Review – voo inaugural entre Campinas e Paris no A350 da Azul

Avaliações Cias Aéreas

Por Igor Tonetti

Pessoal, para quem ainda não me conhece, eu me chamo Igor Tonetti (@igor_tonetti) e nesta matéria vou contar para vocês minha experiência no voo inaugural da Azul ligando Campinas a Paris. A operação foi realizada no dia 26 de abril com o novo Airbus A350 da companhia. Venha conferir!

Azul Paris (3)

Voo AD8700 – 26/04/2023
Campinas (VCP)
Paris (ORY)
Assento: 13G – Classe Econômica Premium
Partida: 23h16 / Chegada: 14h53 (horário local)
Duração: 10h45
Aeronave: Airbus A350-900

pular para… 


Check-in e Lounge Azul

Cheguei no Aeroporto de Viracopos cerca de 5 horas antes do embarque, isso porque no mesmo dia estava sendo inaugurado o Espaço Nespresso dentro do Lounge Azul e eu fui cobrir o evento para o Instagram aqui do PP. Como sou portador do cartão Azul Itaú Visa Infinite, mesmo que minha passagem seja na Classe Econômica, eu consegui utilizar a fila prioritária – que estava vazia.

Tudo pronto com o check-in, segui jornada ao Lounge Azul, que fica localizado após a escada rolante depois do controle de passaporte em VCP. O lounge estava bem lotado, muito por conta do voo inaugural da Azul, que estava com quase todos os assentos vendidos (!), mas também por conta dos demais voos internacionais que a companhia iria operar naquele dia (Lisboa e Fort Lauderdale).

Devido ao voo para a capital francesa, todo o espaço foi personalizado em homenagem a França. Desde um mural com os monumentos de Paris, até macarons (típico doce francês), cupcakes e outros docinhos com a temática francesa:


Embarque

Se a celebração da nova rota já era presente dentro da sala VIP, na hora do embarque foi ainda mais marcante. Isso porque a Azul montou um banner simulando o Arco do Triunfo para seus passageiros sentirem um gostinho do que é Paris ao embarcar.

Antes do embarque começar, os executivos da Azul se reuniram com os comissários para um breve discurso. Nesse momento, até um bolo exclusivo foi entregue por um passageiro para celebrar a nova rota.

Além disso, na hora de embarcar, os executivos da Azul também nos entregaram mais macarons nas cores da França:


Assento e Cabine

Como fomos convidados pela Azul a participar do voo inaugural (e também pelo fato do voo estar lotado), não conseguimos fazer upgrade para a Classe Executiva. Ficamos, portanto, na Economy Xtra (Econômica Premium da companhia), que oferece um espaço maior entre um assento e outro.

Um detalhe que é importante ressaltar é que a Economy Xtra do A350 da Azul não é SkySofa. Portanto, não há apoio para os pés ajustável (como é o caso do A330neo). Os assentos da Economy Xtra do A350 da Azul são destacados por uma cor mais clara e segue o layout 3-3-3:

Além do maior espaço entre os assentos, também é oferecido um amenity kit para os passageiros. O amenity kit da Economy Xtra continha:

  • 1 (um) par de meias;
  • 1 (uma) máscara de dormir;
  • 1 (uma) tag de bagagem personalizada da Azul;
  • 1 (um) fone de ouvido para o passageiro assistir ou ouvir músicas no entretenimento de bordo.

Uma coisa que achei bem bacana para quem voa no A350 da Azul é que em todas as classes o passageiro tem entradas USB tipo A, entrada para fones de ouvido e também uma tomada, que permite o carregamento de dispositivos com outros tipos de entrada USB. A tomada foi uma mão na roda para mim, já que precisei utilizar o celular durante todo o voo e não possuía carregador USB tipo A, somente tipo C!


Serviço de bordo

Jantar

O jantar começou a ser servido 30 minutos após a decolagem. As opções de prato principal eram macarrão com queijo e o prato do Chef Claude Troisgros, que era sobrecoxa de frango com molho de tomate, brócolis e arroz com salsa. Apesar de já ter experimentado a opção do Chef Claude no evento de apresentação do novo menu internacional da Azul, optei por repeti-lo no voo.

O prato vem embalado em um alumínio azul e é acompanhado de uma salada de alface com grão-de-bico, molho para salada, além de pão e manteiga. A sobremesa era um bolo gelado de coco com doce de leite. Os talheres que nos entregaram contam com colher, garfo e faca, além de um guardanapo. Vale ressaltar que os talheres servidos são de madeira – o que eu particularmente não sou muito fã.

Para beber, as opções disponíveis eram:

  • Água;
  • Refrigerante;
  • Vinho tinto ou branco;
  • Suco de laranja ou de uva.

Eu optei por pedir um vinho tinto como acompanhamento.

Vale lembrar que apenas o prato principal é assinado pelo Chef Claude Troisgros e que a opção de sobrecoxa ao molho só ficará disponível até o final de maio. Para mais informações, acesse esta matéria.

Café da manhã

O café da manhã é servido cerca de 1h antes do pouso. Parte da tripulação me entregou um lanche de presunto e queijo, estilo misto quente, acompanhado de uma caixinha retangular feita de papel. Dentro dessa caixinha ainda tinha:

  • 1 (um) iogurte sabor morango;
  • 1 (um) bolinho de laranja;
  • 1 (um) pacote de bolacha cream-cracker;
  • 1 (um) queijo cremoso;
  • 1 (um) conjunto de talheres de madeira com guardanapo.

Para beber, foi oferecido café (opção com leite ou sem), chás, sucos e até refrigerante. Optei pelo suco de laranja.


Entretenimento de bordo e mais serviços

Apesar de não ter assistido nenhum filme durante o trajeto, o entretenimento de bordo é bastante diverso. Com opções de filmes e séries de TV, além de jogos, playlists de músicas e o mapa de voo – que é a funcionalidade que mais gosto de explorar enquanto estou voando.

O sistema de bordo é bem responsivo e rápido, mas como estava bastante cansado optei por dormir. Infelizmente, durante toda a viagem, mal consegui pegar no sono, pois o passageiro do meu lado não parava de se mexer. Ele estava tão inquieto que inclusive chegou a sentar no chão da aeronave (!) para tentar achar uma posição mais cômoda para dormir.

Como esse tipo de comportamento coloca em risco os passageiros e o prosseguimento da viagem, tive de chamar os comissários para alertá-lo. Ele levantou e voltou para o assento, mas continuava bastante agitado e não parava de se mexer um segundo da viagem… enfim, não foi o meu dia! Mas até aí, não tinha nada que a Azul poderia fazer, já que o voo estava lotado.

Os passageiros também têm à disposição uma manta (não tão grossa) e um travesseiro. A manta foi muito útil, já que o ar condicionado do voo estava no máximo.


Wi-Fi e Conectividade

Apesar de oferecer o serviço em alguns voos domésticos, a Azul ainda não oferece Wi-Fi a bordo de seus voos internacionais. Portanto, toda a viagem teve de ser feita de maneira offline.


Chegada a Paris

Antes do pouso, o piloto utilizou o speech para fazer um discurso bem legal sobre a nova rota. Durante a fala, ele relembrou a importância dos laços entre Brasil e França e citou Santos Dumont, pai da aviação, que realizou o primeiro voo com um objeto voador mais pesado que o ar em Paris.

Quando a aeronave pousou, a tripulação e os passageiros deram uma salva de palmas. Eu esperava ter o batismo do avião em Orly também, mas, em conversa com os executivos da Azul, a ação não foi possível porque o governo local não permite o uso de água de maneira “inconsciente” – mesmo sendo reutilizada.

Na saída do avião, os funcionários de solo do aeroporto francês nos entregou uma lembrancinha. O presente era um chaveiro com a Torre Eiffel e uma plaquinha escrita Paris vous aime, traduzindo “Paris te ama”.

Aliás, detalhe extra para o desembarque, já que todos os funcionários de Orly estavam falando em português com os passageiros (mesmo que poucas palavras como “bem-vindo” e “boa tarde”).


Operações entre Campinas e Paris

As operações entre os aeroportos de Viracopos e Paris-Orly acontecem nos seguintes dias e horários:

Campinas (VCP) x Paris (ORY)
Dias de operação: Todos os dias, exceto às terças-feiras
Horário de saída: 23h
Horário de chegada: 15h30 (horário de Paris)

Paris (ORY) x Campinas (VCP)
Dias de operação: Todos os dias, exceto às quartas-feiras
Horário de saída: 22h15 (horário de Paris)
Horário de chegada: 4h40 (horário de Brasília)


Comentário

Apesar da experiência de voo não ter sido das melhores – por conta do passageiro, não da companhia -, fiquei muito feliz de ter participado da primeira operação entre Campinas e Paris com a Azul.

Aliás, preciso ressaltar também o horário das operações – que para mim são excelentes, já que o horário de chegada na França permite um check-in imediato no hotel, sem a necessidade de esperar ou pagar por um early check-in.

Desde já, gostaria de agradecer a Azul pelo convite dado a nós do Passageiro de Primeira e desejar muito sucesso nesta nova rota.

Pensa em visitar Paris em breve com a Azul?

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
  • Internet:
  • Pontualidade:
  • Limpeza:
Média
8.5
Clube Smiles
Clube SmilesReceba até 330.000 milhas em 12 meses + benefícios exclusivos para viajar!
Grupos de Alerta do PP
Grupos de Alerta do PPReceba alertas de passagens aéreas no seu WhatsApp!
Clube Livelo
Clube LiveloAssine o Clube Classic e ganhe 2.000 pontos em 10 parcelas de 200 pontos
Clube LATAM Pass
Clube LATAM PassReceba 1.000 pontos por mês + até 10% de bônus em parceiros
Seguro Viagem
Seguro ViagemAté 69% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.