fbpx

FAA revê classificação internacional de segurança para a agência de aviação do Paquistão

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA) rebaixou a classificação de segurança internacional da agência de aviação do Paquistão (a ANAC do Paquistão) e proibiu as companhias aéreas paquistanesas de oferecer novos serviços aos Estados Unidos.

Em 15 de julho de 2020, a FAA, sob o programa International Aviation Safety Assessment (IASA), constatou que a Autoridade de Aviação Civil do Paquistão não estava cumprindo os padrões de segurança da ICAO. Assim, o país do sul da Ásia foi oficialmente rebaixado para a categoria 2.

De acordo com o IASA, a FAA avalia as autoridades de aviação civil de todos os países com transportadoras aéreas que se candidataram a voar para os Estados Unidos, atualmente realizam operações nos Estados Unidos ou participam de acordos de compartilhamento de código com companhias aéreas parceiras dos EUA. A Autoridade de Aviação Civil do Paquistão fornece supervisão de segurança da aviação para o Paquistão, assim como a ANAC supervisiona a segurança da aviação no Brasil.

As avaliações da IASA determinam se as autoridades estrangeiras da aviação civil cumprem os padrões de segurança da ICAO. A ICAO, por sua vez, é a agência técnica de aviação das Nações Unidas. A organização estabelece padrões internacionais e práticas recomendadas de segurança para operações e manutenção de aeronaves.

Uma classificação de Categoria 1 significa que a autoridade de aviação civil do país está em conformidade com os padrões da ICAO. Essa classificação permite que as transportadoras aéreas daquele país estabeleçam serviços para os Estados Unidos e transportem o código de transportadoras dos EUA por meio de acordos de compartilhamento de código.

As transportadoras aéreas de países com classificação de categoria 2 não podem iniciar novos serviços nos Estados Unidos, restringem-se aos níveis atuais de serviços existentes nos Estados Unidos e não podem transportar o código de transportadoras dos EUA em nenhum voo. Atualmente, nenhuma companhia aérea opera voos regulares entre o Paquistão e os Estados Unidos.

Os resultados da revisão da categoria de segurança da agência de aviação do Paquistão foram publicados após o acidente do voo PK8303 da PIA, que matou 97 pessoas em 22 de maio de 2020. Os primeiros resultados apontaram a negligência dos pilotos e a falta de reação adequada dos controladores de tráfego aéreo.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.