fbpx

Para onde vai o “número 2” que você faz no avião?

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Você já parou para pensar qual o destino do “número 2” que você fez a 30.000 pés de altitude? Pois é, vamos responder a esse questionamento para que você entenda como é a viagem feita pelo seu cocô lá nas alturas.

benheiro do aviao

O blog da KLM divulgou  informações curiosas sobre o assunto que podem ajudar a solucionar essa dúvida. Primeiramente, saiba que o xixi e o cocô feitos no banheiro do avião fazem uma pequena viagem até chegarem ao destino final.


O início da jornada

A jornada começa quando você aperta o botão de descarga e ouve aquele barulho que parece que vai te sugar para dentro. O ruído vem da válvula no banheiro que se abre quando você aperta o botão. Existe uma enorme diferença entre a pressão na cabine e o espaço sob o banheiro. Assim, quando a válvula é aberta, todos os conteúdos do banheiro, incluindo o cheiro, são sugados. Quatro segundos depois, a válvula desliga e magicamente tudo foi embora.


A mágica não acabou

O cocô e o xixi não somem magicamente, nem são eliminados no ar. A jornada  de “saída” está apenas começando. O conteúdo do sanitário é aspirado por um tubo que vai para tanques de resíduos na parte traseira da aeronave. Existem vários tanques a bordo – um Boeing 777 tem três, por exemplo. Cada um com 400 litros de capacidade. Como o reservatório é pressurizado e fica distante, o (mau) cheiro não chega aos passageiros.

Cada tanque está conectado ao seu próprio grupo de banheiros a bordo. O sistema de vácuo usa muito pouca água, apenas o suficiente para enxaguar a vasilha antes de abrir a válvula de sucção para limpar a camada anti-aderência. Portanto, a aeronave só tem que carregar uma pequena quantidade de água extra a bordo. Isso reduz o peso, o que é bom para o consumo de combustível. Além de ser bom para o meio ambiente.


E então a válvula é aberta?

Não! Os aviões não descarregam seu “estoque de cocô” ao passarem por terrenos vazios. Fique tranquilo que você nunca verá uma chuva de fezes e xixi caindo do céu, pelo menos não saindo de um avião! Os tanques de resíduos são esvaziados – como deveriam ser – no aeroporto após cada pouso, independentemente de quão cheios estejam.

Eles não precisam ser removidos da aeronave. Há um único e grande tubo de drenagem na parte de trás da aeronave que é atrelado a um “caminhão especial de serviço de banheiro”. Enquanto você está saindo do avião, o caminhão drena os tanques. Dali, o veículo segue para uma área coletora do aeroporto, onde despeja o conteúdo em um buraco interligado à rede de esgoto.


Mais uma curiosidade do mundo da aviação para você! Alguém sabia como era esse processo?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.