fbpx

Suíça muda regras e agora exige teste antes da chegada e outro entre o 4º e 7º dia de viagem

Notícias

Por Equipe

A partir de amanhã (4), todas as pessoas que entram na Suíça, inclusive vacinadas e independente de nacionalidade, deverão ser testadas e apresentar um teste de PCR (negativo) feito até 72 horas antes de sua entrada no país. Além disso, os visitantes também deverão realizar um segundo teste, PCR ou antígeno, entre o quarto e o sétimo dia após a sua chegada. Essas regras são válidas até o dia 24 de janeiro de 2022.

Suíça (2)

Este segundo teste visa garantir a detecção de pessoas que poderiam ter sido infectadas antes de partir ou durante a viagem. Essas triagens são de responsabilidade das pessoas envolvidas, o governo não oferecerá testes gratuitos. Além da testagem, o uso de máscaras volta a ser obrigatório em alguns ambientes fechados.


Entrada de brasileiros na Suíça

Os visitantes que foram completamente imunizados com duas doses da vacina (ou vacinas de dose única) nos últimos 12 meses terão permissão para entrar na Suíça sem precisar cumprir quarentena.

As vacinas aceitas atualmente são aquelas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde: BioNTech, Moderna, Pfizer, Janssen, AstraZeneca, Sinovac, Sinopharm e Serum Institute of India.

  • Pfizer/Pfizer/BioNTech (BNT162b2 / Comirnaty® / Tozinameran);
  • Moderna (mRNA-1273 / Spikevax / COVID-19 vaccine Moderna);
  • AstraZeneca (AZD1222 Vaxzevria®/ Covishield™);
  • Janssen / Johnson & Johnson (Ad26.COV2.S);
  • Sinopharm / BIBP (SARS-CoV-2 Vaccine (Vero Cell));
  • Sinovac (CoronaVac);

Certificado de COVID-19 suíço

Desde 24 de outubro, qualquer pessoa que tenha sido vacinada no exterior com uma vacina aprovada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA), cuja lista não inclui a Coronavac, e que viaje para a Suíça pode obter um certificado COVID suíço.

O período de validade do certificado COVID é de 365 dias a partir da administração da última dose da vacina.

Vacinados com Coronavac: desde de 03 de novembro, o Conselho Federal anunciou que os turistas vacinados com SinoPharm/ SinoVac (Coronavac) poderão solicitar o certificado COVID a partir de 01 de dezembro, porém aos vacinados com SinoPharm/ SinoVac (Coronavac) o prazo de validade do certificado COVID será de 30 dias e aceito somente na Suíça (não válido em outros países da Europa).

Aos turistas vacinados com Coronavac com mais de 30 dias de permanência na Suíça: após os trigésimo primeiro dia de estada no país, os turistas devem realizar testes rápidos Sars-CoV, o teste RT-PCR é válido por 72 horas a partir do momento da coleta da amostra e o teste rápido de antígeno é válido por 48 horas a partir do momento da amostragem.


Como solicitar o certificado de COVID-19 suíço

O formulário para requerimento do certificado está disponível eletronicamente neste site para preenchimento e envio dos documentos. O prazo para o recebimento do certificado é de até 5 dias. Veja abaixo os documentos necessários para solicitar o certificado COVID:

  • Informações sobre sua nacionalidade (por exemplo, cópia do passaporte);
  • Confirmação da vacinação (por exemplo, certificado de vacinação com detalhes do titular, vacinas administradas, a instituição que realizou a vacinação, data da vacina. O turismo da Suíça sugere a plataforma ConectSUS, onde é possível emitir o certificado de vacinação digital com QR Code. Para aqueles que já foram totalmente imunizados a plataforma também disponibiliza o certificado em espanhol e inglês;
  • Motivo da sua estadia na Suíça, quanto tempo você está hospedado e local;
  • Prova de chegada à Suíça (por exemplo, passagem aérea, passagem de trem ou reserva de acomodação).

Os documentos necessários devem ser apresentados em alemão, francês, italiano ou inglês.

Após submeter a sua solitação é necessário baixar o aplicativo COVID Certificate gratuitamente na Apple App Store, Google Play Store ou Huawei App Gallery. O certificado COVID também pode ser entregue diretamente ao aplicativo.

Para a aquisição do certificado será cobrado uma taxa para cobrir os custos de emissão do certificado COVID. A taxa custa em média 30 franco suíços (aproximadamente R$185). Os certificados de cidadãos da UE são aceitos e/ou podem ser convertidos em um certificado suíço.


As mudanças nos requisitos de entrada se devem por conta da preocupação do país com a nova variante do coronavírus (Ômicron). Assim como a Suíça, os Estados Unidos também anunciaram mudanças na entrada ao país.

Alguém com viagem para a Suíça foi afetado com a nova mudança?

Seguro Viagem
Seguro Viagem
Ganhe 10% de desconto na contratação do seu seguro!
Hotéis
Hotéis
5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Cartão Pão de Açúcar Itaú
Cartão Pão de Açúcar Itaú
Ganhe 1 ponto por R$ 1 gasto!
Cartão BTG Pactual Black
Cartão BTG Pactual Black
Ganhe cashback ou pontos e IOF Especial!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.