fbpx

Azul traz da China 1,6 milhão de testes rápidos da COVID-19

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Após voar pela China pela primeira vez com o intuito de trazer respiradores para o Brasil, foi a vez da Azul realizar mais um voo especial para o país asiático. Dessa vez, com o objetivo de trazer 1,6 milhão de testes rápidos da COVID-19.

O voo fretado decolou de Viracopos, em Campinas, no dia 29 de maio, fez uma escala em Amsterdã, na Holanda, e chegou ao seu destino final, o Aeroporto Internacional de Qingdao Liuting, na província de Shandong, na China. De lá, o Airbus A330-900neo retornou completamente carregado – desde o porão até os assentos e bins (compartimentos de bagagens na cabine) – com destino a Belo Horizonte, hub da Azul – onde os testes rápidos serão destinados a um laboratório de Minas Gerais.

Conforme dito anteriormente, é a 2ª vez que a companhia faz esse tipo de voo para a China. Na última vez que a Azul pousou no país chinês foi para transportar 133 respiradores de Pequim para Guarulhos. Os voos entram para a história da empresa, pois marcam as primeiras operações da companhia para a China.


Azul Cargo Express fortalece sua logística

A Azul, através de seu segmento de carga Azul Cargo Express, vem utilizando as duas aeronaves cargueiras Boeing 737 400-F e os porões dos aviões de passageiros para ampliar sua capacidade de oferta. Em abril, a companhia realizou dois voos internacionais para os Estados Unidos transportando somente cargas e, desde a autorização da ANAC, vem utilizando aviões de passageiros para o transporte exclusivo de cargas.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.