fbpx

Delta atualiza operações de junho e voos para o Brasil não serão mais retomados

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Recentemente a Delta divulgou a lista de rotas que iria operar a partir de junho. Na ocasião, a companhia havia informado o retorno dos voos entre Atlanta e São Paulo. Hoje (27), uma atualização foi feita pela Delta em seu cronograma e os voos para o Brasil ainda não serão retomados, o que pode ser um reflexo da decisão tanto do Brasil de prorrogar por mais 30 dias a restrição da entrada de estrangeiros no país, quanto dos EUA de proibir à entrada de viajantes saindo do Brasil.


Alteração nas operações da Delta em junho

Confira abaixo a lista de rotas removidas e adicionadas em relação a programação anterior:

Rotas removidas:

  • Atlanta para São Paulo, Brasil (em 27 de maio)
  • Atlanta para Santa Lúcia (em 21 de maio)
  • Atlanta para Bogotá, Colômbia (em 21 de maio)

Rotas adicionadas:

  • Atlanta para Londres-Heathrow (em 21 de maio)

Operações da Delta em junho

Segue abaixo a programação atualizada de voos da Delta para junho:

Voos domésticos nos EUA:

  • A Delta continua a fornecer voos para todos os hubs dos EUA e principais mercados, com a frequência significativamente reduzida.

América do Norte: 

  • Detroit para Montreal (diariamente)
  • Detroit para Ottawa (diariamente)
  • Detroit para Toronto (diariamente)
  • Minneapolis para Calgary (diariamente)
  • Minneapolis Faz Edmonton (diariamente)
  • Minneapolis Faz Winnipeg (diariamente)
  • Nova Iorque-JFK para Toronto (diariamente)
  • Seattle para Vancouver (diariamente)

América Central: 

  • Atlanta para Libéria, Costa Rica (o serviço menor que diário será reiniciado na segunda quinzena de junho)
  • Atlanta para Cidade do Panamá, Panamá (o serviço menor que diário será reiniciado na segunda quinzena de junho)
  • Atlanta para San José, Costa Rica (o serviço menor que diário será reiniciado na segunda quinzena de junho)
  • Atlanta para San Pedro Sula, Honduras (frequência menor que diária)
  • Atlanta para San Salvador, El Salvador (o serviço menor que diário será reiniciado na segunda quinzena de junho)

México:

  • Atlanta para Cancun (frequência menor que diária)
  • Atlanta para Cidade do México (diariamente)
  • Detroit para Cidade do México (frequência menor que diária)
  • Los Angeles para Los Cabos (frequência menor que diária)
  • Los Angeles para Puerto Vallarta (frequência menor que diária)
  • Salt Lake City para Cidade do México (frequência menor que diária)

Caribe:

  • Atlanta para Aruba (o serviço menor que diário será reiniciado na segunda quinzena de junho)
  • Atlanta para Bermuda (o serviço menor que diário será reiniciado na segunda quinzena de junho)
  • Atlanta para Bonaire (o serviço aos sábados será reiniciado na segunda quinzena de junho)
  • Atlanta para Kingston, Jamaica (frequência menor que diária)
  • Atlanta para Montego Bay, Jamaica (frequência menor do que diária na primeira metade de junho, diariamente na segunda metade)
  • Atlanta para Nassau, Bahamas (o serviço diário será reiniciado na segunda quinzena de junho)
  • Atlanta para Providenciales, Ilhas Turks e Caicos (frequência menor que diária)
  • Atlanta para Punta Cana, República Dominicana (frequência menor que diária)
  • Atlanta para San Juan, Porto Rico (frequência menor que diária)
  • Atlanta para St. Croix (apenas sábado)
  • Atlanta para St. Maarten (frequência menor que diária)
  • Atlanta para St. Thomas (frequência menor que diária)
  • Nova York-JFK para Santiago, República Dominicana (frequência menor que diária)
  • Nova York-JFK para San Juan, Porto Rico (frequência menor que diária)
  • Nova York-JFK para Santo Domingo, República Dominicana (frequência menor que diária)

Transatlântico:

  • Atlanta para Amsterdã (diariamente)
  • Atlanta para Frankfurt (frequência menor que diária)
  • Atlanta para Lagos (frequência menor que diária*)
  • Atlanta para Londres-Heathrow (frequência menor que diária)
  • Atlanta para Paris-Charles De Gaulle (frequência menor que diária)
  • Detroit para Amsterdã (diariamente)
  • Detroit para Londres-Heathrow (frequência menor que diária)
  • Nova York-JFK para Amsterdã (frequência menor que diária)
  • Nova Iorque-JFK para Paris-Charles De Gaulle (frequência menor que diária)
  • Nova Iorque-JFK para Tel Aviv (frequência menor que diária)

*O retorno do serviço da Delta para a Nigéria está sujeita à aprovação do governo estrangeiro.

Transpacífico

  • Detroit para Seul-Incheon (diariamente)
  • Detroit para Xangai via Seoul-Incheon (diariamente*)
  • Seattle para Seul-Incheon (menos do que diariamente)
  • Seattle para Xangai via Seoul-Incheon (diariamente*)
  • Seattle para Tóquio-Haneda (frequência menor que diária)

*O retorno do serviço da Delta para a China está sujeita à aprovação do governo estrangeiro.

Esse cronograma, incluindo rotas e frequências, permanece sujeito a alterações devido à natureza evolutiva da COVID-19.


Quem tinha planos de voar para os EUA com a Delta ou vir para o Brasil vai ter que aguardar. Enquanto houver a restrição de entrada nos países muitas companhias não devem retomar suas rotas, já que impacta diretamente na demanda de seus voos.

A Delta assegurou que, durante seus voos, todas as medidas de segurança e saúde estão sendo tomadas para que o cliente viaje sem receio. A companhia está exigindo o uso de máscaras faciais durante toda a viagem, além de limitar o assento entre 50 e 60% afim de garantir mais espaço aos viajantes, evitando aglomerações.

Para mais informações, clique aqui

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.