fbpx

Israel vai começar a reabrir novamente suas fronteiras para estrangeiros

Notícias

Por Equipe

Israel vai reabrir, a partir de domingo (09), as fronteiras para passageiros vacinados (incluindo estrangeiros), vindos de países da lista “Laranja”, considerados de médio risco e que atualmente incluí o Brasil.

Israel


Reabertura das fronteiras

O Ministério da Saúde informou que, a partir de 9 de janeiro, viajantes estrangeiros de 199 países da lista “laranja” (que atualmente incluí o Brasil), serão admitidos se comprovarem que estão vacinados ou se recuperaram do COVID-19.

Os viajantes precisarão apresentar um teste PCR ou de antígeno negativo feito antes do embarque e outro PCR ao chegar em Israel, onde deverão esperar isolados por 24 horas pelo resultado.

O ministério recomendou também que a África do Sul, Nigéria, Espanha, Portugal, França e Canadá, e outros 16 países listados como “vermelho” ou de alto risco COVID-19, passem para a lista “laranja”.

Os viajantes que não foram vacinados ou que não se recuperaram da doença no prazo estipulado, ainda não terão permissão para entrar em Israel. Visitantes de países da Lista Vermelha, que são das nações consideradas de alto risco, (como Estados Unidos e Reino Unido, por exemplo) também estão impedidos de entrarem no país.

O Ministério da Saúde de Israel também recomendou que os viajantes israelenses vacinados e recuperados que retornaram de países definidos como “laranja” não precisem mais ficar em quarentena por três dias após seu retorno a Israel e, em vez disso, terão que se isolar apenas até receberem os resultados de um teste de PCR negativo ao retornarem ao país. Essa decisão está sujeita à aprovação do comitê.

Lembrando que em novembro de 2021, o país anunciou sua reabertura, mas teve de restringir a entrada de estrangeiros (não-essenciais) logo em seguida, devido o surgimento da variante ômicron.

À época, só estavam permitidos entrar no país viajantes que preenchessem um formulário, contendo um certificado de vacinação digital aprovado ou de recuperação da doença. Feito isso, era necessário aguardar o “ok” da segurança de Israel para poder embarcar no voo até o país asiático. Até o momento, não foi anunciado se essa medida prevalecerá.

Os vacinados com as doses da Sputnik V da Rússia precisavam se submeter a um teste sorológico, que detecta anticorpos, para garantir que estavam protegidos. Também não foi informado se, na segunda fase de reabertura de Israel, a mesma política vai ser imposta, ou se alguma vacina foi retirada/incorporada na lista de imunizantes permitidos. Em novembro eram aceitas as vacinas da:

  • Pfizer;
  • Moderna;
  • AstraZeneca;
  • Sinovac;
  • Sinopharm.

Alguém pensando em visitar o país em breve? Se você mora no exterior ou então se está em um país de origem que não é o Brasil e deseja visitar Israel, acesse este site e pesquise pelo país de origem de seu voo. Se ele estiver na cor laranja, então sua entrada será permitida, desde que você esteja vacinado.

Fonte: Reuters e G1

Seguro Viagem
Seguro Viagem
Ganhe 10% de desconto na contratação do seu seguro!
Supermercado
Supermercado
Ganhe 25% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Hotéis
Hotéis
5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Cartão Pão de Açúcar Itaú
Cartão Pão de Açúcar Itaú
Ganhe 1 ponto por R$ 1 gasto!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.