fbpx

COVID-19: Assista ao pronunciamento do CEO da LATAM Jerome Cadier

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Confira o pronunciamento do CEO da LATAM Brasil, Jerome Cadier, sobre as medidas que estão sendo tomadas pela LATAM para enfrentar o coronavírus.


Nota da LATAM

Voos de/para Equador, Argentina, Colômbia, Europa, Israel, África do Sul, Oceania (Austrália e Nova Zelândia) e Peru

Como medida para conter o surto de coronavírus no país, os governos do Equador, Argentina e Colômbia, Europa, Israel, África do Sul, Austrália, Nova Zelândia e Peru (a partir de 23:59 de 16 de março, por 15 dias) anunciaram que a entrada de estrangeiros estará suspensa por via aérea, marítima ou terrestre. Diante dessa situação, a LATAM Airlines irá oferecer flexibilidade para seus passageiros.

Se você tem uma passagem internacional com origem ou destino para os países acima, com voo entre 9 de março e 31 de maio de 2020, você poderá:

  • Reprogramar uma vez a data do seu voo, sem multas e sem diferença tarifária, para voar até 31 de dezembro de 2020
  • Reprogramar uma vez a data do seu voo, sem multas, mas sujeito à diferença tarifária, para voar depois de 31 de dezembro de 2020
  • Fazer uma alteração de origem ou destino, sem multas, sujeito à diferença tarifária e à validade do bilhete.
  • Reembolsar sem multas seu bilhete e serviços associados, desde que nenhum trecho tenha sido utilizado. 

Para outros voos internacionais e nacionais

Confira abaixo a política da companhia para outros casos de voos internacionais e nacionais.

Voos Internacionais

Para compras realizadas até 05 de março –  Voando entre 13 março a 30 de abril de 2020

  • Alterar uma vez a data e/ou destino do voo (sem multa, mas sujeito à diferença tarifária), para viajar até 31 de dezembro de 2020.
  • Reembolsos estão sujeitos às regras da tarifa adquirida

Para compras realizadas entre 6 e 12 de março de 2020

  • Alterar uma vez a data e/ou destino do voo(sem multa, mas sujeito à diferença tarifária), para viagens até 31 de dezembro de 2020. A alteração poderá ser feita até 14 dias antes da partida do voo original
  • Reembolsos estão sujeitos às regras da tarifa adquirida

Para compras realizadas entre 13 e 31 de março de 2020

  • Alterar uma vez a data e/ou destino do voo (sem multa, mas sujeito à diferença tarifária), para viagens até 31 de dezembro de 2020. A alteração poderá ser feita até 5 dias antes da partida do voo original
  • Reembolsos estão sujeitos às regras da tarifa adquirida

Voos Domésticos

Para compras realizadas até 12 de março – Voando  entre  13 de março  e 15 de abril de 2020

  • Alterar uma vez a data e/ou destino do voo(sem multa, mas sujeito à diferença tarifária), para viagens até 31 de dezembro de 2020.
  • Reembolsos estão sujeitos às regras da tarifa adquirida

Para compras realizadas entre 13 e 31 de março de 2020

  • Alterar uma vez a data e/ou destino do voo (sem multa, mas sujeito à diferença tarifária), para viagens até 31 de dezembro de 2020. A alteração poderá ser feita até 5 dias antes da partida do voo original
  • Reembolsos estão sujeitos às regras da tarifa adquirida

Informações Atualizadas

Confirma em nossa central de informações do coronavírus todas as informações e notícias atualizadas sobre o tema e não deixe de comentar como está sendo sua experiência cancelando ou remarcando voos, hotéis, passeios, etc em meio ao surto.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.