fbpx

Banco Central começa testes de pagamentos com o PIX, a evolução do DOC e TED

Notícias

Por Lorenzo Firmino

Em fevereiro falamos aqui sobre o PIX, a evolução do DOC e TED. Com ele, será possível realizar transações em tempo real, 24 horas por dia, incluindo nos fins de semana. Na semana passada o Banco Central começou testes na infraestrutura tecnológica de liquidação desse sistema. Agora, instituições financeiras podem testar seus fluxos de liquidação, isto é, fazer o dinheiro “sair do pagador ao recebedor”. O sistema será lançado em novembro deste ano.

“No primeiro teste, avaliamos o cadastro de informações dos participantes e a conexão dos seus sistemas com o sistema do BC”, explica Lílian Holmes, assessora no BC. “Agora damos um passo a mais, que é o de experimentar a simulação da liquidação efetiva de um PIX, utilizando a conexão do primeiro teste e dados fictícios de clientes e saldos para as transações”.


Preenchimento automático

O Diretório de Identificadores de Contas Transacionais (DICT), gerido pelo BC, é o componente do PIX que armazena as informações das contas dos usuários recebedores e facilita a experiência do usuário. Essas contas podem ser localizadas por meio das chaves para endereçamento (forma intuitiva de identificar o recebedor: e-mail, número de celular, CPF/CNPJ ou endereço virtual de pagamento).

Na tradicional TED, por exemplo, o pagador preenche as informações do recebedor manualmente. No PIX, o pagador poderá informar apenas uma das chaves do recebedor, a partir, por exemplo, da sua lista de contatos do celular (embora a operação manual também seja permitida). Na hora do pagamento, o número do celular será localizado no DICT e, assim, o recebedor é identificado de forma segura e prática.


Cronograma

O próximo passo do PIX é fazer testes obrigatórios para as instituições participantes em junho. Está no ar consulta pública para os interessados trazerem sugestões sobre o funcionamento do PIX. A consulta vai até 18 de maio.

Desde fevereiro, já estão sendo realizados testes na infraestrutura tecnológica do PIX, que engloba o Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI) e o DICT. Nesse período, várias instituições realizaram com sucesso testes de conectividade e operações básicas com chaves do DICT (inclusão, exclusão e consulta). Os testes das demais funcionalidades do DICT também estão disponíveis em conjunto com os testes de liquidação.


24h, 7 dias por semana, 365 dias por ano

A partir de um simples toque no celular, o PIX permitirá a realização de pagamentos e transferências em segundos, a qualquer dia do ano, sem limite de horário, com o dinheiro imediatamente disponível para o recebedor.


Quem mais está ansioso pelo lançamento do PIX?

Veja nosso post sobre o novo sistema de pagamentos do Banco Central.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.