fbpx

Air France conta como tem cuidado das aeronaves que estão paradas

Notícias

Por Dérek Arakaki

Em função do momento atual a Air France, assim comutaras companhias pelo mundo, reduziu significativamente sua atividade. Atualmente, a empresa está operando aproximadamente 5% da sua capacidade normal. A companhia divulgou que todos os dias, cerca de 1.000 funcionários cuidam dessas aeronaves para mantê-las em condições operacionais.

A companhia informou que 180 das 224 aeronaves que compõem sua frota estão atualmente paradas nos aeroportos Paris-Charles de Gaulle, Paris-Orly e Toulouse Blagnac, onde a Air France possui bases de manutenção.


Detalhes da operação

Organizar esse tipo de operação de armazenamento é um trabalho minucioso realizado de acordo com as orientações das fabricantes de aeronaves, como a Airbus e Boeing.

Existem três tipos existentes de operações de armazenamento de aeronaves:

  • Normal: estacionadas de 2 a 4 semanas no máximo;
  • Ativo: estacionadas de 1 a 3 meses;
  • Estendido: por períodos superiores a 3 meses.

A Air France optou por um armazenamento “ativo”, adaptado para aeronaves estacionadas por um período entre 1 e 3 meses e exigindo cerca de 150 horas de trabalho distribuídas em 3 fases:

Armazenamento inicial – a fase mais longa, que envolve a proteção da aeronave e a preparação para armazenamento, e inclui:

  • A instalação de lonas e painéis para bloquear todas as saídas de ar onde insetos ou animais poderiam entrar;
  • A obstrução dos motores ou o bloqueio das hélices, dependendo do tipo de aeronave;
  • Uma limpeza completa de zonas críticas, como trem de pouso e sistemas hidráulicos;
  • A lubrificação do trem de pouso e dos componentes das asas;
  • Verificação dos níveis de umidade.

Operações recorrentes – cuja frequência depende do tipo de aeronave e das recomendações do fabricante, incluindo:

  • Verificações para garantir que as proteções em vigor estão em boas condições
  • Inspeções visuais das aeronave e de seu sistema
  • Mover a aeronave por alguns metros para aliviar o estresse nos pneus ou girar as rodas sem mover a aeronave, usando um macaco
  • Ligar os motores e a APU (auxiliary power unit)

Remoção inicial do armazenamento – que abre caminho para o retorno da aeronave ao serviço.

Essa fase envolve até 2 dias de trabalho removendo os diferentes equipamentos de proteção configurados ao redor da aeronave e verificações para garantir que tudo esteja em boas condições de funcionamento, pronto para retomar as operações de voo e em conformidade com os procedimentos e requisitos regulamentares da empresa.


O que diz a Air France

Géry Mortreux, Vice-Presidente Executivo de Engenharia e Manutenção, acrescentou: “Nessas circunstâncias especiais, nossa prioridade é a segurança de nossos voos, nossos clientes e nossa equipe. Atualmente, monitoramos toda a nossa frota diariamente, com cada uma de nossas aeronaves recebendo cuidados e atenção especial. Nada é deixado ao acaso. Por enquanto, limitamos a presença no local enquanto observamos medidas de higiene, como distanciamento social, fornecimento de máscaras, luvas e álcool em gel, além de desinfetar regularmente nossas instalações. Nossa missão principal é garantir que nossa frota de aeronaves seja mantida nas melhores condições possíveis, para que possamos colocá-las de volta ao ar em total segurança assim que isso for possível”.


Vídeo

A companhia também divulgou um vídeo mostrando os cuidados que estão sendo realizados:


Ainda que muitas aeronaves pelo mundo estejam estacionadas, há muito trabalho envolvido nos bastidores para mantê-las preparadas para voar assim que possível. Outra companhia do grupo, a KLM, também divulgou como está cuidando de suas aeronaves, você pode conferir a matéria aqui.

Vamos torcer para que logo possamos ver as aeronaves, não só da Air France mas também de várias outras companhias, voando pelo mundo.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.