fbpx

Tailândia agora permite que turistas cumpram a quarentena a bordo de um iate

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Em tentativa de impulsionar o turismo local, o governo da Tailândia está permitindo que turistas cumpram com a quarentena obrigatória a bordo de um iate. A ideia é de lançar pulseiras inteligentes como uma ferramenta de monitoramento de saúde para turistas durante o período de quarentena nos iates.

Iate Taillândia

O programa de quarentena em iates foi anunciado no início desta semana pela Agência de Promoção da Economia Digital (Depa) do governo, que está trabalhando em parceria com o grupo de telecomunicações Advanced Info Service (AIS) e a Thai Yacht Business Association. A iniciativa Digital Yacht Quarantine estipula que os turistas poderão passar a quarentena em um iate ou pequeno navio de cruzeiro em Phuket, desde que apresentem prova de um teste de coronavírus negativo.

Os participantes serão obrigados a usar a pulseira, que pode transmitir informações mesmo no mar em um raio de 10 km. O dispositivo monitorará dados de saúde, como temperatura e pressão arterial, e também rastreará a localização do usuário por GPS. Além disso, caso precise de ajuda ou assistência, o turista pode enviar um sinal de emergência através da pulseira.


Afrouxamento das restrições de viagem

A Tailândia está se preparando para dar o seu maior passo no que diz respeito ao afrouxamento de restrições de viagem desde o início da pandemia. Segundo a Reuters, a partir de abril o país vai reduzir sua quarentena obrigatória de 14 para 7 dias para quem foi vacinado e para 10 dias para quem ainda não recebeu um dos imunizantes disponíveis no mercado.

Para mais informações, acesse este post.


A Tailândia precisa muito que o turismo volte para contribuir com a economia do país. De acordo com Nuttapon Nimmanphatcharin, presidente da Depa, Phuket, um dos destinos preferidos dos turistas no país, perdeu mais de 320 bilhões de baht (R$60,8 bi) em 2020 como resultado da pandemia. Com a iniciativa, o governo espera que a iniciativa gere 1,8 bilhão de baht (R$342 milhões) em receita, com a expectativa de que 100 iates participem do programa trazendo de 300 a 500 turistas ao país asiático.

Alguém pensa em visitar a Tailândia? Mais informações neste link.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.