fbpx

Singapura proibirá entrada de visitantes e de passageiros em conexão

Notícias

Por Dérek Arakaki

O governo de Singapura proibirá a entrada de visitantes de todo o mundo a partir de amanhã (24). A medida vale também para passageiros que estiverem apenas em conexão pelo Aeroporto de Changi. A cidade-estado adotou a medida para evitar novos casos importados de COVID-19.


Comunicado do Ministério da Saúde de Singapura

Confira abaixo o comunicado divulgado:

Tendo em vista o aumento no risco de casos de importação do COVID-19 para Singapura, agora, todos os visitantes de curto prazo não poderão entrar ou realizar transito por Singapura. Isso também tem como objetivo economizar recursos, para que possamos focar nos singapurianos.

Anteriormente, com exceção de alguns países, visitantes de curto prazo de outros lugares eram autorizados a entrar em Singapura, porém recebiam um aviso para permanecer em casa, Stay-Home Notice (SHN), por 14 dias ao desembarcarem. Isso significava, no entanto, que recursos estavam sendo gastos para servir e cumprir os SHNs e, se adoecessem, para fornecer tratamento médico. Ontem, ainda houveram 533 visitantes de curto prazo chegando em Singapura.

Houve um aumento ainda mais acentuado nos casos em todo o mundo e a expansão está cada vez maior. Até o momento, existem mais de 260.000 casos de COVID-19 em 185 países e cerca de 11.200 mortes. Em Singapura, quase 80% de nossos novos casos de COVID-19 nos últimos três dias foram importados, a maioria deles residentes de Singapura e portadores do passe de longo prazo (Long Term Pass), voltando para casa do exterior. Esses casos importados tinham históricos de viagens para 22 países diferentes.

Proibição de entrada ou trânsito em Singapura para todos os visitantes de curta duração, com entrada limitada para portadores do passe de trabalho

A partir de 23 de março de 2020, às 2359 horas, todos os visitantes de curta duração (de qualquer lugar do mundo) não poderão entrar ou realizar transito por Singapura. Além disso, o Ministério do Trabalho (Ministry of Manpower – MOM) só permitirá a entrada/retorno de portadores de passe de trabalho, incluindo seus dependentes, para aqueles que prestam serviços essenciais, como assistência médica e transporte.

Como anunciado anteriormente, todos os cidadãos de Singapura, residentes permanentes e portadores de passe de longo prazo (Long Term Pass) que retornam a Singapura receberão um Stay-Home Notice (SHN) de 14 dias. As pessoas com SHN devem permanecer em seu local de residência o tempo todo.

O Comitê Especial de Trabalho Cingapura-Malásia concordou que os malaios com permissão de trabalho em Singapura continuarão trabalhando durante esse período, com acomodação adequadas. O transporte de todos os tipos de mercadorias entre a Malásia e Singapura também será facilitado. As discussões no Comitê estão em andamento.

As medidas de controle de fronteira de Singapura em relação ao COVID-19 estão resumidas no anexo.

Como as medidas de Singapura estão sendo ajustadas de acordo com a evolução da situação global, os singapurianos devem consultar o site do Ministério da Saúde (https://www.moh.gov.sg/covid-19) para verificar as informações mais recentes.


Mesmo com todas as ações feitas no Aeroporto de Changi para combater o COVID-19, o governo de Singapura opta por restringir a entrada de visitantes após verificar um aumento nos casos importados. Na situação atual, todo cuidado deve ser tomado para evitar a disseminação do vírus.

Alguém com viagem ou conexão em Singapura será impactado?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.