fbpx

Essas são as rotas internacionais que as maiores companhias aéreas do mundo estão operando atualmente

Notícias

Por Gabriel Marinho

A crise causada pelo avanço do coronavírus atingiu em cheio o setor da aviação e com certeza vai deixar marcas. Com países fechando suas fronteiras e as pessoas ficando em casa, temos visto situações sem precedentes acontecendo: desde companhias aéreas cessando suas operações por um tempo até outras empresas cortando suas rotas para tentar sobreviver.

A situação é dramática, e tudo fica ainda mais claro quando olhamos a malha aérea de voos internacionais das companhias aéreas. E para dar um panorama da situação mundial, separamos uma lista com as rotas longas (superiores a 3.000 milhas de distância) que algumas das maiores companhias aéreas do mundo estão operando atualmente.


Lufthansa – 8 rotas

A companhia alemã é a terceira maior do mundo em faturamento. Atualmente está operando 8 voos internacionais:

Frankfurt (FRA) para:

  • Montreal (YUL)
  • Chicago (ORD)
  • Nova York (EWR)
  • São Paulo (GRU)
  • Joanesburgo (JNB)
  • Bangkok (BKK)
  • Tóquio (HND)

Zurique (ZRH) para:

  • Nova York (EWR)


American Airlines – 3 rotas

A companhia norte-americana foi a segunda que mais faturou no ano passado em todo o mundo. A empresa anunciou um grande corte na sua malha e agora está operando apenas 3 voos internacionais:

Dallas (DFW) para:

  • Tóquio (NRT)
  • Londres (LHR)

Miami (MIA) para:

  • Londres (LHR)


Delta – 17 rotas

A Delta foi a companhias que mais faturou em todo mundo no ano passado segundo a revista Forbes. Atualmente a empresa tem conseguido manter 17 rotas internacionais operantes:

Atlanta (ATL) para:

  • Amsterdã (AMS)
  • Londres (LHR)
  • Rio de Janeiro (GIG)
  • São Paulo (GRU)
  • Tóquio (HND)

Detroit (DTW) para:

  • Amsterdam (AMS)
  • Seoul (ICN)
  • Tóquio (HND)

Honolulu (HNL) para:

  • Nagoya (NGO)
  • Osaka (KIX)
  • Tóquio (HND)

Los Angeles (LAX) para:

  • Tóquio (HND)

Minneápolis (MSP) para:

  • Tóquio (HND)

Nova York (JFK) para:

  • Londres (LHR)
  • São Paulo (GRU)

Seattle (SEA) para:

  • Seoul (ICN)
  • Tóquio (HND)


United – 6 rotas

Houston (IAH) para:

  • São Paulo (GRU)

Nova York (EWR) para:

  • Frankfurt (FRA)
  • Londres (LHR)
  • Tel Aviv (TLV)

San Francisco (SFO) para:

  • Sydney (SYD)
  • Tóquio (NRT)


Aeroméxico – 7 rotas

A Aeroméxico diminui consideravelmente seu número de rotas longas e agora está focando nos trajetos relativamente curtos entre a Cidade do México e demais cidades na América do Norte.

Cidade do México (MEX) para:

  • Tóquio (NRT)
  • Amsterdam (AMS)
  • Barcelona (BCN)
  • Paris (CDG)
  • Londres (LHR)
  • Madrid (MAD)
  • São Paulo (GRU)


Air France – 12 rotas

A principal companhia aérea francesa anunciou um corte de 90% em seu número de voos. A empresa agora apenas mantêm algumas rotas estratégicas, incluindo para territórios franceses ao redor do mundo.

Paris (CDG) para:

  • Cayenne (CAY)
  • Fort-de-de-France (FDF)
  • Pointe-à-Pitre (PTP)
  • Saint-Denis de La Réunion (RUN)
  • Abidjan (ABJ)
  • Nova York (JFK)
  • Los Angeles (LAX)
  • Montreal (YUL)
  • Cidade do México (MEX)
  • Rio de Janeiro (GIG)
  • Sao Paulo (GRU)
  • Tóquio (NRT)


KLM – 18 rotas

A companhia aérea holandesa pretende manter apenas as seguintes rotas longas operando entre 29/03 e 03/05:

Amsterdã (AMS) para:

  • Atlanta (ATL)
  • Abu Dhabi (AUH)
  • Bangkok (BKK)
  • Curacao (CUR)
  • São Paulo (GRU)
  • Hong Kong (HKG)
  • Seoul (ICN)
  • Nova York (JFK)
  • Joanesburgo (JNB)
  • Osaka (KIX)
  • Los Angeles (LAX)
  • Cidade do México (MEX)
  • Tóquio (NRT)
  • Chicago (ORD)
  • Cidade do Panamá (PTY)
  • Shangai (PVG)
  • Calgary (YYC)
  • Toronto (YYZ)


TAP – 6 rotas

A TAP chegou a cortar 90% da suas rotas. A empresa agora continua operando rotas longas estratégicas somente para o Brasil, Estados Unidos e Canadá.

Lisboa (LIS) para:

  • Rio de Janeiro (GIG)
  • São Paulo (GRU)
  • Nova York (EWR)
  • Boston (BOS)
  • Toronto (YYZ)
  • Miami (MIA)


Qatar Airways – 70 rotas

A Qatar está indo na contramão das demais companhias e assumiu o seu compromisso de ajudar seus clientes a voltarem para casa. A empresa está operando cerca de 150 voos diários para 70 destinos diferentes. Para ver a lista completa dos destinos, clique aqui.


É impressionante imaginar que as maiores companhias aéreas do mundo hoje estão voando para tão poucos lugares. Além disso, note que a maioria das citadas acima ainda mantêm voos para o Brasil, o que ressalta a importância do mercado brasileiro na composição do faturamento das companhias.

Para ver quais companhias continuam voando para o Brasil, clique aqui.

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.