fbpx

A Estratégia Burn and Earn usando o Viaje Fácil da Smiles

Notícias Tutoriais

Por Alexandre Zylberstajn

A estratégia Earn and Burn (Ganhe e Gaste) para acúmulo e utilização de milhas está em alta. Como explicamos detalhadamente neste post, uma das vantagens do modelo Earn and Burn é evitar que os usuários exponham seu pontos a eventuais desvalorizações das tabelas de resgate.

Viaje Facil Smiles

Mas não é só isso: mesmo sem alterações no regulamento ou tabelas, a quantidade de pontos necessários para uma emissão varia constantemente, podendo colocar o seu resgate em jogo. O que hoje custa 100 mil pontos, amanhã pode custar 120 mil (ou até mais)!

Implicitamente, essa metodologia sugere que os usuários não façam poupança em milhas  – o que pode ser especialmente útil no mercado de fidelidade brasileiro, no qual parte dos programas alteram seus regulamentos com frequência e com 90 dias de aviso prévio (ou as vezes sem).

Especialmente em tempos de promoções agressivas e de precificação dinâmica das passagens, a estratégia Earn and Burn faz bastante sentido para redução de risco.

Mas nós, Brasileiros, temos algo único, que permite eliminar quase todo risco envolvido em resgates de passagens, aplicando uma estratégia inversa e que merece toda sua atenção.


Conheça a estratégia Burn and Earn?

Você não leu errado, é isso mesmo: Gaste e Ganhe ou Queime e Ganhe (literalmente).

Para quem não conhece, existe uma opção de resgate para clientes Smiles chamada Viaje Fácil. Este é um benefício no qual o programa Brasileiro oferece a opção de emitir a passagem sem ter o saldo de milhas em conta. É como se você comprasse a passagem fiado, podendo quiser sua “divida”até 60 dias antes do embarque.

Com a utilização da estratégia Burn and Earn usando Viaje Facil  é possível:

  • Eliminar o risco de acabar a disponibilidade entre transferência do cartão e chegada na Smiles;
  • Emitir a passagem desejada sem os pontos na conta e com um período razoável para quitar a “dívida”;
  • Eliminar o risco de alteração de preço da passagem. Se aumentar, você estará travado no valor e se diminuir, você pode cancelar e emitir uma nova passagem pelo valor mais baixo.

Quanto custa usar o Viaje Fácil?

O custo é de R$120 por emissão e atualmente o participante que utilizar o Viaje Fácil e realizar a quitação da emissão ganhará 4.000 milhas bônus (Clube Smiles e/ou Diamante) ou 2.000 milhas bônus os demais clientes Smiles!

Independente se seu bilhete é só de Ida ou Ida e Volta, ele contará como 01 emissão. É permitido emitir no máximo 02 bilhetes simultaneamente, sendo que cada bilhete pode contemplar até 09 passageiros.


Quando utilizar o Viaje Fácil?

Neste post mostramos situações na qual consideramos ideais para o uso do Viaje Fácil.


Como funciona o Viaje Fácil da Smiles – Passo a Passo:

Neste post explicamos o passo a passo de como utilizar o Viaje Fácil.


Conclusão

A estratégia Burn and Earn é ótima! Sem dúvidas um diferencial que o Viaje Fácil da Smiles oferece. A essa altura vocês já devem ter percebido que todo final de post da Smiles inserimos um lembrete que este produto existe.

Gostando ou não gostando do programa, essa ferramenta protege o viajante de diversas situações e é uma baita benefício. Não conheço outro sistema que ofereça a reserva “fiada” do mesmo modo e justamente por isso, você ainda deve se atentar a tradicional estratégia de ganhar e gastar – que explicamos neste post.

E vocês, usam o Viaje Fácil? bem que podíamos exportar essa funcionalidade para outros programas!

 

 

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.