fbpx

Voos essenciais pelo Brasil começam a ser operados amanhã

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Após garantir voos para todos os estados do Brasil, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) recebeu os últimos ajustes de malha aérea das três principais companhias aéreas brasileiras. Serão 1.241 voos para atender 46 municípios brasileiros, durante o mês de abril – sendo esses destinos, as 26 capitais e o Distrito Federal, que devem receber voos após a decisão da ANAC, além de outros 19 municípios.

Segundo a agência, a malha emergencial é 91,61% menor do que a originalmente prevista pelas empresas para o período. Considerando a programação de Gol, Azul e Latam, a queda é de 56,06% das localidades atendidas, passando de 106 para 46. O número de voos semanais despencou de 14.781 para apenas 1.241.


Voos essenciais

Durante o próximo mês, a LATAM será a companhia que mais vai operar voos, com 483, seguida de Azul, com 405 e 353 da GOL – que só operará para as capitais. Veja abaixo os estados que cada uma das três principais companhias aéreas nacionais irão realizar voos:


Atuação das companhias por região

Região Sudeste:

A Região Sudeste é a que mais receberá/operará voos, totalizando 723. Na região, além das capitais, os municípios de São José do Rio Preto (SP), Campinas (SP), Uberlândia (MG) e Montes Claros (MG) também serão atendidos.

Região Sul:

Seguido da Região Sudeste, a Região Sul é a segunda que mais vai receber operações, totalizando 155 voos. Aqui, além das capitais, os municípios de Navegantes (SC), Chapecó (SC), Londrina (PR) e Foz do Iguaçu (PR) também serão atendidos.

Região Nordeste:

A Região Nordeste irá operar 153 voos. Além das capitais, a região ainda receberá voos para os seguintes municípios: Ilhéus (BA), Imperatriz (MA), Fernando de Noronha (PE), Juazeiro do Norte (CE) e Petrolina (PE).

Região Centro-Oeste:

Na Região Centro-Oeste, ao contrário das outras Regiões acima, os voos são excepcionalmente de/para as capitais dos estados, ou seja, só haverá operação nos municípios de Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e Brasília (DF).

Região Norte:

Por fim, a Região Norte é a que menos receberá voos, totalizando 75 durante o mês de abril. Além das capitais, os municípios de Marabá (PA), Tefé (AM) e Tabatinga (AM) também receberão operações.

O Diretor-Presidente da ANAC, Juliano Noman, reforça a importância da medida para a manutenção do transporte aéreo: “A aviação de vários países está parando por completo. O que estamos fazendo no Brasil é porque sabemos que o serviço aéreo é essencial para ajudar o País a superar esse cenário sem precedentes, permitindo o deslocamento de materiais, profissionais de saúde e das pessoas que ainda precisam viajar”. Também participam da ação o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), do Ministério da Economia, e o Ministério da Infraestrutura, que tem buscado junto aos governos estaduais apoio para a iniciativa.

Os voos terão início neste sábado (28) e estão previstos para até o final de abril.


Alguém planeja viajar pelo país durante o próximo mês?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.