fbpx

Sala VIP Air New Zealand International Lounge – Aeroporto de Sydney (SYD)

Avaliações Lounges

Por Fábio Vilela

Como eu iria passar somente uma noite em Sydney optei por dormir no hotel Rydges que fica de frente ao aeroporto, praticamente só atravessar a rua. A diária não foi barata, na época paguei U$150, mas como queria a conveniência de acordar e já estar perto do terminal, compensou o valor.

Acordei super cedo – o voo saía às 10AM mas como eu não tinha café-da-manhã incluso na diária, fiz check-out por volta das 06:30 pra ir logo pra Sala VIP comer – Quem nunca né?

Detalhe das etiquetas das minha mala do último trajeto, rs.

Fui super bem atendido no guichê da Primeira Classe da THAI e logo já estava com a mala despachada e com o cartão de embarque em mãos. Aliás, o atendimento asiático sempre impecável né?

Segui pela imigração que curiosamente não carimbou meu passaporte, e fui direto pro local onde ficavam as Salas VIPs. Passageiros voando na First da Thai podem utilizar o lounge da Air New Zealand e o da Singapore Airlines – ambos ficam perto do portão 59 – no mezanino.

Fui super bem recepcionado pela funcionária que logo garantiu meu acesso. Nesta foto abaixo vocês veem a entrada do lounge da Air New Zealand no aeroporto de Sydney.

Acredito que a sala estava vazia por causa do horário, afinal era bem cedo. O espaço é bem amplo, grande e tem bastante luz natural.

Uma grande mesa “comunitária” estava no centro da sala e atendia o buffet. Além disto havia mesinhas individuais na lateral.

Seguindo andando você encontrava diversos ambientes com poltronas, balcões de trabalho e TV’s.

A grande maioria das cadeiras tinha tomada perto e o wifi na sala era gratuito mas não utilizei. O lounge também oferece chuveiros e banheiros.

Havia um pequeno cantinho para “famílias” – ideal para quem viaja com os pequenos.

E um pequeno “playroom” pra criançada.

No final do lounge tinha uma outra mesa comunitária que servia de “business center”. Não achei nada confortável principalmente porque os lugares de sentar eram puff’s – ou seja, 20 minutos ali já dava dor nas costas – e sem contar claro com a falta de privacidade de trabalhar grudado no colega ao lado.

A sala também contava com um bar.

Estas poltronas brancas e giratórias estavam no final do lounge, bem na “quina” do espaço.

Já estas franjas das roupas do Chitãozinho e Xororó faziam parte da decoração, rs.

O lounge também contava com estes pequenos sofás nos nichos das paredes.

O buffet era bem completo e além das opções de pratos quentes e frios havia um chef preparando ovos de acordo com sua preferência.

Como a sala tinha praticamente acabado de abrir, o buffet estava super completo e sem aquela aparência de “mexido”.

Tudo muito bem apresentado e bem posicionado.

Para quem não quisesse esperar bebida no bar, haviam algumas no esquema self-service neste balcão – como alguns destilados, vinhos, etc.

Bebidas como café, refrigerante, sucos, etc também estavam disponíveis nas máquinas ou nos freezers da parte debaixo do balcão.

Eu passei na sala somente para fazer as fotos, pois iria mesmo esperar meu voo no lounge da Singapore pois tinha uma área exclusiva e dedicada para quem viaja de First nas cias da Star Alliance.

De qualquer forma, pelo pouco tempo que fiquei la fazendo o tour gostei do espaço – amplo, confortável, limpo e muito bem decorado – Thumbs up!

Avaliação

  • Tamanho:
  • Atendimento:
  • Internet:
  • Conforto:
  • Buffet:
  • Chuveiros:
  • Business Center:
  • Entretenimento:
  • Limpeza:
  • Ocupação:
Média
9.3

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.