fbpx

Qantas fecha pedido de 18 Embraer E190 e vai operar rotas domésticas com o B787

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Qantas está aumentando sua atuação no mercado doméstico. Recentemente, a companhia anunciou que vai adicionar algumas aeronaves Boeing 787 nas operações cross-country para Perth e que planeja aumentar o tamanho da frota de sua subsidiária QantasLink, adicionando um total de 18 aeronaves Embraer E190.

Qantas-787-9.png


Boeing 787 em rotas domésticas

A partir da próxima segunda (21), a Qantas usará seus Boeing 787 em dois voos diários entre Sydney e Perth. A cidade de Perth fica no oeste do país, enquanto Sydney, Camberra e Brisbane, uma das principais cidades da Austrália, fica mais a leste. Por conta disso, o voo entre as cidades leva em torno de 6 horas.

Além disso, vale lembrar que os Boeing 787 da Qantas oferecem a Business Suite, proporcionando mais espaço para trabalhar, jantar e relaxar durante o voo.

Alan Joyce, CEO da Qantas, disse que o motivo dos 787s operarem voos domésticos é devido ao crescimento na demanda de viagens. “Desde que a demanda por viagens começou a se recuperar, há cerca de um ano, nossa estratégia tem sido pensar criativamente sobre como usamos nossa frota para adicionar capacidade de volta, gerar receita e fazer com que mais de nosso pessoal volte ao trabalho. É por isso que agora temos 787s voando no mercado interno”.


Novos Embraer E190

A Qantas anunciou uma expansão de seu contrato de três anos com a Alliance Airlines, que fornece à QantasLink jatos Embraer E190 e flexibilidade para responder às mudanças nas condições do mercado.

O acordo fará com que a companhia aérea aumente suas opções de 14 aeronaves para um total de 18. Dessas, três já estão voando e outras cinco entrarão em operação em outubro. Os E190s serão pintados com as cores da QantasLink e são parte do crescimento da capacidade doméstica da Qantas para pelo menos 107% dos níveis pré-COVID.

O primeiro dos jatos E190 tem capacidade para 94 passageiros e começou a voar na rede da QantasLink no mês passado. O alcance de cinco horas do jato o torna adequado para ligar centros regionais a capitais menores. A introdução dos E190s também libera a aeronave Boeing 737 da Qantas para ser redistribuída em toda a rede doméstica, permitindo à companhia aérea lançar uma série de novas rotas e adicionar frequências às já existentes.

Canberra-Adelaide é a rota mais recente a se beneficiar de voos adicionais possibilitados pelo E190, com frequências que dobram de nove por semana para 18 por semana a partir de meados de julho.

Joyce também disse que o E190 é perfeito para operar rotas entre capitas e centros regionais, devido ao tamanho, alcance e economia que o modelo proporciona. “Expandir nosso relacionamento de longa data com a Alliance nos dá acesso a um tipo diferente de aeronave sem gastar nenhum capital. O E190 é perfeito para conectar capitais e centros regionais. Seu tamanho, alcance e economia já nos permitiram iniciar sete novas rotas”.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

10 anos! O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.