fbpx

O guia da minha viagem às Maldivas e hospedagem no Pullman Maldives Maamutaa

Guias Notícias

Por Dymitri Leão

Olá querido leitor! Dando continuidade à série de posts sobre a minha mais recente viagem de férias, hoje eu vou relatar a minha experiência nas Maldivas, mostrando o fantástico hotel em que eu me hospedei com a minha esposa e o meu filho (à época com apenas 2 anos e 2 meses), o Pullman Maldives Maamutaa. Trata-se de um hotel 5 estrelas da rede Accor, com o diferencial de operar 100% no regime all inclusive, ou seja, tudo incluído, e o melhor: a hospedagem pode ser paga com pontos do programa de fidelidade da Accor, o Accor Live Limitless – ALL. Isso gerou uma economia enorme na minha hospedagem. Esse hotel foi, sem dúvidas, o melhor da minha viagem e um dos 3 melhores da minha vida, e neste post pretendo mostrar o porquê. 😉

pullman maldivas

Esse review foi o mais pedido pelos leitores no meu instagram particular (@dymitrileao), disparado! Logo, com o objetivo de fazer um review completo para você, irei mostrar não apenas o hotel em si, mas também a chegada e retorno à Malé, capital das Maldivas, e os requisitos imigratórios que eu presenciei quando cheguei ao país em 26 de dezembro de 2020. Tudo bem completo!

Utilize o índice abaixo para navegar facilmente pelo post, caso não deseje ler o texto na ordem proposta.

pular para…

    1. O selo ALLSAFE
    2. Do Brasil às Maldivas
      2.1 Itinerário
      2.2
      Conexão em Londres
      2.3
      Controles imigratórios
      2.4
      Aeroporto de Malé
      2.5
      De Malé até o Pullman Maldives Maamutaa
    3. O hotel
      3.1 Check-in e lobby
      3.2 Quartos
      3.3 Restaurantes e lounges
      3.4 Piscinas e bar The Hub
      3.5 Praias e mar
      3.6 Academia
      3.7 Sala de Jogos
      3.8 Esportes Aquáticos
      3.9 Retorno à Malé
    4. Linkódromo
    5. Vale a pena se hospedar no Pullman Maldives Maamutaa?

1. O selo ALLSAFE

Começo este post de review do Pullman Maldives Maamutaa comentando sobre o importante selo ALLSAFE. Trata-se de um selo desenvolvido pela Accor, que visa oferecer aos hóspedes os mais altos padrões de limpeza e higiene em tempos de pandemia. Esses padrões foram desenvolvidos e avaliados pela Bureau Veritas, líder mundial em testes operacionais, inspeções e certificações. Para receber a certificação ALLSAFE, os hotéis devem cumprir mais de 100 protocolos no total.

Alguns desses protocolos de prevenção e saúde incluem um programa de limpeza reforçado com desinfecção frequente de todas as superfícies, como elevadores e banheiros públicos; limpeza profunda no quarto dos hóspedes com produtos e materiais de limpeza de nível hospitalar, incluindo estofados e carpetes; e limpeza das roupas de cama a altas temperaturas.

Durante a minha estadia no Pullman Maldives Maamutaa, eu encontrei o selo ALLSAFE, garantindo que os procedimentos acima descritos foram auditados e estão sendo seguidos, de acordo com as exigências da OMS.


2. Do Brasil às Maldivas

Como não há voos diretos entre o Brasil e as Maldivas, é necessário realizar pelo menos 1 conexão. Acredito que boa parte dos brasileiros que visitam as Maldivas o fazem através de voos com conexão em Dubai ou Doha, mas há diversas outras opções, dentre as quais a que eu utilizei: conexão em Londres.

2.1 Itinerário

Meu itinerário até chegar às Maldivas contemplou 2 longos voos. O primeiro voo decolou do Aeroporto Internacional de São Paulo – Guarulhos (código IATA: GRU) com destino ao Aeroporto de Heathrow – Londres (código IATA: LHR), no dia 24 de dezembro de 2020, a bordo da classe executiva da British Airways. Em seguida, após uma longa conexão na capital inglesa, segui viagem até o aeroporto de Malé (código IATA: MLE), capital das Maldivas, também a bordo da classe executiva da British Airways.

pullman maldivas

Como o Pullman Maldives Maamutaa não se localiza nos entornos de Malé, é necessário que se pegue um voo de Malé até o aeroporto da Ilha de Kooddoo (código IATA: GKK), localizada ao sul de Malé. Vou comentar a respeito desse aeroporto e voo mais adiante.

2.2 Conexão em Londres

O pouso nas Maldivas ocorreu no dia 26 de dezembro de 2020. Portanto, passei o natal voando e também na sala vip da British Airways em LHR , programa típico de um Aviation Geek, não é verdade? 🙂  Quando eu fizer o review dos voos com a British Airways, mostrarei em mais detalhes como estava o funcionamento dessa sala vip.

Sala vip da British Airways no Aeroporto de Heathrow – Londres

sala vip british airways natal

2.3 Controles imigratórios

Nos controles imigratórios tanto da Inglaterra quanto das Maldivas, além dos nossos passaportes eu apresentei os exames PCR negativos para a COVID-19, feitos no próprio Aeroporto Internacional de São Paulo – Guarulhos no dia 23 de dezembro de 2020. No caso específico das Maldivas, também apresentei o comprovante de vacinação contra Febre Amarela, que é exigido para visitantes de alguns países, entre os quais o Brasil está incluído.

Para saber os requisitos imigratórios dos diversos países, sobretudo os detalhes sobre os exames PCR negativos para a COVID-19, sugerimos a leitura desse post: “O melhor site para você buscar por restrições de viagem durante a pandemia“. Utilizei o Sherpa para verificar que, na época da minha viagem, eu precisaria realizar um exame de PCR para a COVID-19 em até 96h antes do primeiro voo em rota para as Maldivas, no caso o voo de GRU para LHR.

Além disso, as Maldivas exigem o preenchimento de um declaração de saúde no site da imigração do país a partir de 24h da chegada às Maldivas. Logo, fiz o preenchimento dessa declaração durante a conexão em Londres, pois antes de sair do Brasil ainda não estava nessa janela temporal de 24h.

Após preencher cada declaração de saúde das Maldivas, você recebe um QR Code, e ele deve ser apresentado aos funcionários do aeroporto de Malé quando solicitado. Sugiro que, se possível, você o imprima e o guarde juntamente com o seu exame PCR negativo para a COVID-19. Eu, por exemplo, consegui imprimir os nossos QR codes na sala vip da British Airways. Se você fizer o preenchimento no Brasil, o QR code gerado poderá expirar antes do seu pouso nas Maldivas, a depender da conexão do seu voo, então esteja ciente de que você poderá ter que fazer isso durante a conexão.

É importante que você saiba que essa mesma declaração de saúde também deve ser preenchida a partir de 24h da saída das Maldivas. Eu não me atentei a esse fato e tive que preencher na porta do aeroporto, online, e justo naquele momento eu estava sem 4G, porque havia estourado a minha cota. Sem o QR code eu sequer podia entrar no aeroporto! Então, tive que pegar um computador dos funcionários emprestado, e ainda bem que eles foram super solícitos em me ajudar com isso! Não passe pelo mesmo perrengue que eu e preencha a sua declaração de saúde na véspera. 😉

2.4 Aeroporto de Malé

A aproximação até o pouso em Malé é de tirar o fôlego, então recomendo que você tente registrar esse momento. 😉

Aproximação para pouso nas Maldivas, vista a partir de uma janela do lado direito da aeronave

pullman maldivas

Mensagem de boas vindas na parede do aeroporto de Malé

pullman maldivas

Após retirar as malas na esteira do aeroporto, na saída da área segura para o saguão principal do terminal internacional havia vários funcionários de diversos hotéis. Rapidamente identifiquei o funcionário do Pullman Maldives Maamutaa, e a partir dai ele tomou conta de absolutamente tudo! E o que seria esse tudo? Vou explicar a seguir.

Funcionários de diversos hotéis aguardando os futuros hóspedes

Há uma escala de voos da Maldivian, companhia aérea local, entre o aeroporto de Malé e o aeroporto de Kooddoo. Dependendo do horário de chegada do seu voo a Malé (você informa previamente por e-mail o horário estimado de pouso), o hotel buscar fazer o encaixe dos hóspedes no voo mais cedo possível. O funcionário do hotel no aeroporto cuida de todos os trâmites burocráticos para você, inclusive faz o despacho das suas malas.

Ah as malas… A Maldivian só aceita despacho de até 20 Kg por passageiro ok?! O que fazer se você está indo com mais bagagem, como era o meu caso? Simples: há diversos lockers em MLE para que você possa guardar as malas. O próprio funcionário do Pullman Maldives Maamutaa indicou que deixássemos as malas excedentes no terminal doméstico de MLE, ao invés do internacional, afinal isso facilitaria a retirada das malas quando do retorno a Malé pelo voo local da Maldivian. Ele nos levou então para o terminal doméstico e cuidou da guarda das malas com o funcionário do aeroporto. O custo foi de US$5 por mala e por dia, pagos em espécie na volta à Malé.

Funcionário do hotel despachando nossas malas e guardando duas excedentes no locker 

Aproveitei o deslocamento até o terminal doméstico de MLE para comprar também um SIM card na loja da Ooredoo. Consegui um ótimo sinal de 4G durante a minha estadia no país e aprovei o serviço da Ooredoo de modo geral. Escolhi um plano de 17 GB por US$30.

Logo na saída do terminal internacional já se nota a beleza das Maldivas

Excelente sinal 4G da Ooredoo nas Maldivas

Como não conseguimos encaixe no 1º voo que saiu após a nossa chegada a MLE, ficamos aguardando o 2º voo na sala vip da Maldivian, para onde o funcionário do Pullman Maldives Maamutaa nos levou. É uma sala ampla e simples, mas que cumpre o básico e serve refeições de acordo com o horário de chegada à sala. No nosso caso, almoçamos nessa sala vip antes de irmos para o embarque do nosso voo entre MLE e GKK.

Sala vip da Maldivian – Moonimaa Lounge

Almoço no Moonimaa Lounge

2.5 De Malé até o Pullman Maldives Maamutaa

Alguns minutos antes do horário do voo para a Ilha de Kooddoo, o funcionário do Pullman Maldives Maamutaa nos buscou na sala vip a tempo de realizar todos os procedimentos de embarque, ou seja, nota 10! Você não precisa se preocupar com absolutamente nada, ponto positivo! Em seguida, nos dirigimos para o portão de embarque número 7.

O voo com a Maldivian, a bordo de um Dash 8-300 fabricado pela Bombardier, durou aproximadamente 1h.

Dash 8-300 da Maldivian

Interior do Dash 8-300 da Maldivian

Na galeria de fotos acima, inseri como curiosidade um aviso escrito em Dhivehi, um dos idiomas das Maldivas. Não parece taquigrafia? Minha esposa achou muito parecido e eu concordei. 🙂

Ao chegar ao aeroporto da Ilha de Kooddo, as malas são trazidas manualmente pelos funcionários. Não há esteira de bagagens, mas também não é necessário, convenhamos.

Após a retirada das bagagens, fomos levados para uma sala vip anexa ao aeroporto, para aguardar o speed boat até a Ilha de Maamutaa, onde está localizado o Pullman Maldives Maamuta. Quem disse que é fácil chegar ao paraíso, não é mesmo?! Garanto que vale a pena o esforço. 😉

Após alguns poucos minutos aguardando na sala vip, fomos levados em um carrinho de golfe até o deck de onde partiu o nosso speed boat.

A navegação durou aproximadamente 15 min, e então finalmente chegamos ao Pullman Maldives Maamutaa! A felicidade foi indescritível! Na chegada ao deck da Ilha de Maamutaa, fomos recebidos calorosamente pelos simpáticos funcionários do hotel! Foi maravilhosa a nossa recepção. 🙂


3. O hotel

O Pullman Maldives Maamutaa é um dos 8 hotéis da rede Accor nas Maldivas, localizado ao sul da capital Malé, na Ilha de Maamutaa. O hotel foi inaugurado em setembro de 2019 e a área total da sua ilha é de 18 hectares (aproximadamente 180.000 m²). Ou seja: é uma ilha bem grande, se comparada a outras ilhas de hotéis nas Maldivas. Percorrê-la a pé dá um trabalhinho, mas há bicicletas e carrinhos de golfe para ajudar nos deslocamentos. 😉

Bicicletas que podem ser alugadas no Pullman Maldives Maamutaapullman maldivas maldives

Carrinho de golfe no Pullman Maldives Maamutaa

pullman maldivas

O Pullman Maldives Maamuta é tido como o resort all inclusive mais generoso das Maldivas, e eu pude conferir que de fato o sistema all inclusive deles é excepcional! Eu comi e bebi o que eu quis, e tudo de muita qualidade e o melhor: sem limitações!

Nos subtópicos a seguir, falarei mais detalhadamente sobre o check-in e lobby, quartos, piscinas, restaurantes, academia e outros ambientes do hotel. Antes disso, deixo para referências futuras esse fantástico vídeo institucional do Pullman Maldives Maamutaa e digo: as imagens desse vídeo são reais e mágicas assim como exibido, pois eu pude conferir ao vivo. 🙂

3.1 Check-in e lobby

Na chegada ao lobby do hotel, fomos recebidos com sucos refrescantes e fizemos o check-in sentados no sofá, na maior tranquilidade possível. Foi de fato o check-in mais tranquilo da minha vida. O clima realmente é de muito sossego e desaceleração das correrias do dia a dia, afinal eu estava no paraíso, certo? 🙂

Concluído o check-in, fomos de carrinho de golfe até a nosso tão sonhado bangalô sobre as águas! Inclusive, por ser um cliente Gold no ALL, programa de fidelidade da Accor, eu consegui um belíssimo upgrade de bangalô! Originalmente, eu havia reservado um bangalô de 160 m² sem piscina privativa, e me concederam upgrade para um bangalô de 165 m² com piscina privativa. Fantástico! Somente esse upgrade valia aproximadamente 1.500 euros nas datas em que estive no hotel. Te amo Accor, e muito obrigado. 😉

O funcionário que nos levou de carrinho de golfe até o nosso bangalô nos perguntou se poderia fazer um pequeno tour conosco ao longo do caminho, e nós prontamente dissemos que sim! Vejam o pôr do sol belíssimo nas Maldivas, que presenciamos durante o nosso tour de chegada ao Pullman Maldives Maamutaa.

Pôr do sol das Maldivas, visto a partir da praia central do Pullman Maldives Maamuta

pullman maldivas maldives

3.2 Quartos

São 122 “quartos” no total, que na verdade eu poderia chamar de casas, pois são bem grandes. Na denominação do hotel, essas “casas” são conhecidas como villas, e há algumas sobre as águas (Ocean Villas) e outras na praia (Beach Villas).

Beach Villa de frente para o mar

pullman maldivas maldives

Ocean villa com 1 quarto e piscina privativa

pullman maldivas maldives

Ocean villa com 2 quartos e piscina privativa pullman maldivas maldivesInclusive há 2 exclusivas Aqua Villas, que possuem quarto submerso, ou seja, você pode ver a vida marinha através da parede de vidro do quarto! Fantástico, não acha?! Veja abaixo 2 imagens incríveis das Aqua Villas.

Que tal contemplar a vida marinha através da parede de vidro?

pullman maldivas maldives

Snorkel de frente à Aqua Villa

pullman maldivas maldives

Nós ficamos hospedados numa Ocean villa de 165 m² com piscina privativa. Veja abaixo a nossa chegada ao nosso querido e amado bangalô! 🙂

Ocean villa nº 404

pullman maldivas maldives

Sofá com vista para o mar e piscina privativa

pullman maldivas maldives

Presentes de boas vindas

pullman maldivas maldives

Adoramos a mensagem de boas vindas, principalmente isso: Our world is your playground 😉

pullman maldivas maldives

Cama de casal e cama de solteiro, além de mensagem de boas vindas sobre o lençol

pullman maldivas maldives

Piscina privativa

pullman maldivas maldives

Piscina privativa de borda infinita com vista para o mar

pullman maldivas maldives

Piscina iluminada à noite

pullman maldivas maldives

Área de relaxamento com vista para o mar

pullman maldives maamutaa

Área de relaxamento e vista do quarto

pullman maldives maamutaa

Escada que dá acesso ao mar diretamente a partir do bangalô

pullman maldives maamutaa

Perceba que nessa foto do quarto, há uma parte do piso que é feita de vidro, em frente ao sofá. Com isso, você pode ver os peixes embaixo do bangalô. 😉

pullman maldives maamutaa

Veja em detalhes a vista do piso de vidro. Vimos vários peixes através desse vidro e o meu filho particularmente amou!

pullman maldives maamutaa

Banheiro bastante amplo, localizado aos fundos do bangalô

pullman maldives maamutaa

Na foto a seguir, perceba que de frente para o chuveiro há uma rede, que também fornece uma vista para o mar e, consequentemente, dos peixes que nadam abaixo do bangalô.

pullman maldives maamutaa

Vaso sanitário e pia

pullman maldives maamutaa

Teto em detalhes, com ventilador de teto, embora também haja ar condicionado

pullman maldives maamutaa Caminho iluminado para os bangalôs, à noite

pullman maldives maamutaa

Eu simplesmente amei a minha Ocean Pool Villa! Além de tudo que mostrei acima, o hotel também reabastece o seu frigobar até 1 vez por dia, sob solicitação! Vejam o que está incluído no quarto sem qualquer custo adicional.

O que você achou? O all inclusive do Pullman Maldives Maamutaa é ou não de fato muiiiito generoso? Imagina você poder consumir tudo isso 2 vezes por dia sem qualquer custo adicional! Imaginou? Pois bem, e isso é porque eu apenas comecei o relato sobre comidas e bebidas. 🙂  De fato, esse é o grande diferencial de um hotel all inclusive nas Maldivas, na minha opinião: não passar vontade!

Antes de passar para o tópico referente aos restaurantes do Pullman Maldives Maamutta, deixo você com mais uma foto da piscina de borda infinita do bangalô e uma cerveja do Sri Lanka que eu adorei, principalmente por causa do nome, por quê será? 😉

pullman maldives maamuta

Cerveja Lion do Sri Lanka

pullman maldives maamuta 
3.3 Restaurantes e lounges

O Pullman Maldives Maamutaa possui 3 restaurantes:

      • Phat Chameleon, de culinária vegetariana e que funciona apenas no jantar;
      • Souq Oven, servindo café da manhã alternativo e saudável, culinária italiana no almoço e culinária do oriente médio no jantar;
      • Mélange, de culinária internacional.

Dos restaurantes citados acima, não frequentei o Phat Chameleon. Uma curiosidade sobre esse restaurante é que ele é dito ser o primeiro restaurante vegetariano e vegano das Maldivas.

O Mélange possui várias estações com diferentes tipos de culinária, e como não poderia deixar de ser em um hotel all inclusive, você pode comer o que quiser e quantas vezes quiser. Frequentei esse restaurante por diversas vezes, seja no café da manhã, almoço ou jantar, e gostei muito de tudo que comi. Acho que a característica mais marcante desse restaurante é a fartura!

pullman maldives maamutaa

Abaixo, selecionei algumas fotos com opções de comida do Mélange, separado em café da manhã e almoço/jantar.

Café da manhã

Almoço e jantar

O Souq Oven é um restaurante a la carte que exige reserva para o jantar, com temática árabe. No almoço, com temática italiana/mediterrânea, você não precisa reservar uma mesa. Para conferir o cardápio do Souq Oven tanto para o almoço quanto para o jantar, clique aqui.

pullman maldives maamuta

Eu frequentei o Souq Oven apenas no horário do almoço e foi fantástico! Aproveitei para tomar vinhos e espumantes à vontade, saboreando diversos pratos, todos excelentes, sem exceções. Veja na galeria de fotos abaixo alguns dos pratos que nós experimentamos durante os almoços no Souq Oven.

 

Há uma vasta seleção de bebidas à disposição no Souq Oven. Basta que você escolha o que quer beber.

No ambiente anexo ao Souq Oven, encontra-se o lounge do nascer do sol, chamado de Sol Rising. Como o próprio nome sugere, esse é o lounge do nascer do sol, bem próximo ao bangalô no qual eu estava hospedado, que era virado para o lado do nascer do sol.

Apesar do nome, o lounge também fica aberto à noite e é muito agradável em qualquer horário, conforme você pode perceber pelas fotos abaixo. A piscina do lounge também tem borda infinita e vista para o mar.

Nesse lounge é servido um café da manhã a la carte e diferenciado, com opções menos industrializadas e inclusive ingredientes requintados. Havia até mesmo caviar, conforme vou mostrar!

Você pode conferir o cardápio do café da manhã do Sol Rising clicando aqui. Veja abaixo algumas fotos que tiramos durante alguns cafés da manhã nesse lounge, com destaque para o bagel com salmão defumado e caviar. Eu não disse que o all inclusive do Pullman Maldives Maamuta era espetacular? 😉

Por fim, mas de forma alguma menos importante, há também o lounge do pôr do sol, chamado de Saffron Affair. Nesse lounge você terá a oportunidade de admirar o maravilhoso pôr do sol das Maldivas deitado em uma rede sobre o mar! Veja as fotos a seguir e tire a sua própria conclusão. 🙂

pullman maldives maamuta

No Saffron Affair, há uma seleção enorme de bebidas. Tem até Johnnie Walker Blue Label! Já te disse que o Pullman Maldives Maamutaa é all inclusive, certo? 😉

Há também uma seleção de petiscos e doces à disposição, além de mesa de sinuca.

3.4 Piscinas e bar The Hub

Além da piscina privativa do nosso bangalô e da piscina do Sunrise Lounge, nós também frequentamos mais duas: a piscina central do Pullman Maldives Maamutaa, que fica em frente ao restaurante Mélange, e também a piscina do parque aquático infantil.

 

Perceba que na última foto da galeria acima, há 2 cuidadoras do hotel brincando com as crianças. Alguns pais deixam seus filhos brincando nessa área infantil com a supervisão de funcionários do hotel.

Há um bar ao lado da piscina central, chamado The Hub, no qual você pode pedir lanches e bebidas durante o dia e à vontade, afinal o hotel é all inclusive. Abaixo, mostro alguma opções de lanches que fizemos no The Hub.

3.5 Praias e mar

As praias e o mar das Maldivas são belíssimos e isso acho que você já está cansado de saber, não é mesmo?! Para não “chover no molhado”, vou deixar direto algumas fotos bonitas das praias do Pullman Maldives Maamutaa, ok? 😉

Uma observação que eu faço é que há muitos tubarões na água. Eu vi bastante, em sua maioria os famosos baby sharks, que são filhotes. Confesso que eu tenho medo, mas eu entrei na água mesmo assim, afinal de contas ir para um paraíso tão longe e não entra na água é pecado. rsrsrs

Acho que nós estávamos felizes lá nas Maldivas…. O que você acha? 🙂

pullman maldives maamuta

3.6 Academia

A academia do hotel possui um tamanho razoável e é bem equipada. Para quem quer manter a rotina de exercícios físicos ou para aqueles que se sentiram culpados por comer tantas sobremesas maravilhosas, a academia do hotel dá conta do recado. 🙂

pullman maldives maamuta

3.7 Sala de jogos

Em frente à academia, o Pullman Maldives Maamutaa possui uma sala de jogos equipada com pembolim, video games, lançamento de dardos e o destaque: um simulador de golfe! Confesso que eu achei que era mais fácil jogar golfe, mas eu não consegui jogar nesse simulador e descobri que sou uma negação para esse esporte kkkk Talvez você tenha mais habilidade que eu, quem sabe? 🙂

3.8 Esportes Aquáticos

O Pullman Maldives oferece gratuitamente esportes aquáticos não motorizados. Caso você deseje por exemplo alugar um jetski, você pode, e o melhor: como é um serviço oferecido pelo próprio hotel, e não por terceiros, é possível utilizar pontos do programa de fidelidade ALL para pagar pelo passeio de jetski. Acho fantástica essa versatilidade dos pontos do ALL!

3.9 Retorno à Malé

O Pullman Maldives Maamutaa providenciou que o exame PCR fosse realizado no bangalô onde estávamos hospedados, e o resultado ficou pronto no dia seguinte, ao custo de US$100 por pessoa. Com o teste negativo em mãos, pegamos um speedboat de volta para Kooddoo e de lá retornamos a Malé em um voo da Maldivian, tal qual o voo da ida.


4. Linkódromo

Como este post faz parte de uma série sobre a minha viagem recente para as Maldivas, Dubai e Egito, criei esta seção chamada de “Linkódromo”, para consolidar todos os posts desta série. Abaixo, deixo os links para os post já publicados.


5. Vale a pena se hospedar no Pullman Maldives Maamutaa?

Passei momentos realmente mágicos no Pullman Maldives Maamutaa e pretendo voltar algum dia. Esse hotel já entrou com louvor na lista dos melhores hotéis da minha vida, por toda a sua estrutura, excelentes comidas, opções de lazer e atendimento. O fato de ser um hotel all inclusive e poder ser pago com pontos do ALL foram fatores cruciais para a minha escolha de hospedagem nas Maldivas, sem contar que o hotel é baby friendly e há várias famílias com bebês e crianças maiores.

Todos os funcionários foram muito educados e solícitos em cada demanda. O upgrade de quarto concedido foi o ponto alto da nossa hospedagem, e também os presentes de boas vindas no quarto, demonstrando todo o carinho e gentileza com que a equipe do hotel nos recebeu.

Sugerimos a leitura do post a seguir para entender as nuances do ALL e como o utilizei na minha viagem para maximizar as experiências enquanto minimizava os custos:  “Maldivas, Dubai e Egito – escolha de hotéis“.

Você já se hospedou ou tem planos de conhecer o Pullman Maldives Maamutaa? Para mais informações sobre o hotel, clique aqui.

Eu fiz muitos stories no meu instagram durante essa viagem, e praticamente todos estão salvos nos destaques. Caso tenha interesse, basta acessar o meu perfil particular no instagram: @dymitrileao.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.