Como sentir menos turbulência no voo

Dúvidas

Por Juliano Moda

Muitas pessoas sofrem quando há turbulência no seu voo. Mas e se você pudesse diminuir os efeitos apenas na escolha correta de seu assento, por exemplo? Nesta matéria, nós vamos te mostrar como fazer isso, além de outras dicas para minimizar o seu desconforto. Confira!


Turbulência derruba avião?

Antes de tudo, é preciso esclarecer que turbulência não derruba avião. Aliás, aviões são capazes até de furar paredes de vento de furacões. Inclusive, um dos métodos usados por meteorologistas para captar dados de furacões é fazer exatamente isso: voar (com tripulação e tudo) para dentro deles.

Portanto, a turbulência em si “só” fará você se machucar em voo caso não esteja com o cinto de segurança afivelado. Como o balanço em voo ocorre principalmente na vertical nessas situações, é possível que você atinja o teto da aeronave se não estiver devidamente protegido com o cinto. Portanto, neste caso, muito importante prezar pela sua segurança ao voar em detrimento do conforto quando estiver voando.


O avião é uma gangorra – então fique perto das asas

Reparou na foto de capa desse artigo? Então saiba que, caso queira sentir menos turbulência, reserve então um assento com essa vista. Isso porque o avião, quando balança, é como se fosse uma gangorra: quanto mais nas pontas você estiver, maior é a amplitude do movimento. Portanto, para sentir menos os efeitos da turbulência, escolha os assentos mais próximos às asas!

O centro de equilíbrio de toda aeronave fica nesta tergião e, por isso, ao se sentar ali, é como se você estivesse bem no ponto de apoio da gangorra. Do mesmo modo, quanto mais para o final você se sentar, mais turbulência irá sentir, principalmente se escolher seu assento na parte de trás, pois costumam ficar mais distantes das asas.

No caso de turbulência, não se incomode ao ver as asas balançando, pois, quanto mais flexíveis elas são, menores são os efeitos sentidos na cabine. Modelos mais novos, como o Boeing 787 e o Airbus A350, tiveram asas concebidas para terem grande flexibilidade justamente por isso.


Outras dicas

Além de se sentar na região onde estão localizadas as asas, há outras dicas para que você sinta menos turbulência no voo. Veja a seguir:

Escolha o assento localizado na janela

Costumamos sentir menos os efeitos – e ter menos medo – do que podemos enxergar. Como trabalhamos com todos os nossos sentidos ao mesmo tempo, poder ver que o avião de fato não está caindo ajuda muito a amenizar os efeitos. Além disso, é possível usar a parede da cabine para se escorar, o que pode lhe auxiliar a sentir menos trepidações.

Use o cinto de segurança

O uso do cinto de segurança é obrigatório principalmente por causa das oscilações horizontais em voo. É ele que impedirá as leis da física de fazerem a sua cabeça se chocar com o teto no caso de uma turbulência! Os pilotos conseguem ver as rajadas de vento através dos equipamentos na cabine, podendo acender a luz de afivelar os cintos antes de algo acontecer, então respeite esta sinalização. Além de proteger sua vida, o cinto diminui o chacoalhar do seu corpo.

Não deixe nada solto

Tão perigoso quanto não usar o cinto é ter objetos pessoais, como celulares, carregadores, canecas, computadores, valises e afins, jogados de um lado para outro na turbulência. Portanto, quando as luzes de afivelar os cintos se acenderem, certifique-se de guardar tudo o que estiver solto, para evitar que esses objetos voem em sua direção ou na de outras pessoas.


Desconto em hotéis, seguro viagem e mais

Vai viajar? Aproveite nossos cupons de desconto na Hoteis.com, Ciclic e Nomad. Além disso, saiba o que não pode faltar na hora de voar na Checklist do PP!


Comentário

Assim como trepidações na estrada ou ondas gigantes no mar, ventos agitados farão o avião balançar. No entanto, apesar de um efeito esperado e passageiro, é natural e humano sentir incômodo na turbulência.

Para quem não conhece a dica de ficar perto das asas (como o editor que vos escreve ao voltar do Uruguai há quatro anos atrás e morrer de medo com a amplitude da trepidação), encarar a turbulência pode ser algo visceralmente desafiador. Contudo, ao compreender as leis da física e se planejar na escolha de assentos, é possível sentir menos os seus efeitos.

Você já conhecia essas ou outras dicas para sentir menos turbulência no avião? Comente aqui embaixo!

Clube Smiles
Clube SmilesReceba até 330.000 milhas em 12 meses + benefícios exclusivos para viajar!
Clube Livelo
Clube LiveloAssine o Clube Classic e ganhe 500 pontos extras na hora!
Clube LATAM Pass
Clube LATAM PassReceba 1.000 pontos por mês + até 10% de bônus em parceiros
Hotéis
Hotéis5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2025!
Seguro Viagem
Seguro ViagemAté 69% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.