fbpx

Os programas de fidelidade deveriam estender status em função do coronavírus?

Notícias

Por Dérek Arakaki

A situação envolvendo o coronavírus tem impactado diretamente o setor aéreo. Inicialmente as rotas afetadas envolviam a China continental, mas logo se expandiram impactando voos para diversos países pelo mundo. Temos publicado diversas notícias sobre a flexibilização das companhias aéreas para quem tem viagem marcada, mas agora quero trazer para discussão um outro ponto: os programas de fidelidade deveriam estender o status dos seus clientes em função da redução nas viagens?


Benefício já é oferecido em outras situações

A possibilidade de prorrogação/recuperação de status já é oferecida por alguns programas de fidelidade quando o passageiro reduz sua quantidade de viagens em função de alguma situação específica. Veja abaixo alguns exemplos:

  • Delta (SkyMiles):

No programa SkyMiles da Delta é possível recuperar seu status caso algum evento afete sua capacidade de viajar. Entre os motivos listados pela companhia temos:

Uma possível mudança de emprego;
A volta aos estudos;
Um problema de saúde;
A necessidade de cuidar de algum amigo ou membro da família;
Se tornar pai/mãe;
Ou qualquer outro “life event” relevante.

  • LATAM (LATAM Pass):

Já o programa de fidelidade da LATAM oferece a possibilidade de prorrogar o status em função da maternidade. A companhia diz que dependendo do período da gravidez, algumas mulheres têm restrições para voar. Por isso, caso a sua frequência de voos diminua pelo seu estado de saúde, seja durante a gestação ou no período pós-parto, é possível ampliar a vigência de sua categoria Elite por mais um ano.

  • Alaska Airlines (Mileage Plan):

O programa de fidelidade da Alaska Airlines vai além e oferece o benefício não apenas para licença maternidade, mas também contempla licença paternidade e para licenças em função de adoção. Para saber mais sobre o benefício clique aqui.

  • Hawaiian Airlines (HawaiianMiles):

Outra companhia americana, a Hawaiian Airlines, oferece além da licença maternidade/paternidade a possibilidade de extensão de status em função de uma emergência médica ou convocação militar. A companhia considera eventos que incluam licença parental ou uma condição médica com duração de 12 semanas ou mais que proíbe o passageiro de voar. Para saber mais sobre o benefício clique aqui.

  • Qantas (Frequent flyer):

A companhia australiana possui um programa que chama Status Hold, que permite que os clientes deixem seu status “congelado” por até 18 meses. O Status Hold está disponível para os pais que tiram pelo menos seis meses consecutivos de licença remunerada para passar um tempo com a família. Ambos os pais podem se inscrever. Para saber mais sobre o benefício clique aqui.

  • British Airways (Executive Club):

A companhia britânica também possuí uma política informando que se o cliente estiver voando menos durante sua licença de maternidade, paternidade ou adoção, poderá solicitar que seu status no Executive Club fique “congelado” por um ano. Para saber mais sobre o benefício clique aqui.

  • Outras companhias:

Além das citadas acima, outras companhias como Iberia, United e American, por exemplo, também oferecem o benefício de prorrogação de status, porém, elas não possuem uma página exclusiva em seu site. Nesse caso é necessário realizar a solicitação diretamente por email.


Comentário

Como você pode observar, alguns programas de fidelidade já possuem uma política de prorrogação de status em função de algum evento que afete a capacidade do passageiro de viajar.

Na minha opinião, a situação envolvendo o coronavírus está impactando diretamente os planos de viagens dos passageiros e espero que os programas de fidelidade entendam esse momento e ofereçam alguma flexibilização para seus clientes elite. Por outro lado, esse será um ano difícil para as companhias aéreas e a prorrogação de status tem um custo para elas. O coronavírus é algo que foge do controle das empresas, ainda assim, podemos considerar como um risco inerente?

Qual a sua opinião sobre o assunto? Seu número de viagens tem reduzido em função do coronavírus?


Fica a dica para o Miles&Go, LATAM Pass, Smiles e TudoAzul!

Hotéis
Hotéis
10% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Chip de Viagem
Chip de Viagem
20% de desconto na compra do chip de viagem!
Supermercado
Supermercado
35% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Seguro Viagem
Seguro Viagem
25% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Vote agora nos melhores do ano!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.