fbpx

Qantas cria petição para o governo australiano reabrir as fronteiras domésticas do país

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Qantas informou que criou a petição Safely Open Our Borders, para que o governo australiano reabra as fronteiras domésticas do país.

Qantas

No início deste mês, o CEO da Qantas, Alan Joyce, emitiu um alerta para a indústria de turismo da Austrália, dizendo que os negócios relacionados ao turismo entrarão em colapso se as fronteiras estaduais continuarem fechadas.

“No momento, não parece haver nenhum critério (baseado em fatos) sobre a abertura ou fechamento das fronteiras”, disse Joyce em uma entrevista ao The Sydney Morning Herald.

“Ninguém tem problemas com o fechamento das fronteiras internacionais – isso protege a Austrália. Ninguém teve problemas com o fechamento das fronteiras para Victoria. Mas é muito evidente que não temos diretrizes claras sobre quando as fronteiras serão abertas ou quando serão fechadas.”, disse Joyce.


Petição – Safely Open Our Borders

Confira abaixo o que diz a petição Safely Open Our Bordes da Qantas.

Os australianos adoram viajar. Embora possa demorar um pouco até que possamos voar para o exterior novamente, temos sorte de haver tantos destinos incríveis aqui, em nosso próprio quintal. Sem mencionar os amigos e a família que desejamos ver novamente. Mas isso só pode acontecer se nossas fronteiras internas forem abertas.

A resposta da saúde a esta crise é a nossa prioridade mais importante.

Solicitamos que as decisões sobre o fechamento de fronteiras domésticas tenham os riscos avaliados de acordo com um conjunto de critérios médicos e uma definição compartilhada no que se refere a situação da COVID-19.

Há uma enorme demanda reprimida por viagens domésticas, com os australianos querendo sair de férias depois de ficarem em casa. Queremos ver os australianos se reunirem com seus entes queridos após meses de separação. E queremos ver as empresas locais e milhões de pessoas da indústria do turismo voltando ao trabalho.


Sem voos internacionais até julho de 2021

Lembrando que a Qantas informou recentemente que não planeja operar voos internacionais em breve. De acordo com a companhia, a rede internacional não deve reiniciar antes de julho de 2021; possivelmente mais cedo para operações ‘Trans-Tasman’ (entre Austrália e Nova Zelândia).


Austrália e a pandemia

Assim que a situação com o vírus se alastrou pelo mundo, no primeiro trimestre de 2020, a Austrália não titubeou em fechar as fronteiras – decisão tomada também pelo país vizinho Nova Zelândia. O fechamento das fronteiras surtiu efeito, fazendo com que o número de casos da doença no país fosse muito inferior ao de outras nações, como Brasil e Estados Unidos, por exemplo.

No entanto, o país divulgou um aumento no número de casos na região de Victoria, declarando “estado de emergência”. Apenas cidadãos australianos, residentes e familiares imediatos podem viajar para a Austrália. Os viajantes que chegam de qualquer país podem ser submetidos a exames de saúde aprimorados na chegada, além da quarentena obrigatória de 14 dias.


No mês passado, a companhia aérea também anunciou planos de cortar 6.000 empregos devido à crise do coronavírus. Espera-se que cerca de 4.000 de seus 6.000 cortes de empregos sejam finalizados até o final deste mês.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.