fbpx

Seria esse o novo turboélice da Embraer?

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Através da sua conta oficial no Twitter, a Embraer divulgou uma imagem do que poderia ser o seu novo modelo de aeronave. A expectativa é de um avião comercial turboélice, que a fabricante não produz desde o começo dos anos 2000, com o modelo EMB-120 Brasília.

Embraer turboélice

Lembrando que em janeiro desse ano, a Reuters publicou que a Embraer estava em estágio avançado de análise para lançamento de um turboélice, que seria desenvolvido em parceria com a Boeing. O avião seria do mesmo tamanho, ou maior do que o ATR-72, que possui 70 lugares.

Na ocasião, o presidente-executivo da divisão de aviação comercial da Embraer, John Slattery, disse à Reuters: “O turboélice fica dentro de nosso mercado alvo, que sempre fomos claros em dizer que é abaixo de 150 lugares, e terá uma adjacência natural com a família E2″, disse ele, referindo-se à família de jatos regionais de 80 a 120 lugares da Embraer. “O estudo do modelo de negócios está indo bem“.

Mas vale ressaltar que na época o executivo destacou que o projeto só deveria sair do papel através da parceria com a Boeing. Slattery disse que “o volume de recursos necessários para uma nova aeronave comercial é de uma ordem de magnitude que nós simplesmente não temos apetite para desenvolver fora do ambiente da joint-venture (com a Boeing)”. Finalizou dizendo “Sem joint-venture, sem turboélice”.


Fim da parceria com a Boeing

Como sabemos, em abril deste ano, a Boeing anunciou a rescisão do Contrato de Transações Mestre (Master Transaction Agreement-MTA) com a Embraer pelo qual as empresas buscavam estabelecer um novo patamar de parceria estratégica. As partes planejavam criar uma joint venture composta pelo negócio de aviação comercial da Embraer e uma segunda joint venture para desenvolver novos mercados para a aeronave de transporte aéreo médio e mobilidade C-390 Millenium.


Novo turboélice da Embraer?

Conforme publicado pela revista IstoÉ Dinheiro, na última quinta-feira, o vice-presidente de marketing da aviação comercial, Rodrigo Silva e Souza, em entrevista ao podcast Airfinance Journal Week, apresentou detalhes dos planos da fabricante brasileira para a aviação comercial para o pós-pandemia.

Entre as novidades está a previsão de uma aeronave voltada para o mercado regional, com capacidade para menos de 100 assentos. Um dos destaques do modelo poderá ser o uso de novas tecnologias de propulsão, inclusive com um motor híbrido-elétrico. Ele chegaria ao mercado para competir com o ATR, do consórcio franco-italiano que tem a Airbus como uma das sócias.

O entusiasmo em tentar descobrir o que a Embraer vem planejando surgiu após um tweet da fabricante. Nele é possível ver uma imagem de uma possível nova aeronave, mas como a própria imagem diz, a arte é apenas ilustrativa. Veja o tweet da fabricante abaixo:


Qual sua opinião? Vem novo avião da Embraer por aí?

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.