fbpx

Lufthansa Group volta a operar com 50% de sua frota

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

O Lufthansa Group anunciou que as companhias aéreas do grupo oferecerão a partir do próximo mês mais de 40% de seu programa de voo original, operando com mais de 380 aeronaves (metade de sua frota). A nova programação, que contempla voos até o dia 24 de outubro, está sendo implementada no sistema de reservas hoje (29).

“Pouco a pouco, as fronteiras estão se abrindo. A demanda está aumentando, no curto prazo, mas também no longo prazo. Portanto, estamos constantemente expandindo nossa programação de voos e nossa rede global. Estou satisfeito por oferecemos aos nossos clientes ainda mais conexões com todas as partes do mundo com todas as linhas aéreas do Lufthansa Group através de todos os hubs”, disse Harry Hohmeister, membro do conselho executivo da Deutsche Lufthansa AG.

Segundo a companhia, até o final de outubro, mais de 90% de todos os destinos de curto e médio alcance planejados originalmente e mais de 70% dos destinos de longo alcance do grupo serão atendidos novamente.


Detalhes das operações do Lufthansa Group

Veja abaixo para quais lugares lugares as companhias do grupo voará:

Lufthansa: a empresa vai operar 150 frequências para o continente americano a cada semana do verão/outono através dos hubs de Frankfurt e Munique. Cerca de 90 voos por semana estão planejados para a Ásia, mais de 45 para o Oriente Médio e mais de 40 para a África.

  • Frankfurt: a companhia operará para destinos como Miami, Nova York (JFK), Washington, São Francisco, Orlando, Seattle, Detroit, Las Vegas, Filadélfia, Dallas, Singapura, Seul, Cancun, Windhoek e Ilhas Maurício.
  • Munique: as rotas operadas serão: Nova York/Newark, Denver, Charlotte, Tóquio (Haneda) e Osaka.

A Lufthansa oferece um total de mais de 2.100 conexões semanais em rotas de curto e médio alcance. De Frankfurt, haverão mais 105 destinos e de Munique, cerca de 90. Os seguintes destinos serão retomados antes de outubro:

  • Frankfurt: a companhia espera atender aos destinos de Sevilha, Glasgow, Edimburgo, Santiago de Compostela, Basileia, Linz e outros.
  • Munique: os destinos serão Rodes, Corfu, Olbia, Dubrovnik, Málaga, Faro, Funchal/Madeira e outros.

SWISS: a companhia continuará ampliando seus serviços a partir de Zurique e Genebra nas próximas semanas e meses, adicionando novos destinos à sua rede, além das rotas existentes. A SWISS incluirá 12 novas rotas europeias a partir de Zurique em julho e oferecerá 24 novos destinos europeus a partir de Genebra. A SWISS servirá um total de 11 destinos de longo alcance a partir de Zurique em julho e 17 em outubro.

Austrian Airlines: após encerrar temporariamente as atividades durante a pandemia, a companhia austríaca voará para mais de 50 destinos, a partir de julho.

Eurowings: também está aumentando significativamente sua programação, planejando retomar 80% de sua rede durante o verão europeu. Após o fim das restrições de viagem, o interesse em destinos de férias como Itália, Espanha, Grécia e Croácia, em particular, está crescendo rapidamente. É por isso que a Eurowings voará de 30 a 40% de sua capacidade no mês de julho.

Brussels Airlines: a companhia também vai expandir sua oferta de voos. Em setembro e outubro, a transportadora planeja operar 45% de sua programação original.


Com a retomada gradual dos voos, o frupo afirmou seu compromisso com a saúde e a segurança dos clientes e tripulantes. Por esse motivo, todos os procedimentos feitos em todas as etapas da viagem continuarão sendo revisados ​​para garantir a segurança de todos.

Para dar a seus clientes o máximo de flexibilidade na crise da coroa, as companhias aéreas do Lufthansa Group continuam oferecendo inúmeras opções de remarcação. Saiba mais sobre a política nesse post.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.