fbpx

Vem aí: empresa cria colchão ‘antivírus’ para hotéis que impede a propagação da Covid-19

Notícias

Por Gabriel Marinho

Assim como as companhias aéreas, os hotéis são pontos de preocupação para quem viaja durante a pandemia. Já que os quartos são um ambiente tão pessoal, torna-se necessário ter a certeza e segurança de que as superfícies e pontos de contato foram limpos e desinfetados antes da sua estadia. Enquanto as roupas de cama podem ser trocadas e devidamente higienizadas, o mesmo não pode ser dito dos colchões. E foi pensando nisso que a Serta Simmons Bedding, empresa que fornece a maioria dos colchões para o setor de hospitalidade, anunciou uma parceria com o HeiQ Group, líder em inovação têxtil, para criar o primeiro colchão antiviral do mercado dos EUA.


Nova tecnologia em tecido

O contrato concede à SSB acesso exclusivo na categoria de cama dos EUA à tecnologia HeiQ Viroblock ™, que foi previamente aprovada pela Diretiva Europeia de Dispositivos Médicos para uso antiviral em equipamentos médicos de proteção individual, como máscaras equivalentes ao N95, e registrada como antiviral ativo pelo EPA alemão. O HeiQ Viroblock ™ foi recentemente testado como 99,99% eficaz contra o SARS-CoV-2 por um importante instituto australiano de pesquisa de infecções e imunidade. A SSB planeja buscar as aprovações necessárias para sua linha de colchões Serta e Beautyrest HeiQ Viroblock com a Agência de Proteção de Alimentos e Medicamentos dos EUA e a Agência de Proteção Ambiental.


Como funciona?

O processo, em termos mais simples, funciona da seguinte maneira: partículas de bactérias e vírus são invisíveis ao olho humano (o SARS-CoV-2, por exemplo, tem apenas 90 nanômetros de largura) e passa facilmente pelos lençóis e roupas de cama. A tecnologia de Viroblock da HeiQ que atrai partículas de vírus combinadas com a tecnologia de vesículas que quebram a membrana viral é tecida através do tecido do colchão, agindo como um ímã para atrair as partículas, ligando-as e quebrando-as até que vírus seja desativado. Os testes de envelhecimento concluíram que os tecidos infundidos com HeiQ Viroblock™ mantinham suas qualidades antivirais por três anos e qualidades antibacterianas por 20 anos.

A SSB, a maior fornecedora de colchões para o setor de hospitalidade, já recebeu interesse de pedidos de várias das maiores marcas de hotéis do mundo para adquirir esses colchões. O intuito  é reforçar as iniciativas de limpeza e segurança. Elie Khoury, vice-presidente de recursos de operações da Aimbridge Hospitality, líder global em serviços de gerenciamento de hotéis, disse que estão “buscando de maneira proativa as melhores oportunidades para agregar valor aos nossos proprietários e aprimorar a experiência de nossos hóspedes. Atualmente, estamos testando as novas roupas de cama e acessórios antivirais da Serta Simmons e ansiosos para entender o impacto em ajudar nossas propriedades a oferecer o mais alto nível de segurança e limpeza para os hóspedes.”


O que acharam da ideia de ter um colchão antivírus para sua próxima hospedagem em um hotel?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.