fbpx

União Europeia encaminha acordo para passaporte sanitário contra a COVID-19

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Segundo R7, Estados-membro da União Europeia chegaram a um acordo para que o “passaporte sanitário” contra a COVID-19 passe a valer a partir do dia 1° de julho.

Os representantes do Parlamento Europeu e dos 27 Estados-membros estabeleceram as condições para o novo passaporte sanitário. São elas:

  • O serviço será gratuito;
  • Apenas poderá ser solicitado por moradores europeus;
  • É necessário estar vacinado, apresentar um teste negativo ou comprovante de que adquiriu a COVID-19 recentemente e possui anticorpos contra a doença;
  • O passaporte terá versão digital e impressa;
  • O dados poderão ser acessados pelos orgãos de saúde local de cada país através de um QR Code.

Veja abaixo o tweet do comissário europeu de Justiça, Didier Reynders, onde o mesmo comemora a celebração do acordo:

O consenso sobre as condições foi selado durante a quarta sessão das negociações. Os próximos passos para a efetivação do certificado serão tratados na cúpula de dirigentes nas próximas segunda e terça em Bruxelas, na Bélgica. O acordo deverá ser aprovado pelo Parlamento, cuja próxima reunião plenária está prevista de 7 a 10 de junho. Se ocorrer a aprovação, o bloco pretende colocar em vigor a partir do dia 1° de julho.


Vale ressaltar que segundo um estudo realizado pela IATA, a melhor prática para reabrir fronteiras é aceitar passageiros vacinados, sendo essa uma maneira segura de retomar o fluxo de viagens, principalmente nas economias que são baseadas nas atividades turísticas.

Recentemente, a Espanha anunciou vai reabrir suas fronteiras para vacinados de qualquer lugar do mundo a partir de 7 de junho.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.