fbpx

Colômbia vai passar a exigir comprovante de vacinação ou PCR negativo para viajantes

Notícias

Por Equipe

Assim como os Estados Unidos e a Suíça, a Colômbia também mudou seus requisitos de entrada. A partir da próxima terça-feira (14), o país passará a exigir o comprovante de vacinação ou PCR negativo para estrangeiros e residentes.


Novos requisitos de entrada

Para essa nova fase, o governo colombiano irá dividir os viajantes em dois grupos:

  • Colombianos, estrangeiros residentes na Colômbia, diplomatas e seus familiares

Será necessário o preenchimento de um formulário com os dados de sua viagem neste site antes de sair da Colômbia e outro para a volta ao país. Também é solicitado um cartão de vacinação comprovando que você foi vacinado pelo menos 14 dias antes da data de entrada no país.

Caso não tenham sido vacinados ou estão com o esquema vacinal incompleto, colombianos, estrangeiros residentes ou diplomatas podem trazer um teste de PCR realizado com 72 horas de antecedência e com resultado negativo.

  • Estrangeiros que não residem na Colômbia e que estejam visitando o país a turismo ou negócios

Será necessário o preenchimento de um formulário com suas informações de viagem neste site antes de voar para a Colômbia. Além disso, também é necessário portar o cartão de vacinação. Caso você não esteja totalmente vacinado ou então se foi vacinado em período inferior aos 14 dias antes da entrada ao país, você terá de apresentar também um teste PCR realizado com 72 horas de antecedência e com resultado negativo.

Em qualquer caso, para os estrangeiros que não têm residência na Colômbia e que visitam o país a turismo ou negócios (segundo grupo), será impossível entrar sem, ao menos, uma dose da vacina.


Passageiros em trânsito

Quem está em trânsito nos aeroportos colombianos deverão apenas cumprir os requisitos sanitários de seu destino final, mas devem permanecer na zona de trânsito do aeroporto colombiano sem passar pela imigração.


Comentário

As novas restrições tiveram de ser acatadas por conta da preocupação com a nova variante do coronavírus: a ômicron. Na última semana, o país anunciou o primeiro caso da nova cepa da doença, por conta disso, a cautela se tornou ainda mais necessária.

Até então, o governo colombiano não cobrava a apresentação do documento ou a testagem contra a doença nos aeroportos. No entanto, com a reabertura das fronteiras terrestres, já estava prevista a exigência do certificado de imunização.

O passaporte da vacina também deverá ser apresentado para entrada em eventos culturais e esportivos, bares, cinemas e outros espaços de lazer, cultura e entretenimento para maiores de 12 anos. Na segunda-feira, 6 de dezembro de 2021, o país alcançou a marca de 50% da população imunizada com duas doses, e a meta é vacinar 70% com duas doses, disse o presidente Iván Duque em entrevista coletiva.


Alguém será afetado com a nova restrição?

Dica do leitor Vitor!

Seguro Viagem
Seguro Viagem
Ganhe 10% de desconto na contratação do seu seguro!
Supermercado
Supermercado
Ganhe 25% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Hotéis
Hotéis
5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Cartão Pão de Açúcar Itaú
Cartão Pão de Açúcar Itaú
Ganhe 1 ponto por R$ 1 gasto!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.