fbpx

Curioso! LATAM está voando com o B767 entre São Paulo e Brasília

Notícias

Por Dérek Arakaki

Hoje estava pesquisando passagens e reparei algo curioso! Um voo entre São Paulo e Brasília, com menos de 2 horas de duração, programado para ser operado com um Boeing 767 da LATAM, uma aeronave de grande porte.

As aeronaves de grande porte, também conhecidas como wide-body, são aqueles modelos que possuem dois corredores. Essas aeronaves costumam operar rotas mais longas e geralmente são utilizadas em voos internacionais. Apesar disso, há algumas operações pontuais com essas aeronaves dentro do Brasil e nesse momento de otimização de frota, tanto a Azul quanto a LATAM tem realizado mais voos com esses modelos dentro do país.

Veja abaixo o voo do próximo dia 30 de abril, entre São Paulo e Brasília, que está programado para ser operado com um B767.

Resolvi pesquisar mais afundo para verificar se foi algo pontual ou se está ocorrendo com mais frequência. No dia 21 de abril também houve uma operação com o B767 entre as cidades:

Achei bem curioso, já que aeronaves de grande porte não costumam realizar voos entre essas cidades. Decidi então verificar os voos de outras aeronaves wide-body das companhias brasileiras!


As aeronaves wide-body das companhias brasileiras

Antes de começar, vou listar abaixo as aeronaves wide-body que as companhias aéreas nacionais possuem.

  • Azul:

A Azul possui dois modelos de aeronave wide-body em sua frota, ambos variações do A330. Além dos A330-200, a companhia também possui os novos A330-900neo.

  • GOL:

A GOL é a única das companhias nacionais que não possuí aeronaves de grande porte em sua frota, ou seja, opera seus voos apenas com aeronaves narrow-body, aqueles modelos de corredor único.

  • LATAM:

Já a LATAM Brasil (não vou considerar as demais operações do grupo), possui três modelos de aeronaves wide-body, sendo dois deles da Boeing (Boeing 767-300 e o Boeing 777-300) e um da Airbus (A350-900).


Aeronaves grandes em rotas domésticas

Apesar do principal uso dessas aeronaves ser em rotas internacionais, as companhias brasileiras têm os utilizado em algumas rotas domésticas de forma pontual quando necessário.

Azul:

Com certa frequência é possível encontrar voos da Azul entre seus hubs de Campinas (VCP) e Recife (REC) com aeronaves de grande porte. Inclusive eu cheguei a participar do primeiro voo comercial do A330neo da companhia justamente entre essas cidades.

LATAM:

Já a LATAM também utiliza suas aeronaves de grande porte de forma pontual em voos pelo Brasil, geralmente entre São Paulo e alguns destinos no Norte e Nordeste, como Manaus, Recife e Fortaleza.

Inclusive, por serem aeronaves maiores que contam com classe executiva, a companhia estava liberando a seleção desses assentos como Assentos LATAM+ no final do ano passado. Tentei realizar a marcação desses assentos durante uma pesquisa no dia de hoje, mas eles estavam bloqueados para seleção.


Rotas sendo operadas com aeronaves de grande porte

Agora sim, vamos a análise das rotas que estão sendo operadas com aeronaves de grande porte. Vale lembrar que essas operações são pontuais, além disso, os voos estão sujeitos a mudanças de aeronaves.

Para identificar as rotas, pesquisei os voos realizados nos últimos 7 dias e os programados em datas próximas de cada matrícula de aeronave de grande porte das companhias.

Azul

  • A330neo (PR-ANY)

A companhia operou voos entre Campinas e Recife nos últimos dias, além de novos voos programados entre as cidades em datas próximas.

LATAM

  • Boeing 767-300 (PT-MOD)

A companhia tem utilizado essa aeronave apenas em operações domésticas, realizando voos entre São Paulo e Fortaleza, Manaus, Salvador e Brasília (curioso esse último).

  • Boeing 767-300 (PT-MSO)

A companhia também tem utilizado essa aeronave apenas em operações domésticas, realizando voos entre São Paulo e Manaus e São Paulo e Recife.

  • Boeing 767-300 (PT-MSS)

A companhia também tem utilizado essa aeronave apenas em operações domésticas, realizando voos entre São Paulo e Belém, Manaus, Recife, Fortaleza e Brasília.

  • Boeing 767-300 (PT-MSV)

A companhia realizou dois voos apenas com essa aeronave nos últimos dias, entre São Paulo e Salvador.

  • Boeing 767-300 (PT-MSW)

A companhia tem programado voos com essa aeronave nos próximos dias, entre São Paulo e Belém.

  • Boeing 767-300 (PT-MSY)

A companhia também tem utilizado essa aeronave apenas em operações domésticas, realizando voos entre São Paulo e Belém, Manaus, Recife, Fortaleza, Salvador e Brasília.

  • Boeing 777-300 (PT-MUC)

A companhia realizou dois voos apenas com essa aeronave nos últimos dias, entre São Paulo e Recife. Essa é uma das aeronaves que já conta com a nova classe executiva da companhia.


Comentário

Curioso ver essas aeronaves de grande porte operando voos domésticos, em especial em rotas mais curtas como entre São Paulo e Brasília. Acredito que muitos desses voos estão sendo otimizados, realizando também o transporte de carga durante a pandemia. Já os voos para o norte e nordeste costumam ser operados com aeronaves maiores com mais frequência.

Para os passageiros é ótimo, já que essas aeronaves maiores costumam oferecer um conforto adicional durante a viagem, principalmente se você tem a possibilidade de ir em um assento de classe executiva.

Aliás, alguém realizou algum voo recente em uma aeronave wide-body dentro do Brasil? Conseguiu selecionar os assentos de classe executiva nesses voos?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.