fbpx

Primeira Classe da Qantas no A380 – Melbourne (MEL) para Singapura (SIN)

Avaliações Cias Aéreas Primeira Classe

Por Fábio Vilela

Hora de embarcar! Eu particularmente não estava empolgado, pois já havia viajado na First da Qantas anteriormente e já sabia o que iria encontrar.

Pra quem não sabe, a Qantas só tem cabine de primeira classe nos seus gigantes A380, portanto se você tem interesse em voar, precisa pegar alguma rota operada por ele.

Vôo Qantas QF35  – 19/11/2018
Melbourne (MEL)  Cingapura (SIN)
Assento: 5K – Primeira Classe
Partida: 12:20 / Chegada: 17:05 / Duração: 7h50
Aeronave: A380

A Primeira Classe fica no andar inferior do A380 e possui 14 assentos, sendo 5 nas laterais e 4 nas fileiras centrais.

O layout é 1-1-1, portanto se você está viajando acompanhado não poderá sentar perto do mozão.

Assim que eu cheguei um comissário super simpático já me deu as boas vindas e me acompanhou até o assento inclusive já me perguntando se eu desejava um welcome drink.

Uma dica: a poltrona 2F (no centro) fica logo abaixo da escada – então dá uma sensação meio estranha do teto estar “rebaixado”. Eu que sou meio claustrofóbico não optaria por sentar ali.

Não vou dizer “Comecei a explorar o assento” porque não era novidade pra mim rs, mas fiz novas fotos pra ter umas imagens mais atuais aqui no PP.

Todo assento tem a numeração “gravada” na estrutura lateral, assim fica fácil identificar onde você está sentado. Eu optei por sentar no 5K – último do lado direito.

Apesar das poltronas não terem portas, o modelo de “casulo” te dá total privacidade. Veja que eu, do meu assento, não consigo “ver” ninguém, e vice-versa.

Um diferencial desta poltrona é que ela é giratória (Igual na First da American Airlines). Para pouso e decolagem a poltrona deve ficar virada pra frente, já para comer ou dormir, você deve girá-la ficando assim na diagonal.

O espaço pessoal que o passageiro tem é excelente, além claro, da largura da poltrona. Nada de aperto!

Nesta outra perspectiva de foto vocês conseguem ver onde fica o descanso dos pés e TV – e podem ter uma noção melhor de quando falo que a poltrona precisa estar na diagonal para você poder comer ou dormir.

O comissário trouxe então meu welcome drink com castanhas e azeitonas. E eu que achei que viria alguma outra coisa pra colocar  neste pratinho vazio, mas era apenas pra depositar os caroços de azeitonas, rs.

Detalhe que o champagne veio geladíssimo – ponto positivo!

Continuando o tour do assento – do meu lado esquerdo estava o controle da poltrona (touchscreen) assim como a mesinha, joystick e também um armário embaixo do console.

Estes porta-trecos eram profundos, então você conseguia guardar uma boa quantidade de coisas ali.

Apesar de aparentar, o descanso dos pés não afunila ao ponto de incomodar o passageiro na hora de se movimentar. Ele é espaçoso o suficiente para comportar uma pessoa grande, e olha que eu tenho 1,85cm.

O descanso dos pés também serve como um banco extra (inclusive tem cinto de segurança) caso alguém da primeira classe queira sentar com você na hora de comer – assim vocês tem um jantar à dois bem romântico.

Deitei a poltrona para vocês terem uma idéia de como ela é espaçosa e como fica quando reclinada totalmente.

OBS: Esta foto foi tirada depois do serviço de refeição por isto tem um chocolate ali, rs.

Novamente volto a falar – o espaço é excelente – poltrona bem grande e privativa.

O joystick do entretenimento de bordo ficava no console ao meu lado esquerdo. Notem que o couro da poltrona ja está bem gasto.

Um destaque eu AMO nesta First – os assentos tem 3 (TRÊS!) saídas de ar condicionado individual. Não é maravilhoso? Pra quem é calorento como eu, esta facilidade é fantástica – assim você tem total autonomia se quer sentir frio ou não.

Aliás, vocês já passaram calor em algum voo?

O fone de ouvido era exatamente o mesmo da executiva do meu voo anterior no A330 – fraco na qualidade do material e no som.

Mais uma vez destaco o estado de conservação da cadeira – veja a madeira toda descascando.

O tamanho da TV era OK e o entretenimento de bordo era variado.

Porém a interface era lenta – responsivo com lentidão.

O melhor canal pra assistir, pra mim, é sempre o da câmera na fuselagem, concordam? Quem aí também fica assistindo sempre? Eu amo – principalmente pouso e decolagem!

Os passageiros da First recebem um travesseiro e edredom. Não sei se foi pelo fato do voo ser diurno e teoricamente “curto”, mas não foi oferecido turndown service – que é o serviço de abertura de cama.

O kit de amenidades oferecidos era bem completo – necessaire com produtos da ASPAR – incluindo desodorante Rexona – que acho essencial. Já o pijama e pantufas eram da Martin Grant.

Tirei foto do tapa-olhos em especial porque ele era todo acolchoado – mas parecia um sutiã – super confortável.

O touchscreen da poltrona parecia rodar um sistema de MS-DOS – quanto tínhamos computador Pentium 486, sabe?

Além da qualidade baixa da imagem ele também era lento.

Através destes comandos você tinha acesso à todas as funcionalidades da cadeira – como cortinas, iluminação, etc.

Além da possibilidade de controlar a posição da cadeira, haviam 6 botões de acesso rápido.

Qualquer opção que você escolha a tela mostra qual será a ação feita – facilitando o entendimento.

Depois de decolarmos uma outra comissária veio me atender – bem jovem por sinal, não devia ter nem 30 anos. Extremamente simpática já entregou o cardápio para que pudesse escolher minha opção de comida.

Detalhe que no MENU veio descrito como se fosse jantar, mas na verdade era almoço pelo horário do voo.

 

Algum leitor quer dar uma opinião sobre esta carta de bebidas?

O serviço começou com Champagne e os canapés – que incluiu uma singela e tímida aparição de um caviar, rs.

Os pães não vieram quentes e nem tinha manteiga, ponto negativo. Já a sopa estava ótima. O sal (meio grosso) não vem em saleiro – ele já vem disposto num recipiente aberto – não achei muito higiênico.

Agora vamos falar do serviço: apesar da comissária ser muito simpática, ela era extremamente apressada, afobada e esquecida. Pedi duas vezes que queria trocar o Champagne pelo vinho – ela vinha no assento e não trazia a bebida.

Eu pedi de entrada a salada Harissa com quinoa e pistache – mas não sabia que o peru era empanado e frito – não consegui comer. Estava encharcado em óleo, inclusive escorrendo dentro do próprio prato.

Agora, se eu achei que tinha errado no pedido da entrada, é porque eu não sabia que o estava por vir de prato principal.

Primeiro falar da salada que acompanhava – apenas folhas – fraquíssima! De acordo com o cardápio eu poderia escolher 3 molhos – mas não me foi oferecido. Como eu já não iria comer mesmo – nem solicitei.

Agora de prato principal pedi um noodle no estilo oriental com legumes – mas a aparência não me agradou muito – além de novamente estar muito oleoso.

Acabei recheando o pão com os cogumelos do prato e fiz um sanduíche, rs.

Aliás, viram como é importante sempre se alimentar na Sala VIP antes? Eu prefiro embarcar de “barriga cheia” do que ser pego desprevenido e depois ficar com fome. #Prioridades

Seguindo em frente a comissária apressadinha trouxe o prato de queijos. Pedi um vinho doce para acompanhar e ela serviu o mesmo em um copo de água – seria o correto? Achei que o ideal seria na taça – igual meu vinho branco. Mas…

Detalhe que fiz questão de registrar é que veio um papel explicando os tipos de queijo – legal para quem gosta destas informações.

De sobremesa pedi o sorvete que era da marca Maggie – que é muito bom por sinal e eu não conhecia. A outra opção era uma espécie de morango em compota com suspiros e biscoitos de gengibre – como se fosse um merengue – muito bom também.

Ao final de todo o serviço passaram com uma caixa de chocolates – você podia pegar com a mão mesmo. Seria o ideal? E sem lugar de colocar também pois já tinha retirado tudo da mesa.

Fui pro andar de cima pra mostrar o que tem de disponível para os passageiros da First/Business. Detalhe do canguru na parede – que faz parte da logo da empresa.

Ali em cima tem um bar (bem singelo) que fica abastecido com alguns snacks e bebidas.

Já do outro lado tem um mini-lounge – como se fosse uma sala de espera de um consultório de dentista da época da 2a guerra mundial, rs.

Pra quem não é familiarizado, este espaço no A380 é onde a Qatar/Emirates/Etihad tem o chuveiro ou banheiro – então ele é praticamente um cantinho que precisa ser aproveitado pela cia aérea de alguma forma. Porém a Qantas não soube fazer de forma “inteligente” ou criativa. Além de ser extremamente escuro, você senta e fica virado para uma parede com um monitor – nada agradável.

Este lugar também pode ser acessado pelos passageiros da executiva também – que neste caso fica no andar superior do avião.

Lembrei desta vez de tirar foto do banheiro – quase sempre esqueço né pessoal?

O toalete da First tinha amenidades da ASPAR além de kit de barbear.

Como eu estava extremamente cansado e tinha dormido pouco no lounge, eu literalmente apaguei durante o resto do voo – utilizando só aquele “edredom”e o travesseiro que entregaram. Então não sei se teve outro serviço ou se serviram snacks – mesmo porque não tinha nada escrito no cardápio da disponibilidade de uma outra refeição a bordo.

Enfim, como uma impressão geral: o produto não impressiona, o atendimento é simpático mas a Qantas está longe de ter um serviço requintado de Primeira Classe – como por exemplo: pratos elaborados e um serviço mais refinado por parte da tripulação.

Como vocês viram, os A380 da cia já apresentam sinais da idade, e por isto a empresa já começou a fazer o retrofit deles – inclusive substituindo todos os assentos da executiva, Premium Economy, reformulando o lounge abordo e dando uma maquiagem na First – para saber mais e ver as fotos temos uma matéria aqui.

Se eu voaria de novo? Claro! Mas digo pra vocês – não crie expectativas de encontrar uma MEGA Primeira Classe pois você irá se decepcionar!

E vocês já voaram? Como foi a experiência?

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
  • Internet:
  • Pontualidade:
  • Limpeza:
Média
8.1

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.