fbpx

United oferece testes gratuitos de COVID-19 em voos de Nova York para Londres

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A United Airlines anunciou um projeto piloto em que oferece testes de COVID-19 gratuitos para passageiros em voos transatlânticos. De 16 de novembro a 11 de dezembro, a companhia aérea oferecerá testes rápidos gratuitamente para todos os passageiros com mais de 2 anos e membros da tripulação a bordo de voos selecionados do Aeroporto Internacional Newark Liberty (EWR) para London Heathrow (LHR). Quem não quiser fazer o teste, será colocado em outro voo, garantindo que todos a bordo, exceto crianças menores de dois anos, terão o teste negativo antes da partida.


Sobre o projeto piloto

A United contará com a colaboração da Premise Health, que administrará o programa piloto. O teste será aplicado nos passageiros que viajam no voo UA14 da United, com partida às 19h15, segundas, quartas e sextas-feiras. É necessário marcar hora para realizar o teste, que serão realizados em um espaço no Newark United Club próximo ao Portão C93. A companhia recomenda que o agendamento ocorra pelo menos três horas antes do voo.

Testes sendo realizados no aeroporto de San Francisco

A United informou que vai compartilhar os feedbacks dos clientes sobre esse projeto piloto com os governos de ambos os lados do Atlântico para demonstrar ainda mais a eficácia desses programas como uma alternativa às quarentenas obrigatórias ou restrições de viagens.

A United viu um impacto positivo na demanda de viagens e aumentos significativos nas taxas de ocupação e receita quando as opções de teste estão disponíveis, como foi o caso dos voos de San Francisco ao Havaí, em que foi disponibilizada a opção de fazer o teste rápido no aeroporto.

O programa permite que os clientes com resultado negativo ignorem a obrigatoriedade de quarentena no Havaí e aproveitem seu tempo nas ilhas mais cedo. Nos primeiros 10 dias, de 15 a 25 de outubro, os voos de São Francisco para o Havaí tiveram um aumento de quase 95% no número de passageiros em comparação com o período de duas semanas anterior.

A United acredita que essas tendências positivas ilustram uma demanda forte e reprimida por viagens, a vontade dos clientes em realizar os testes de COVID-19 antes do embarque e a importância desses programas como meio de abrir fronteiras.


Comentário

Ótima iniciativa da companhia, principalmente por oferecer os testes de forma gratuita, o que pode atrair uma demanda ainda maior para os voos. Antes da pandemia, a United tinha seis voos diários entre Nova York/Newark e Londres, operados por um Boeing 767-300ER, que representava o maior número de frequências entre as companhias aéreas americanas.

Vamos aguardar de o projeto piloto será expandido para outras rotas da companhia.

Para saber mais sobre o projeto clique aqui

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.