fbpx

United vai operar voos com o novo B777-300ER para São Paulo

Notícias

Por Lorenzo Firmino

A United nos confirmou que a partir de Dezembro (verificamos que se inicia no dia 03/12) a rota São Paulo (GRU) x Nova York/Newark (EWR) será operada pelo Boeing 777-300ER. Como todas as aeronaves deste modelo já vem de fábrica com a nova classe executiva United Polaris, ela estará disponível diariamente na rota para São Paulo.

O avião é configurado em quatro classes de serviço, comportando 60 passageiros na business, 24 na premium plus, 63 economy plus e 204 na economy. A operação, sazonal, se estenderá até março de 2020.


Boeing 777-200ER

O trecho GRU-EWR atualmente é operado pelo Boeing 777-200ER. Das 51 aeronaves da United, 29 já passaram pelo retrofit (ou seja, 57%).

  • Este é o layout antigo:

*Note que neste caso a United permite que o cliente de executiva marque seu assento na sua “antiga” primeira classe sem custo no dia do embarque (as 2 primeiras fileiras).

  • Este é o layout novo:


Boeing 777-300ER

A aeronave que entrará para substituir a atual tem capacidade para 60 passageiros na classe executiva (contra 48 e 50 dos dois modelos de 777-200ER).


São Paulo (GRU) x Houston (IAH)

Além das mudanças na rota de Newark, o voo de São Paulo (GRU) x Houston (IAH) também passará por mudanças. Entre dezembro e meados de fevereiro, a rota será operada por um Boeing 777-200, com 50 poltronas da classe executiva Polaris, 72 assentos economy plus e 145 assentos na classe econômica – conforme noticiamos aqui.


Fim da rota Buenos Aires (EZE) x Newark (EWR)

Há quase um mês noticiamos que a United vai deixar de operar entre Buenos Aires (EZE) x Newark (EWR). O último voo será no dia 25 de outubro.


Comentário

A notícia da substituição do B777-200ER pelo 300ER é boa. Teremos a nova classe executiva Polaris voando de forma “fixa” para São Paulo e com uma maior quantidade de assentos (o que já reflete na disponibilidade do Miles&Go, da TAP). Por outro lado, com o fim da rota de Buenos Aires a demanda para São Paulo vai aumentar e consequentemente, a oferta de assentos diminuir.

Outro ponto negativo é que a troca de aeronaves é sazonal. A partir do dia 29 de março de 2020 o B777-200ER voltará e com a aeronave, o modelo antigo da classe executiva Polaris também. O problema da troca temporária é que os passageiros se acostumam com um produto superior e depois, correm o risco de voar em um inferior já que o retrofit ainda não foi 100% concluído.

Se a demanda agradar, será que o B777-300ER pode entrar de vez na rota para São Paulo?

Compartilhe sua opinião com a gente nos comentários!


veja também como está o status da instalação (retrofit) da nova executiva Polaris da United nos aviões.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.