fbpx

Lufthansa vai utilizar o Airbus A350 no seu hub em Frankfurt

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Lufthansa informou que, durante o seu cronograma de inverno (que vai até o final de março de 2021), utilizará quatro Airbus A350-900, que atualmente estão estacionados em Munique, nas operações em seu hub de Frankfurt.

Nos próximos meses, o A350-900 vai ser utilizado nas rotas para Chicago e Los Angeles a partir de Frankfurt, substituindo temporariamente o Boeing 747-8 neste período. A partir de dezembro, a aeronave também voará de Frankfurt para Tóquio/Haneda, substituindo o Airbus A340-300.


Avião mais eficiente mas sem Primeira Classe

A troca do Boeing 747-8 pelo A350, por mais que represente um ganho de eficiência, acaba oferecendo uma experiência inferior para os passageiros, principalmente pelo modelo da Airbus não oferecer Primeira Classe. Com isso, a melhor opção de cabine premium oferecida passa a ser a Executiva, em um layout 2-2-2 com pouca privacidade.

Aliás, nós já voamos na Classe Executiva do A350 no voo inaugural da rota entre São Paulo e Munique no ano passado, confira os reviews:


Sobre o A350-900 da Lufthansa

O A350-900 não só oferece aos clientes da Lufthansa um produto novo e mais tecnológico, como também é menos prejudicial ao meio ambiente, sendo mais eficiente e silencioso. Comparado com um Boeing 747-8, o Airbus A350-900 consome cerca de 12% menos combustível e emite menos CO2.

Ao mesmo tempo, ao optar por operar o A350-900 em Frankfurt, a companhia informa que sua frota será utilizada de forma mais eficiente e sustentável nas atuais circunstâncias.

A frota de A350-900 da Lufthansa atualmente abrange 16 aeronaves, todas baseadas em Munique. Devido à forte redução no número de voos oferecidos em função da pandemia do novo coronavírus, apenas sete A350-900 serão utilizados em Munique durante a programação de inverno de 20/21, em rotas para a América do Norte e Ásia.


Curioso esse ajuste da Lufthansa, já que os A350 da companhia ficam de forma fixa no hub de Munique e pela primeira vez serão utilizadas em rotas saindo de Frankfurt. Aliás, todos esses voos serão operados com tripulações da companhia que ficam baseadas em Munique.

Apesar da mudança, outros voos operados com o Boeing 747-8, como para São Paulo, por exemplo, continuam programados com o modelo, ou seja, a Rainha dos Céus segue voando para o Brasil.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.