fbpx

RecargaPay faz nova alteração no limite de pagamentos de boletos com cartão de crédito

Notícias

Por Lorenzo Firmino

“RecargaPay, alteração IX, ano 2020”. Gostaria de começar esse artigo de uma forma mais positiva, porém, mais uma vez o RecargaPay alterou o limite de pagamento de boletos com cartão de crédito sem aviso prévio. Dessa vez, apenas usuários do plano gratuito foram afetados. Houve uma redução do limite de R$250/mês para R$100/mês para estes usuários.


Limites alterados

  • Como era:

Limite pagamentos de boletos sem taxas Plano Grátis: R$250/mês
Limite pagamentos de boletos sem taxas Plano Prime: R$1.000/mês
Limite pagamentos de boletos sem taxas Plano Prime+: R$2.000/mês

  • Como ficou:

Limite pagamentos de boletos sem taxas Plano Grátis: R$100/mês (redução de 60%)
Limite pagamentos de boletos sem taxas Plano Prime: R$1.000/mês (nada mudou)
Limite pagamentos de boletos sem taxas Plano Prime+: R$2.000/mês (nada mudou)


Comentário

Dessa vez a alteração afeta aqueles usuários que mensalmente faziam pagamentos de contas no RecargaPay entre R$100 e R$250 (boa parte de contas de telefonia, por exemplo).

A mudança atinge apenas os clientes do plano gratuito do serviço. Nada muda para membros Prime e Prime+, que passaram por um reajuste há menos de um mês, vale notar. E, falando em reajustes, penso que poderia ser melhor se o RecargaPay pelo menos os comunicasse com antecedência ou até mesmo fizesse todos de uma vez, já que este é o 4º do ano.

Lembrando que a partir de sexta (27) transações feitas no RecargaPay com cartões de crédito do Itaú e Credicard não acumularão mais pontos na fatura.

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.