fbpx

Impasse entre Qatar e Airbus termina com o cancelamento da entrega de quase 20 jatos A350

Notícias

Por Igor Tonetti

Após algum tempo de discussões e até brigas judicias, a Qatar Airways e a Airbus cancelaram a entrega de 19 aeronaves de modelo A350-1000, remanescentes de um pedido de quase 7 bilhões de dólares. O motivo do cancelamento é devido uma reclamação da companhia aérea com a fuselagem do A350.

Qatar-Airways-A350-1000.png


Impasse entre Qatar Airways e Airbus

De acordo com a Qatar, a pintura das aeronaves do modelo estava degradando rápido demais, fazendo com que a Agência de Aviação do Catar proibisse o uso do A350, ainda em 2021. A Agência regulamentadora disse, à época, que os problemas poderiam por em risco a viagens dos passageiros, e por isso a companhia foi proibida de operar com o jato.

A Qatar Airways mandou uma reclamação à Airbus, que reconheceu o problema na pintura, mas desmentiu a informação passada pela regulamentadora, de que as avarias comprometiam as operações com o avião. A companhia, por outro lado, não aceitou receber mais aviões do modelo até que o problema fosse resolvido.

Com o passar dos meses, o relacionamento entre Qatar e Airbus foi ficando cada vez mais quebradiço, principalmente após a empresa aérea processar a fabricante francesa em mais de 1 bilhão de dólares por conta do aterramento forçado dos A350. Esta semana, por fim, a Airbus cancelou a entrega das aeronaves remanescentes do pedido.

A Qatar Airways chegou até a divulgar vídeos em seu perfil oficial do YouTube mostrando os problemas com a pintura:


Qatar Airways pode virar uma companhia 100% Boeing

A briga pode fazer com que a fabricante francesa perca uma companhia aérea importante, visto que a Qatar Airways já deu indícios de que não vai continuar com aviões Airbus. A companhia deveria ter uma frota de 74 Airbus A350, incluindo 34 A350-900 e um pedido de 40 A350-1000, dos quais 19 ainda estavam aguardando entrega, mas não serão mais adicionados à frota da companhia.

Por conta da briga, a Qatar planeja revender todos os seus A350, fazendo com que sobrem apenas aeronaves da Boeing em sua frota. A discussão entre as empresas também fez com que uma carta de pedidos de 50 Airbus A321neo fosse cancelado no início deste ano.


Problemas para o transporte da Copa do Mundo

Conforme dito pela agência de notícias Reuters, todo o rebuliço que a Qatar e a Airbus estão envolvidas deve comprometer as viagens dos passageiros para o Catar, principalmente para a Copa do Mundo – evento que será disputado no país, em novembro.

Sem o interesse e a permissão de operar com A350, o número de jatos disponíveis pela companhia aérea do Golfo será diminuída pela metade, afetando na capacidade geral e no transporte de turistas. Para isso, a Qatar estuda alugar aviões ou então retirar mais modelos do Airbus A380 da aposentadoria para ajudar na tarefa.


Com informações: Reuters e OMAAT.

Seguro Viagem
Seguro Viagem
10% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Hotéis
Hotéis
5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Cartão Pão de Açúcar Itaú
Cartão Pão de Açúcar Itaú
Ganhe 1 ponto por R$ 1 gasto!
Cartão BTG Pactual Black
Cartão BTG Pactual Black
Ganhe cashback ou pontos e IOF Especial!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.