fbpx

AAdvantage move “Marrocos para Europa” na tabela de parceiros e isso é excelente para nós

Notícias

Por Lorenzo Firmino

Pessoal, a American Airlines alterou sua tabela de regiões para emissão de bilhetes prêmios do AAdvantage e incluiu Marrocos na “região Europa”. Isso é excelente para quem acumula milhas no programa da companhia norte-americana – principalmente devido a recém-entrada da Royal Air Maroc na oneworld (que opera voos de Casablanca para o Rio e São Paulo).


Precificação por região

Para quem não sabe, o AAdvantage precifica rotas de companhias parceiras e da oneworld por região. Isso significa que o custo para emitir um bilhete com milhas da “região A” para a “região B” é fixo. Veja a tabela de voos saindo da “região América do Sul 2” (a que o Brasil está localizado) para outros destinos:


O que muda na prática

Para sair do Brasil para a África é necessário um saldo de:

  • 70.000 milhas o trecho em Econômica
  • 85.000 milhas o trecho em Econômica Premium
  • 97.500 milhas o trecho em Classe Executiva
  • 135.000 milhas o trecho em Primeira Classe

E para sair do Brasil para a Europa é necessário um saldo de:

  • 50.000 milhas o trecho em Econômica
  • 70.000 milhas o trecho em Econômica Premium
  • 87.500 milhas o trecho em Classe Executiva
  • 120.000 milhas o trecho em Primeira Classe

Ainda que a África esteja geograficamente mais próxima a América do Sul do que a Europa, na tabela do AAdvantage, é mais barato voar para a Europa.


Uma nova possibilidade de voos para a Europa

Com milhas AAdvantage podemos resgatar voos do Brasil para a Europa com a British Airways (Londres/LHR) e Iberia (Madri/MAD). E agora, temos mais uma opção: a Royal Air Maroc (Casablanca/CMN). Ou seja, com a mudança do AAdvantage agora é possível emitir bilhetes prêmio de São Paulo e/ou Rio de Janeiro para Casablanca e conectar para praticamente toda a Europa com a companhia marroquina (que tem uma excelente malha no continente). Veja no mapa abaixo algumas das possíveis combinações:

Lembrando que o custo do resgate continua sendo “América do Sul x Europa”.


Europa x África ficou mais barato

Como Marrocos passou a ser considerado Europa no AAdvantage, ficou mais barato voar da Europa para a África – já que agora este resgate é um intra-Europa. Veja o custo para voar “dentro da Europa”:

  • 12.500 milhas o trecho em Econômica
  • 22.500 milhas o trecho em Classe Executiva

Por outro lado, ficou mais caro voar do Marrocos para outros países do continente africano*. Veja o custo para voar “da Europa para a África”:

  • 30.000 milhas o trecho em Econômica
  • 55.000 milhas o trecho em Classe Executiva

*Pessoalmente não acho que esse seja um ‘downside’ grande porque o problema pode ser contornado com uma passagem pagante – já que é relativamente mais barato pagar para voar intra-África do que da Europa para África.


Países na tabela do AAdvantage

Os seguintes países estão na “região África” na tabela de parceiros do AAdvantage:

África do Sul, Argélia, Angola, Djibouti, Etiópia, Gana, Guiné Equatorial, Maurício, Melilla, Moçambique, Namíbia, Nigéria, Quênia, Ruanda, Seicheles, Senegal, Sudão, Tanzânia, Tunísia, Uganda, Zâmbia e Zimbábue.

E os seguintes países estão na “região Europa” na tabela de parceiros do AAdvantage:

Albânia, Alemanha, Armênia, Áustria, Azerbaijão, Bélgica, Bielorrúsia, Bulgária, Chipe, Croácia, Dinamarca, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, Geórgia, Gibraltar, Grécia, Hungria, Ilhas Canárias, Irlanda, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Malta, Marrocos, Moldávia, Montenegro, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Rússia, Sérvia, Suécia, Suíça, Turquia e Ucrânia.

Veja a relação das outras regiões neste link.


Comentário

O AAdvantage vem melhorando! Nos últimos meses tivemos boas notícias, parceiros novosexcelentes preços de emissão com milhas. E agora, um “simples reposicionamento” de região:

  • Abriu a possibilidade de emissão com milhas de uma nova rota: Brasil x Europa com Royal Air Maroc – ainda que o objetivo possa ter sido beneficiar a rota EUA x Europa, fomos positivamente impactados;
  • Diminuiu o custo Brasil x África (exclusivamente Marrocos) – ainda que objetivo possa ter sido diminuir o custo EUA x África, fomos de novo impactados;
  • Diminuiu o custo Europa x África (exclusivamente Marrocos).

A Royal Air Maroc parece estar com a moral alta com a American Airlines.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.