fbpx

Você sabia que é possível perder a nacionalidade brasileira mesmo sendo brasileiro?

Notícias

Por Equipe

Muitos brasileiros buscam a dupla nacionalidade, mas poucos sabem que é possível perder a nacionalidade brasileira. Entenda como funciona a legislação no Brasil.

No Brasil, a Constituição Federal (art. 12, § 4º, II) tem como preceito a perda automática da nacionalidade para cidadãos brasileiros que adquirem outra cidadania, com exceções. Pelo ordenamento jurídico nacional vigente, a múltipla nacionalidade de brasileiros apenas é permitida em casos de:

  • nascimento em território estrangeiro (nacionalidade originária)
  • ascendência estrangeira (nacionalidade originária)
  • naturalização por imposição da norma estrangeira como condição para permanência do brasileiro em seu território ou para o exercício de direitos civis.

Porém, poucos sabem que é possível perder a nacionalidade brasileira. Os casos em que isso acontece são:

  • tiver cancelada sua naturalização, por sentença judicial, em virtude de atividade nociva ao interesse nacional;
  • adquirir outra nacionalidade por naturalização voluntária.
  • adquirir outra nacionalidade, salvo nos casos: de reconhecimento de nacionalidade originária pela lei estrangeira ou de imposição de naturalização, pela norma estrangeira, ao brasileiro residente em estado estrangeiro, como condição para permanência em seu território ou para o exercício de direitos civis;

Emenda Constitucional

Recentemente, o Senado vem avaliando o fim da perda da cidadania brasileira para quem obtém outra nacionalidade. A proposta de emenda constitucional (PEC) vem sendo debatida ao longo de 2019 e pode ser votada em primeiro turno.

Segundo informações do site da Agência Senado, com a mudança constitucional, a perda de nacionalidade do brasileiro ficará restrita a duas possibilidades:

  • quando a naturalização for cancelada por decisão judicial em virtude de fraude ou atentado contra a ordem constitucional e o Estado Democrático;
  • quando for feito um pedido expresso de perda de nacionalidade à autoridade brasileira competente, desde que a perda de nacionalidade não leve o cidadão a se tornar apátrida (sem qualquer nacionalidade).

A emenda afirma que a perda da nacionalidade será declarada em virtude de fraude “relacionada ao processo de naturalização”, mesmo que a situação leve a pessoa a ficar apátrida. A Agência Senado ainda informou que a PEC também facilita o processo de reconquista da nacionalidade brasileira à quem renunciou a ela.


Países que não permitem a dupla nacionalidade

O Brasil é um dos países que permite a dupla nacionalidade (conforme as regras citadas acima), porém existe uma lista de países que não permitem que o indivíduo tenha mais de uma cidadania. Caso queira adquirir uma nacionalidade diferente, o cidadão perde sua cidadania original.

Japão, Singapura, Ucrânia e Índia são alguns dos países que não permitem a múltipla nacionalidade. Confira aqui a lista completa dos países e suas restrições.


Comentário

A legislação brasileira ainda parece um pouco confusa com a questão da múltipla nacionalidade, porém esperamos que a lei fique mais clara e que possa tranquilizar brasileiros que moram no exterior, para que não corram o risco de perder sua nacionalidade original.

Informações retiradas dos sites Agência Senado, BR Visa e Gazeta do Povo

Hotéis
Hotéis
10% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Chip de Viagem
Chip de Viagem
20% de desconto na compra do chip de viagem!
Supermercado
Supermercado
35% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Seguro Viagem
Seguro Viagem
25% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Vote agora nos melhores do ano!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.