fbpx

Valendo! Taxas de embarque internacional de aeroportos brasileiros estão cerca de 50% mais baratas

Notícias

Por Lorenzo Firmino

Em setembro de 2019 publicamos que o governo estava estudando o fim da taxa adicional de embarque para voos internacionais (que tinha o valor de US$18) – informação que foi posteriormente confirmada pelo Ministro da Infraestrutura. A medida – que entraria em vigor em 2020 – foi postergada para a última sexta-feira (01 de janeiro de 2021). Testamos o sistema de compras de companhias aéreas e programas de fidelidade para saber se tal isenção já está sendo repassada aos consumidores.


A taxa

A taxa adicional de embarque (pouco mais de R$90 na cotação do dólar de hoje) foi criada em 1999, pelo governo de Fernando Henrique Cardoso e era parte da tarifa internacional de embarque. Quando criada, serviu para reduzir a dívida pública. Posteriormente foi usada para financiar melhorias na infraestrutura aeroportuária. Segundo o G1, em 2017 rendeu R$ 564,7 milhões ao Fundo Nacional de Aviação Civic (FNAC) e, em 2018, R$ 704,5 milhões.


Simulações de compra: programas de fidelidade

Veja abaixo simulações de emissões de passagens por milhas/pontos que fizemos em programas de fidelidade nacionais.

Programa de fidelidade: LATAM Pass
Taxa adicional de embarque internacional (US$18):
não está cobrando

Observe que a taxa de embarque do trecho São Paulo (GRU) x Londres (LHR) está custando R$57,42. Este valor era mais de 50% mais caro com até então taxa adicional de embarque para voos internacionais.

Programa de fidelidade: Smiles
Taxa adicional de embarque internacional (US$18): não está cobrando

Observe que a taxa de embarque do trecho São Paulo (GRU) x Paris (CDG) também está custando R$57,42. Este valor era mais de 50% mais caro com até então taxa adicional de embarque para voos internacionais.

Programa de fidelidade: TudoAzul
Taxa adicional de embarque internacional (US$18):
não está cobrando

Observe que a taxa de embarque do trecho Campinas (VCP) x Lisboa (LIS) está custando R$54,77 (valor levemente inferior da taxa de embarque do Aeroporto Internacional de Guarulhos). Este valor era mais de 50% mais caro com até então taxa adicional de embarque para voos internacionais.


Simulações de compra: companhias aéreas

Veja abaixo simulações de compra de passagens que fizemos em companhias aéreas nacionais.

Companhia aérea: Azul
Taxa adicional de embarque internacional (US$18): não está cobrando

Observe que a taxa de embarque do trecho Campinas (VCP) x Lisboa (LIS) está custando R$54,77. Este valor era mais de 50% mais caro com até então taxa adicional de embarque para voos internacionais.

Companhia aérea: LATAM
Taxa adicional de embarque internacional (US$18):
não está cobrando

Observe que a taxa de embarque do trecho São Paulo (GRU) x Londres (LHR) está custando R$57,42. Este valor era mais de 50% mais caro com até então taxa adicional de embarque para voos internacionais.

Companhia aérea: GOL
Taxa adicional de embarque internacional (US$18):
não está cobrando

Observe que a taxa de embarque do trecho São Paulo (GRU) x Santiago (SCL) também está custando R$57,42. Este valor era mais de 50% mais caro com até então taxa adicional de embarque para voos internacionais.


Por que a taxa de embarque da minha passagem está cara?

Como vimos nos exemplos acima a taxa de embarque internacional de aeroportos brasileiros está custando em torno de R$50. Porém, em casos específicos este valor pode ser [muito] mais caro. Isso se deve ao país de destino.

Observe abaixo que a taxa de embarque do trecho São Paulo (GRU) x Cidade do México (MEX) está custando R$211,91 – o que supera com folga o valor de R$57,42 cobrado pela GRU Airport para voos internacionais que decolam do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Ao desmembrarmos esta tarifa no ITA Matrix observamos que a taxa pelo embarque em Guarulhos continua sendo de R$57,42 – contudo, o México cobra uma taxa adicional de R$154,49. Somadas, chegamos ao custo de R$211,91 (que é o valor repassado ao consumidor por companhias aéreas e programas de fidelidade).


Comentário

Felizmente, todos os programas de fidelidade e companhias aéreas nacionais listados neste post estão repassando ao consumidor o novo valor (isso é, sem a taxa adicional de embarque internacional de US$18).

No Aeroporto Internacional de Guarulhos isso representa uma redução de 55% (de R$128,45 para R$57,42) na taxa de embarque internacional. É válido lembrar que essa porcentagem muda de aeroporto para aeroporto (já que cada um tem sua precificação) – porém, a redução foi geralmente de mais de 50% em todos eles.

Em um cenário pós-COVID essa medida deverá ajudar companhias aéreas low costs a se estabilizarem no Brasil – como a argentina Flybondi e as chilenas Sky Airline e JetSmart – além de incentivar novas entrantes. Em voos para países vizinhos a taxa adicional de embarque internacional chegava a representar 20% do custo total do bilhete.

Quem já emitiu passagens internacionais com os novos valores de taxas de embarque?

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.