fbpx

Como o Changi Airport tem agido contra a COVID-19 em Singapura?

Aeroportos Notícias

Por Rafael Castro

Singapura é um dos países que tem conseguido lidar com o novo coronavírus de forma mais eficaz, com 266 pessoas infectadas, 14 em estado mais grave recebendo tratamento em UTIs e nenhuma morte até o momento. Isso devido a uma série de estratégias que, basicamente, foram aprendidas e aprimoradas durante e após a epidemia do vírus SARS em 2003, quando 33 pessoas morreram no país. Mas, como será que o Changi Airport tem colaborado nessa batalha?

Imagem: Raffles Medical Group


Proteção das Fronteiras

Enquanto os trabalhadores da área da saúde estão na linha de frente na luta de Singapura contra o COVID-19, um grupo menos conhecido de homens e mulheres trabalha incansavelmente 24 horas por dia no Aeroporto de Changi como a primeira linha de defesa nas fronteiras aéreas de Singapura.

Os assistentes de saúde da empresa Raffles Medical Group foram deslocados para o aeroporto a fim de rastrear todos os passageiros que chegam durante 24 horas por dia e 7 dias da semana.

Medidor de temperatura.

Câmera com medidor da temperatura corporal (scanner térmico). Imagem: Raffles Medical Group.

Cada equipe é composta por quatro assistentes de saúde (dois observadores e dois interceptadores), além de uma enfermeira.

O interceptador identifica os passageiros usando objetos que podem afetar a precisão da detecção de febre dos scanners térmicos. Isso inclui bonés, óculos ou até cabelos longos. Além de garantir medições precisas de temperatura, os interceptores também ajudam a acelerar o processo de triagem, garantindo que a experiência de chegada do passageiro continue tranqüila.

Medição de temperatura em Changi Airport

Imagem: Raffles Medical Group.

Em seguida, dois observadores analisam as telas exibindo a temperatura corporal dos passageiros que passam pelos scanners térmicos. Quando alguém com febre se aproxima, a silhueta da pessoa irradia um brilho vermelho na tela e um observador se aproxima do passageiro para confirmar a temperatura com um termômetro.

Na minha chegada em Singapura no dia 23 de janeiro, todo esse aparato já estava em funcionamento. Quando desembarquei do voo com a Qatar Airways, vindo de Doha, passei por uma dessas equipes que acompanhava o desembarque dos passageiros. Aqueles que apresentavam uma temperatura um pouco mais alta eram chamados para uma nova medição, dessa vez manualmente.

Coronavirus aeroporto

Medição de temperatura manual em Changi. Imagem: Raffles Medical Group.

Quando se confirma que o passageiro tem uma temperatura corporal acima de 38 graus Celsius, um assistente de saúde  acompanhará essa pessoa a uma sala de isolamento para posterior avaliação por uma enfermeira.


Trabalho em Equipe!

O Aeroporto de Changi trabalha com 200 agências e empresas diferentes para manter o aeroporto funcionando. No auge do surto do vírus COVID-19 em evolução, um grupo especial de indivíduos luta diretamente na linha de frente. Desde cuidar dos colegas até aceitar prontamente responsabilidades adicionais, esses heróis do cotidiano têm demonstrado dedicação admirável.

Para manter o aeroporto seguro e limpo, empresas como a Ramky Cleantech Services, se tornaram parceiras do Changi Airport em várias medidas de limpeza. Além das responsabilidades adicionais, Koh Huan Yong (Yong), supervisor de limpeza, e uma equipe de supervisores da Ramky formam a chamada Equipe de Controle de Infecção de Resposta Rápida.

Eles limpam e desinfetam áreas em contato com passageiros febris com sintomas respiratórios ou pessoas com histórico de viagem em locais para os quais o Ministério da Saúde emitiu avisos de viagem. Quando acionada, a equipe trabalha em pares para higienizar todas as superfícies e áreas como pisos, cadeiras, bebedouros e maçanetas.

Equipe da Ramky Cleantech Services trabalhando incansavelmente na limpeza e higienização do aeroporto. Imagem: Changi Airport.

Além disso, Changi aumentou a frequência da limpeza diária de áreas com as as quais as pessoas entram em contato mais frequentemente em até três vezes. Mais de 20 dessas áreas de acesso público foram identificadas, incluindo botões de elevadores, corrimãos, bebedouros, balcões e outros.

Limpeza Changi Airport Coronavirus

Imagem: Changi Airport.

Mais de 1000 dispensers de desinfetantes para as mãos foram instalados em todos os terminais de Changi e no Jewel. Os desinfetantes para as mãos podem ser localizados após os balcões de imigração de partida e chegada, nos pilares e em outros locais de tráfego intenso. Os carpetes nas salas de embarque são aspirados com mais frequência e as lixeiras são limpas com mais regularidade.

Alcool gel no Changi Airport

Imagem: Changi Airport.

Os funcionários do aeroporto que trabalham na linhas de frente receberam pacotes especiais de agradecimento pelo seu trabalho, contendo itens essenciais, como desinfetantes para as mãos, suplementos de vitamina C para a melhoria da imunidade e folhetos sobre como praticar boa higiene pessoal. Os funcionários também receberam instruções sobre como lidar com os passageiros que apresentem algum sintoma da doenca.

Changi Airport coronavirus

Imagem: Changi Airport.


Parcerias com os Comerciantes

Embora aumentar os esforços de limpeza para manter os passageiros e funcionários em segurança seja a principal prioridade do aeroporto, o Changi Airport Group também está fazendo parcerias com os comerciantes para enfrentarem juntos os desafios econômicos do vírus de frente.

A fim de ajudá-los com seus custos operacionais, foi oferecido um desconto de 50% no aluguel básico mensal desde 1 de fevereiro de 2020. Isso faz parte do pacote financeiro revelado apresentado recentemente junto com o Orçamento de Singapura 2020.

Além disso, as tarifas de aluguel de Changi são projetadas para variar de acordo com o tráfego de passageiros. Com a pressão nas reservas de passagens aéreas desde o início do COVID-19, os custos de aluguel também foram automaticamente reduzidos em conjunto para ajudar os lojistas a enfrentar o clima desafiador do varejo.

Além dos ajustes de aluguel, o horário de funcionamento de algumas lojas também foi alterado e reduzido. As empresas também têm flexibilidade para reduzir seu horário de funcionamento.

Changi airport shops

Imagem: Changi Airport.

A Assessoria de Imprensa do Changi Airport fez uma entrevista com a Diretora de Marketing do The Shilla Duty Free, Lin PeiHua:

1. Como a COVID-19 afetou seus negócios e como os descontos do CAG (Changi Airport Group) ajudaram?

Definitivamente, afetou nossos negócios, pois há menos viajantes devido aos vários avisos e restrições de viagem. Os descontos ajudaram a atenuar a queda nos negócios, mas ainda há muito a ser feito, especialmente para mitigar a perda de vendas devido ao acentuado declínio dos viajantes chineses que representaram a maior parte de nossas vendas antes da COVID-19.

2. O que sua empresa tem feito para mitigar os impactos do menor tráfego de passageiros?

Trabalhamos com nossos parceiros, dentro e fora da comunidade aeroportuária, para colaborar e apoiar uns aos outros com parcerias em que todos saiam ganhando. Graças aos esforços da equipe de Concessões da CAG Airside, trabalhamos com outros parceiros do aeroporto para emitir vouchers promocionais uns dos outros. Nossos parceiros de diversas marcas também estão oferecendo compras atraentes e especiais para que possamos gerar vendas mais altas, apesar de menos viajantes.

3. Como a sua equipe/empresa tem se apoiado nesse período desafiador?

A saúde e a segurança de nossa equipe são de extrema importância para nós. Sanitizamos constantemente nossas lojas e fornecemos à nossa equipe máscaras e desinfetantes para as mãos. Também foram implementados planos de continuidade de negócios para a equipe de suporte de linha de frente e de escritório.


Comentário

Changi é o melhor aeroporto do mundo, então não dava para esperar algo diferente deles. O que se pode perceber é que eles fizeram um planejamento 360° e se cercaram de estratégias de todos os lados. Foi pensado não somente na segurança, na saúde e no bem-estar dos passageiros e dos funcionários, mas também na sustentabilidade financeira dos negócios em funcionamento no aeroporto e, consequentemente, do próprio aeroporto em si. Fica a dica para os aeroportos brasileiros! 😉

Mais alguém, além de mim, passou por Changi durante esse período?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.