fbpx

Avião da Ukraine Airlines pode ter sido derrubado acidentalmente por míssil do Irã

Notícias

Por Equipe

De acordo com a revista norte-americana Newsweek, o acidente sofrido com o Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines foi causado devido ao sistema de mísseis antiaéreos iraniano. A revista disse que a conclusão foi tomada após uma reunião entre um oficial do Pentágono, um oficial sênior de inteligência dos Estados Unidos e um oficial de inteligência do Iraque.

Até o momento, acredita-se que a aeronave tenha sido derrubada por acidente, através de um equipamento russo chamado de Gauntlet. O equipamento faz parte do programa antiaéreo iraniano, que ficou ativado após o ataque do exercito do Irã a bases norte-americanas no Iraque, como resposta a morte do general Qassim Suleimani.

Depois da queda e das mortes confirmadas, executivos ucranianos haviam informado que um possível erro mecânico da aeronave foi o principal fator da queda. No entanto, minutos depois de publicado, o artigo foi removido com a justificativa de “não tomar decisões precipitadas”. O governo ucraniano disse que só voltaria a falar do caso “quando existirem provas concretas, não especulações”.

A Boeing emitiu uma nota em apoio às famílias das vítimas, bem como ao governo ucraniano, dizendo que estava disposta a ajudar nas investigações, confira abaixo:


Nota da Boeing

Nós sentimos muito pela tragédia e nossos sentimentos estão com as famílias, passageiros e o povo ucraniano. Estamos em contato com a companhia aérea para apoiá-los nesse momento difícil. Estamos prontos para ajudar no que for preciso“.


Acidente no voo PS752 da Ukraine International Airlines

Na manhã de ontem (8) um Boeing 737-8 da Ukraine International Airlines caiu minutos após alçar voo. A aeronave partia do aeroporto internacional Iman Khomeini, no Teerã, e tinha como destino Kiev, na Ucrânia.

Dentro da aeronave haviam 176 passageiros de mais de sete nacionalidades diferentes: iranianos, canadenses, ucranianos, suecos, afegãos, ingleses e alemães. A queda não deixou sobreviventes.


Cancelamentos de voos no Oriente Médio

Devido a tragédia, muitas companhias aéreas estão evitando trafegar pelo golfo pérsico, local aonde o Irã e o Iraque estão localizados. Entre as empresas aéreas, a KLM publicou em seu site que vai evitar a região por tempo indeterminado, enquanto a FAA proibiu que companhias americanas operassem voos no espaço aéreo do Irã e Iraque como “medida preventiva”.

Hotéis
Hotéis
10% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Chip de Viagem
Chip de Viagem
20% de desconto na compra do chip de viagem!
Supermercado
Supermercado
35% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Seguro Viagem
Seguro Viagem
25% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Vote agora nos melhores do ano!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.