fbpx

South African receberá aporte financeiro

Notícias

Por Dérek Arakaki

A South African Airways está passando um momento financeiro muito delicado, inclusive cancelou alguns voos para otimizar sua posição de caixa. A boa notícia é que a companhia acaba de divulgar que vai receber aporte financeiro, o que deve gerar um fôlego para manter suas operações sem restrições.


Comunicado da South African

Confira abaixo o comunicado na íntegra divulgado pela companhia:

Conclusão do processo de aporte financeiro inicial da SAA. (Post Commencement Funding PCF).

Os profissionais responsáveis pelo plano de reestruturação da South African Airways, apoiados pelo Departamento de Empresas Públicas (DPE) e pelo Tesouro Nacional (NT) da África do Sul, conseguiram obter o montante, para processo de aporte financeiro inicial da SAA (PCF), necessário para atender os requisitos de liquidez de curto prazo da companhia aérea para o período, até a publicação e adoção do plano de reestruturação (business rescue). Este plano é exigido nos termos da Seção 150 da Lei das Empresas da África do Sul e é de responsabilidade dos profissionais (practitioners) designados para a restruturação.

O avanço na obtenção dos fundos vem como parte do processo de reestruturação, iniciado em 5 de dezembro de 2019, tendo como parceiros bancos comerciais locais que forneceram o PCF inicial de R2 bilhões, em soma das obrigações existentes.

As discussões realizadas com as instituições financeiras foram frutíferas tendo o Banco de Desenvolvimento da África Austral oferecido a próxima parcela do PCF, no valor total de R3,5 bilhões, com uma retirada imediata de R2 bilhões. Além disso, o financiamento para a fase de reestruturação após a adoção do plano está sendo considerado pelos potenciais financiadores.

A reestruturação da SAA proporcionará uma oportunidade para o desenvolvimento de uma companhia aérea sustentável, competitiva e eficiente, mantendo o objetivo do governo de ter um parceiro estratégico no negócio, resultando na preservação de empregos sempre que possível. A SAA é um ativo estratégico essencial que precisa ser posicionado para fornecer conectividade confiável aos mercados da África do Sul, do continente africano e também para atender rotas internacionais especificas.

As partes interessadas na companhia aérea agora devem ter o conforto de que o processo de reestruturação segue em uma base significativamente mais sólida e que os passageiros, as agências de viagens e as companhias aéreas parceiras podem continuar a efetuar suas reservas na SAA com confiança.


Ótima notícia que gera um alívio para os passageiros da companhia. Vamos torcer que esse seja o primeiro passo para que a South African, como mesmo ela mesmo disse em nota, “se desenvolva de forma sustentável, competitiva e eficiente“.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.