fbpx

Índia impõe quarentena de 14 dias para viajantes internacionais

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Novas diretrizes emitidas pelo Ministry of Health and Family Welfare da Índia estabelecem que, todos os passageiros internacionais que chegarem ao país deverão passar por quarentena obrigatória por um período de 14 dias.

Seguindo medidas tomadas por outros países, como o Reino Unido, a Índia estabeleceu uma quarentena obrigatória de 14 dias para todos os viajantes internacionais que chegarem ao país.

Antes mesmo de embarcar em um navio ou voo, todos os viajantes deverão se comprometer com a quarentena. O período, no entanto, incluiria sete dias de quarentena institucional paga às suas próprias custas, seguidos de sete dias de isolamento em casa, com auto-monitoramento da saúde.

Por razões excepcionais e convincentes, como casos de sofrimento humano, gravidez, morte na família, doenças graves e pais acompanhados de crianças com menos de dez anos, conforme avaliação dos estados receptores, a quarentena domiciliar pode ser permitida por 14 dias.“, disse o ministro da União da Índia para a Saúde e Bem-Estar da Família, Dr. Harsh Vardhan. “Para esses casos, o uso do aplicativo Aarogya Setu é obrigatório.

O Aarogya Setu é um aplicativo do governo indiano com objetivo de divulgar informações sobre a COVID-19 e conectar serviços essenciais de saúde relacionados ao coronavírus ao povo da Índia.

As diretrizes anteriores para aqueles que vinham do exterior mencionavam a quarentena institucional por 14 dias, não a quarentena doméstica.

Além disso, apenas viajantes internacionais assintomáticos terão permissão para embarcar em seus voos, depois de passar por uma triagem de medição de temperatura. Na chegada à Índia, se forem considerados doentes, serão testados e enviados para hospitais designados.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.