Como voar para a África do Sul utilizando milhas e pontos

Notícias Tutoriais

Por Raimundo Junior

A África do Sul é um lugar incrível, com uma riqueza cultural e natural acima da média. Se você está pensando em visitar este país, vamos te ajudar a encontrar a melhor maneira de emitir uma passagem com milhas e pontos.

africa do sul

Existem muitos programas de fidelidade que oferecem disponibilidade award para a rota e cada um deles tem seus próprios benefícios e desvantagens. Neste artigo, vamos discutir os principais programas para emitir voos com milhas para a África do Sul e, para facilitar a compreensão, vamos agrupar os resgates pela aliança aérea que o programa participa.


Resgates usando programas da Star Alliance

Os programas da Star Alliance oferecem um dos menores valores absolutos para voar entre Brasil e África do Sul. Aqui estão alguns dos programas mais populares:

MileagePlus (United Airlines)

Esse é o programa que oferece o menor número absoluto de milhas/pontos para voar entre Brasil e África do Sul em Classe Executiva. Nas datas em que há vaga award, o piso é de 38.000 milhas em Classe Econômica e 55.000 milhas em Classe Executiva. Além disso, destaque para a excelente característica do MileagePlus, que não cobra YQ ainda que o voo parta de fora do Brasil.

Alias, para quem não está familiarizado com a YQ/YR, também conhecida como Taxa de Combustível, indicamos a leitura do nosso post “Taxa de Combustível – Análise de incidência ao redor do mundo“.

Krisflyer (Singapore Airlines)

Já o Krisflyer, programa da Singapore Airlines, cobra apenas 34.500 milhas em Classe Econômica e 57.500 milhas em Classe Executiva, tendo o menor valor absoluto para emissão em Classe Econômica. Veja a seguir que não há o repasse do YQ no voo que é orçado com a South African Airways.

LifeMiles (Avianca)

O programa cobra 50.000 milhas em Classe Econômica e 97.500 milhas em Classe Executiva. Assim como MileagePlus e Krisflyer, o LifeMiles também não repassa o YQ da South African Airways.

Aeroplan (Air Canada)

Exclusivamente com a South African, o Aeroplan da Air Canada precifica em 45.000 milhas em Classe Econômica e 80.000 milhas em Classe Executiva, enquanto que, pra voar outros parceiros da rota, são cobradas 60.000 milhas em Classe Econômica e 100.000 milhas em Classe Executiva. Cabe ressaltar que o programa também não cobra a desagradável taxa YQ.

TAP Miles&Go (TAP)

Por fim, o TAP Miles&Go cobra 50.000 milhas em Classe Econômica e 100.000 milhas em Classe Executiva. No entanto, infelizmente, é um dos programas que repassam a YQ.


Resgates usando programas da oneworld

Os programas da oneworld também oferecem boas opções para voar entre Brasil e África do Sul. Aqui estão alguns dos programas mais populares:

Iberia Plus (Iberia)

O programa, que cobra pela tabela de distância, vai tirar proveito do retorno do voo direto da LATAM GRU-JNB, passando a ter um dos menores valores para a rota em termos absolutos. O resgate vai custar 25.750 Avios em Classe Econômica e 77.250 Avios em Classe Executiva.

No entanto, cabe ressaltar que não conseguimos encontrar, na pesquisas, disponibilidade em Classe Executiva, o que deve acontecer quando a rota estiver estabilizada.

Privilege Club (Qatar Airways)

O Privilege Club da Qatar Airways cobra 47.500 Avios em Classe Econômica.

Já em Classe Executiva, a mesma rota pode ser resgatada por 95.000 Avios. Veja a seguir:

Contudo, conforme é possível observar acima, a taxa denuncia que a Qatar repassa parte da taxa YQ que cobra no bilhete pagante.

AAdvantage (American Airlines)

Por fim, o AAdvantage da American Airlines cobra 70.000 milhas em Classe Econômica e 97.500 milhas em Classe Executiva. Repare que o programa, como sempre, conta com uma das melhores taxa do mercado.


Resgates usando programas da SkyTeam

Os programas da SkyTeam também oferecem boas opções para voar entre Brasil e África do Sul. Aqui estão alguns dos programas mais populares:

SkyMiles (Delta Airlines)

Cobra 50.000 milhas em Classe Econômica e 105.000 milhas em Classe Executiva. Repare que também vemos boas taxas no SkyMiles.

Flying Blue (Air France/KLM)

Embora na pesquisa aponte um custo de 144.000 milhas em Classe Executiva, é preciso dizer que esses valores estão longe do piso cobrado pelo programa. Não raro, encontramos a mesma cabine na rota partindo do Brasil para a África na faixa de 105.000 milhas. Esse não é, definitivamente, um bom exemplo de milhas Flying Blue. Lembre-se, contudo, de que trata-se de um programa com flutuação total, então esteja sempre atento para pegar as boas oportunidades.

Já em Classe Econômica, são cobradas 49.500 milhas e uma taxa de 55,23 dólares.

Flying Club (Virgin Atlantic)

Por último, o Flying Club da Virgin Atlantic cobra 72.500 milhas para Classe Econômica e 148.500 milhas para Classe Executiva. Destaque para a escorchante taxa cobrada na opção de Classe Executiva, ante a razoável taxa pedida pelo resgate em Classe Econômica. 


LATAM Pass (LATAM Airlines)

O programa LATAM Pass, até pouco tempo atrás, era tido como um dos melhores programas de fidelidade para voar do Brasil para a África. Até 2020, era possível resgatar passagens de Classe Executiva por apenas 84.000 pontos, incluindo voos na prestigiada Qsuite da Qatar Airways.

Apesar da mudança, até o ano passado, o programa vinha sendo camarada com os clientes, deixando de somar os trechos. Agora, contudo, é necessário acumular pontos para cada região voada. Isso significa que um voo de São Paulo para Joanesburgo, na África do Sul, custará 203.000 pontos (ou 201.600 pontos se voar com a British Airways), no primeiro trecho + 84.000 pontos do segundo trecho entre Oriente Médio-África (ou Europa-África, 90.000 pontos). O valor final, assim, será 287.000 pontos para voar com a Qatar Airways, ou 291.600 para voar British Airwais, ambos em Classe Executiva.

Existe uma alternativa razoável, que é voar de outras partes da América do Sul, como Argentina ou Chile. Neste caso, o valor da primeira região será reduzido para 120.000 pontos. No entanto, é importante considerar os gastos com voos de posicionamento e hospedagens.

A LATAM também vai retomar o voo próprio entre São Paulo e Joanesburgo, mas, por causa da precificação comercial, só podemos esperar um valor razoável em caso de promoção na tarifa pagante.


Outras opções

Além dos programas citados acima, há outras opções para voar com milhas entre o Brasil e a África do Sul. Por exemplo, o programa Skywards, da Emirates, cobra 82.500 milhas em Classe Econômica e 153.000 milhas em Classe Executiva para o trecho. No entanto, gerar essas milhas é difícil, o que torna a opção desinteressante.

Outras opções são os programas TudoAzul e Smiles, mas o acesso a esses programas é mais restrito para vagas award com parceiros bilaterais, especialmente para a rota Brasil-África do Sul.


Quais companhias podemos voar

Há diversas opções de voar a rota Brasil-África do Sul. Na Star Alliance, podemos citar Lufthansa, Swiss, Turkish, Ethiopian e South African Airways. Na oneworld, temos Qatar e British Airways. Já na aliança SkyTeam, temos Air France e KLM.

Fora de aliança, temos a LATAM, que já anunciou que vai retomar a rota GRU-JNB, assim como a Emirates, conforme relatamos.


Custo relativo: os melhores resgates na opinião do editor

Há muitos fatores a serem considerados numa avaliação desse tipo, como as formas e custos de gerações de milhas e pontos. Considerando os custos regulares de geração desse ativo, posso adiantar que, na opinião deste editor, os programas que oferecem o melhor custo real para a rota são o Krisflyer, da Singapore Airlines, e o Miles&Go, da TAP.

O Krisflyer é parceiro do MR do Amex do Santander, pontuando 2,2 por dólar. Já o TAP Miles&Go tem diversos parceiros no Brasil, com cartões que pontuam até 4 pontos por dólar. Além disso, é parceiro da Livelo, que tem feito campanhas frequentes de venda de pontos com CPM [custo para cada mil pontos] a R$ 35.

Vale ressaltar que, embora o TAP Miles&Go cobre muito mais caro em termos absoluto, na prática, o resgate pelo programa é mais barato, visto que gerar as 105 mil milhas TAP é menos custoso do que as 57.500 milhas Krisflyer. Por outro lado, em alguns parceiros, como Turkish e agora South African Airways, o programa português repassa as taxas YQ, mesmo nos voos que partem do Brasil. No fim, os custos se equivalem.

A maioria dos outros programas possui milhas de custo elevado ou mecanismos mais complexos de geração. Por consequência, eles acabam não se mostrando interessante para a rota, já que temos programas mais acessíveis, a exemplo do português TAP Miles&Go.


Universidade das Milhas

Temos uma novidade para você! Está chegando a Turma 2 do curso do TAP Miles&Go da Universidade das Milhas – o hub educacional de milhas e pontos do Passageiro de Primeira 🕺🏻

Prepare-se para uma nova jornada de conhecimento, estratégias e macetes do universo das milhas e pontos. Essa é a sua chance de decolar para a jornada do conhecimento máximo com o time de milhas nº. 1 do Brasil!

E aí, vamos nessa? Faça a sua pré-matrícula neste link!


Comentário

O continente africano é rico em cultura e belezas naturais e a África do Sul é um dos seus principais destinos. Apesar de termos muitas opções de voos e de resgates, somente no segundo semestre deste ano a LATAM vai retomar o voo GRU-JNB-GRU. Além disso, a South African Airways anunciou recentemente o restabelecimento da rota para São Paulo com voos diretos partindo de Cidade do Cabo e Joanesburgo.

Esperamos que tenhamos mais ofertas de voos e melhora nas disponibilidades award porque o destino é, de fato, fantástico!

E você, já aproveitou alguma boa emissão com milhas para voar do Brasil à África do Sul?

Clube Smiles
Clube SmilesReceba até 70 mil milhas na hora + benefícios exclusivos para viajar!
Alertas de Executiva e Primeira Classe
Alertas de Executiva e Primeira ClasseFaça parte do nosso novo grupo no WhatsApp!
Clube Livelo
Clube LiveloAssine o Clube Classic e ganhe 2.000 pontos em 10 parcelas de 200 pontos
Clube LATAM Pass
Clube LATAM PassReceba 1.000 pontos por mês + até 10% de bônus em parceiros
Seguro Viagem
Seguro ViagemAté 69% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.