ele afirmou que ao invés de se referir à Breeze como uma ultra-low-cost, prefere dizer que é “uma empresa de alta tecnologia que simplesmente voa aviões.

A ideia é empregar conceitos já estabelecidos Uber e Amazon para oferecer uma experiência diferenciada aos passageiros.

Quando você pega um Uber, pode agendar, embarcar, mudar de destino, cancelar, tudo sem falar com ninguém da Uber”, além do motorista, disse Neeleman em entrevista ao Business Insider. “Temos uma equipe de desenvolvedores trabalhando duro em nosso aplicativo móvel. Muitas companhias aéreas têm muitas funcionalidades e, com sorte, chegarão a um ponto onde estamos desde o primeiro dia“.

Queremos algo onde ninguém nunca precise pegar o telefone para nos ligar ou ter problemas“, acrescentou. “Estamos procurando algo que seja mais parecido com a Amazon ou Uber do que a experiência que você encontra em algumas companhias aéreas hoje.


O primeiro E195

Essa semana, a Nordic Aviation Capital (NAC), empresa de locação de aeronaves, confirmou que entregou um Embraer E-190, para a Breeze Airways em regime de locação. Esta é a primeira aeronave a ser entregue como parte de um contrato de arrendamento de quinze aeronaves E-190.

Jim Murphy, CCO da NAC, disse em pronunciamento que “Este anúncio coincide com um interesse significativo no E-190 em todo o mundo. Aeronaves regionais como o E-190 foram as primeiras a retornar ao serviço, pois são ideais para atender a demanda pós-COVID. Este tipo de aeronave está novamente experimentando um ressurgimento, pois permite que as companhias aéreas continuem a atender de forma lucrativa todos os seus mercados pré-COVID.

David Neeleman disse “Não poderíamos estar mais felizes com nossa parceria com a Nordic Aviation Capital e com a entrega de nosso primeiro Embraer E190 da NAC. Esperamos um relacionamento longo e mutuamente benéfico juntos, bem como as próximas 14 aeronaves.” 

Antes da pandemia, a Breeze também tinha planos de arrendar 30 jatos Embraer E195 da Azul, com entrega ainda para maio de 2020. Entretanto, não há novos detalhes da negociação. A companhia aérea também assinou um contrato de intenção de compra de 60 novas aeronaves Airbus A220-300, com entrega prevista para abril de 2021.


Design da nova marca

Toda a concepção visual da nova companhia aérea, como logotipo, cores e pintura da aeronave foram desenvolvidas pelo Gianfranco “Panda” Beting, co-fundador da Azul e responsável pela criação da marca da Azul, TAP e Transbrasil.


O que você achou do conceito da nova companhia? Conta pra gente aqui nos comentários!

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.